🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Estadão Conteúdo
JOGO DURO

Sem essa de ‘iguais’: depois de ver proposta original rejeitada, Aliansce Sonae (ALSO3) aumenta oferta à brMalls (BRML3) em nova investida por fusão

Na nova proposta, Aliansce Sonae decidiu elevar o lance pela brMalls em aproximadamente 11%

Estadão Conteúdo
14 de março de 2022
6:31 - atualizado às 6:36
Shopping Villa Lobos, que faz parte do portfólio da brMalls
Shopping Villa Lobos, que faz parte do portfólio da brMalls -

A Aliansce Sonae (ALSO3) está disposta a seguir adiante em sua proposta de fusão com a brMalls (BRML3).

Caso prospere, a operação criará um gigante no setor de shopping centers, com 69 empreendimentos no Brasil.

Depois de ter a primeira oferta rejeitada no começo do ano, a Aliansce Sonae decidiu elevar o lance em aproximadamente 11%.

A informação foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, neste domingo, 13, e confirmada e detalhada pelo Estadão/Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) com fontes de mercado.

Um fato relevante com os termos atualizados estava previsto para ser publicado hoje.

Sem fusão de iguais

Há dois meses, a Aliansce (dona do Shopping Leblon, no Rio) fez uma oferta classificada como "fusão de iguais", porque os acionistas de cada empresa teriam 50% do novo grupo.

Os acionistas da brMalls (dona do Shopping Villa-Lobos, em São Paulo) também receberiam R$ 1,35 bilhão em dinheiro para cobrir a diferença de valor de mercado entre ambas.

A nova proposta da Aliansce Sonae

Na nova oferta, a Aliansce vai subir o pagamento em dinheiro em R$ 500 milhões, chegando a R$ 1,85 bilhão. Também aceitará uma fatia menor no grupo resultante da fusão: 48,92% e 51,08% em vez de uma divisão meio a meio.

Se o negócio for confirmado, os atuais controladores da Aliansce (Renato Rique, CPPIB, Alexander Otto Group e Sonae Sierra) ficariam com uma fatia de 23,5% na nova empresa, ante 24,5% no lance anterior. A oferta não trata do número de assentos que cada parte teria no novo conselho de administração.

Ganho por ação da brMalls

Além de representar uma elevação de 11% em relação à proposta anterior, o novo lance também aponta para um ganho de 16% por BRML3 na cotação anterior ao início das negociações, segundo fontes.

O fato relevante também deve informar que a Aliansce Sonae - que já detém mais de 5% de participação na brMalls - vai convocar uma assembleia de acionistas para que a nova proposta seja votada.

Nova assembleia de acionistas

O Estadão/Broadcast apurou que a direção da Aliansce fez mais de 200 reuniões com acionistas da brMalls, o que representa uma cobertura relevante da base de investidores da concorrente.

O pedido para realização da assembleia indica confiança da Aliansce de que já teria votos suficientes para a fusão ser aprovada.

Quando rejeitou a primeira oferta, em janeiro, o conselho da brMalls avaliou que o lance era uma tentativa de aquisição sem pagamento de prêmio (compensação), visto que os atuais controladores da Aliansce ficariam com uma participação relevante no grupo combinado, o que, na prática, lhes daria o comando.

A brMalls deixou a porta aberta para negociar se a oferta fosse elevada, embutindo uma compensação equivalente a um pagamento de prêmio - justamente o que a Aliansce tentou suprir ao elevar o lance.

Procuradas, as empresas não comentaram.

Compartilhe

INDO ÀS COMPRAS

brMalls (BRML3), Aliansce Sonae (ALSO3), Multiplan (MULT3) e Iguatemi (IGTI11) — qual dessas ações é a queridinha do setor de shoppings?

24 de maio de 2022 - 15:17

JP Morgan eleva preços-alvo de brMalls, Multiplan e Iguatemi, mas nem todas estão entre as preferidas no segmento; saiba quais delas chamam atenção do banco e por quê

Fusão

Casamento no shopping! brMalls (BRML3) aceita oferta da Aliansce (ALSO3) para formar gigante do setor

29 de abril de 2022 - 9:41

Na terceira tentativa, conselho da brMalls aceita oferta da Aliansce Sonae, que formará maior empresa de shopping centers da América Latina

NOVA INVESTIDA

Aliansce Sonae (ALSO3) não desiste e apresenta mais uma proposta de fusão com a brMalls (BRML3); será que agora vai?

19 de abril de 2022 - 8:44

Em sua terceira proposta à concorrente, Aliansce Sonae afirma ter tornado a relação de troca mais favorável aos acionistas da brMalls

RUTH E RAQUEL

brMalls (BRML3) e Aliansce (ALSO3): proposta de fusão deve ser discutida em assembleia extraordinária; veja detalhes dessa novela

2 de abril de 2022 - 12:00

Vale lembrar que a brMalls solicitou ao Cade a revisão da aquisição de participação na empresa pela rival, que já teve duas ofertas rejeitadas

BALANÇO

brMalls (BRML3) patina no quarto trimestre, mas lucro líquido avança 15,1% em 2021 e vai a R$ 276,1 milhões

17 de março de 2022 - 20:01

Mais cedo, a operadora de shoppings movimentou o setor ao rejeitar a nova proposta de fusão da Aliansce Sonae

NOIVA EXIGENTE

brMalls (BRML3) rejeita pela segunda vez a proposta de fusão da Aliansce Sonae (ALSO3); veja por que está difícil sair o casamento

17 de março de 2022 - 19:20

Para a brMalls, mesmo com alterações, a proposta segue subavaliando o valor econômico justo da companhia e do seu portfólio de ativos

PERSISTÊNCIA

Mais um fora? brMalls (BRML3) nega ter recebido nova proposta da Aliansce Sonae (ALSO3); relembre a história

14 de março de 2022 - 17:08

A informação chegou ao mercado nesta segunda-feira (14) via fato relevante registrado junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)

JEITINHO MINEIRO

brMalls (BRML3) vende 30% de participação no Center Shopping Uberlândia; veja quanto entrou no caixa da empresa

2 de março de 2022 - 20:09

De acordo com a administradora, os recursos da transação serão utilizados para que sua alavancagem financeira seja reduzida

FATO RELEVANTE

BrMalls cancela 44,8 milhões de ações em tesouraria, mas não altera capital social

5 de fevereiro de 2022 - 8:35

A operação será realizada sem a redução do capital social que hoje é de R$10,4 bilhões. Com isso, o montante passou a ser dividido em aproximadamente 828,2 ações ordinária.

ESQUENTA DOS BALANÇOS

Prejuízo da pandemia é página virada para os shoppings, afirmam analistas; veja as ações favoritas de BTG Pactual e Banco Inter no setor

4 de fevereiro de 2022 - 18:16

Os analistas acreditam que os balanços do quarto trimestre mostrarão um desempenho sólido das empresas no período, com vendas além dos níveis pré-covid

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar