🔴 RENDA MÉDIA DE ATÉ R$238,02 POR DIA COM APENAS 4 CLIQUES – SAIBA COMO

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
PUTIN CONTRA-ATACA?

Alerta máximo: Rússia cumpre a promessa e fecha torneira do gás para Alemanha; entenda o que isso significa para a economia global

As manutenções dos gasodutos russos começaram hoje e estão programadas para terminar no dia 21, mas analistas temem que Putin prorrogue o prazo de bloqueio

Camille Lima
Camille Lima
11 de julho de 2022
11:53
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, sorrindo
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Shutterstock

Agora é oficial: a Europa já pode realmente se preocupar com o risco de escassez de gás. Se antes a possibilidade de Vladimir Putin cortar o fornecimento aterrorizava os europeus, o anúncio de que a Rússia vai fechar a torneira já nesta segunda-feira (11) veio para azedar os humores por lá.

É tradição que os gasodutos russos entrem em fase de manutenção em julho. Seguindo à risca o calendário, as manutenções começaram hoje e, em teoria, devem chegar ao fim em 21 de julho.

Entretanto, com a guerra na Ucrânia e as sanções cada vez mais severas do Ocidente contra Moscou, o temor é que Putin contra-ataque usando o período de manutenção e estenda o prazo de bloqueio do combustível para a Europa.

“Não podemos descartar a possibilidade de que o transporte de gás não seja retomado depois do período estipulado por razões políticas”, disse o chefe da Agência Federal de Redes da Alemanha, Klaus Müller.

Putin contra-ataca?

O fluxo de gás russo para a Europa já caiu cerca de 60% nos últimos meses.

Caso a retaliação de Putin realmente ocorra, o continente deverá ficar sem gás por um tempo maior que o prazo usual de dez dias.

A medida impacta diretamente o reabastecimento dos estoques de gás para fornecer às famílias europeias combustível suficiente para manter as luzes acesas e as casas aquecidas durante o inverno.

Além do problema no reabastecimento, se Putin fechar a torneira por mais tempo que o normal, a Europa também enfrentará uma enorme pressão nos preços do gás.

Vale destacar que a população europeia já enfrenta uma disparada nos preços de energia, o que forçou os formadores de políticas a criarem medidas de emergência para lidar com a situação.

Putin e as manutenções da Rússia

As obras de manutenção vão começar pelo gasoduto Nord Stream 1, que transporta gás da Rússia para a Alemanha.

A unidade é a maior infraestrutura de importação da commodity da Europa e leva cerca de 55 bilhões de metros cúbicos (m³) de gás por ano para o país europeu.

Com o reparo dos gasodutos anunciados por Putin, os fluxos de gás russo devem cair para zero já no final do dia.

Veja também: Riscos para a economia no 2° semestre: Lula x Bolsonaro, inflação e juros I Recessão nos EUA?

O gás na Alemanha

Há alguns meses, quando surgiram os primeiros temores de que a Rússia fecharia a torneira para a Europa, a Alemanha estipulou um plano de emergência de gás de três etapas para preparar o país para um possível choque de oferta.

O primeiro passo era uma "fase de alerta precoce" para evitar uma deterioração do fornecimento.

Na terceira e última fase, o governo e o regulador alemão Bundesnetzagentur iniciariam o racionamento de gás — e teriam que decidir como fariam a distribuição do combustível em todo o país.

Atualmente, o país se encontra na segunda fase do plano, com as instalações de armazenamento de gás aproximadamente 64% cheias, segundo a emissora alemã ZDF.

Para analistas do Eurasia Group, se Putin realmente bloqueasse o fornecimento do combustível além do período de manutenção no gasoduto Nord Stream 1, a Alemanha provavelmente seria forçada a passar para o nível três.

“A segurança do abastecimento ainda está garantida, mas a situação é grave”, afirmou o porta-voz do Ministério Federal da Economia e Ação Climática da Alemanha na semana passada.

Caso entre no terceiro nível, a Alemanha priorizará o fornecimento de gás a residências alemãs e serviços como hospitais, o que coloca em risco a produção de produtos como fertilizantes, produtos farmacêuticos e cosméticos.

Putin vai começar uma guerra econômica?

Uma potencial retaliação russa às sanções das potências ocidentais representaria um cenário de “guerra econômica máxima”, segundo Henning Gloystein, diretor de energia, clima e recursos do Eurasia Group, em entrevista à CNBC.

“Não devemos nos iludir: cortar o fornecimento de gás é um ataque econômico contra nós por Putin”, disse o ministro da Economia alemão, Robert Habeck.

Para Henning Gloystein, o bloqueio do presidente russo Vladimir Putin não seria um ataque apenas à Alemanha, mas sim à Europa por completo.

“A Alemanha tem a maior população da Europa, é a maior economia, é o maior consumidor de gás, é o maior importador individual de gás russo e tem nove fronteiras terrestres. Então, o que quer que aconteça lá se espalha para o resto do continente.”

*Com informações de CNBC e BBC

Compartilhe

UM INVERNO DIFÍCIL

Recessão na Europa já é realidade? Novo corte de gás de Putin piora a situação no continente

27 de julho de 2022 - 11:45

Moscou decidiu cortar o fornecimento de gás natural para a Europa a partir de hoje. Os fluxos para a Alemanha, que já estavam em 40% da capacidade, caíram para 20%

BOMBOU NAS REDES

Rússia está a poucas horas de zerar fornecimento de gás para a Europa e coloca o continente em estado de alerta; descubra se Putin seria capaz de começar uma guerra econômica contra o Ocidente

11 de julho de 2022 - 15:31

A torneira do gás russo está se fechando e se Putin descumprir combinado com a Europa, uma guerra econômica pode começar; entenda

Crise de energia

Consequências da guerra: Alemanha planeja aumentar queima de carvão após Rússia cortar grande parte do suprimento de gás

20 de junho de 2022 - 15:15

O ministro da economia da Alemanha, Robert Habeck, alertou que a situação será “muito apertada no inverno” sem medidas cautelares para prevenir a escassez de suprimentos

OPERAÇÃO DESMAME

A Alemanha pretende tornar-se independente do petróleo russo ainda este ano. Entenda se essa é uma perspectiva realista

2 de maio de 2022 - 11:56

Para a Alemanha, mais difícil do que abrir mão do petróleo russo, é diversificar os fornecedores de gás natural

CHEIOS DE GÁS

Putin driblou as sanções? Como a Rússia encheu seus cofres com US$ 66 bilhões em dois meses de guerra

28 de abril de 2022 - 15:24

País tem usado os recursos bilionários para seguir adiante com a invasão da Ucrânia, revela estudo do Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo, um grupo de pesquisa independente

FIQUE DE OLHO

Indicadores: Livro Bege do Fed e dados de inflação mexem com o mercado na semana em que Powell e Lagarde participam de evento do FMI; confira a agenda completa

14 de abril de 2022 - 18:03

Por aqui, a greve dos servidores do Banco Central continua a atrasar a publicação de dados econômicos; saiba o que esperar

Decreto de Putin

Alemanha em apuros? O que pode acontecer com o PIB do país sem o gás russo

13 de abril de 2022 - 10:42

De acordo com relatório, PIB e inflação da Alemanha ficariam em situação delicada sem manutenção da oferta de gás da Rússia

MISTÉRIO EM FRANKFURT

Por que dois grandes gestores estão vendendo suas posições nos dois maiores bancos alemães?

12 de abril de 2022 - 12:38

Gestora norte-americana levantou o equivalente a R$ 9,5 bilhões ao desovar suas ações no Deutsche Bank e no Commerzbank

FIQUE DE OLHO

Na semana seguinte à ata do Fed que bagunçou os mercados, destaque fica por conta da inflação nos Estados Unidos; confira a agenda completa de indicadores

8 de abril de 2022 - 17:58

Inflação ao produtor e inflação ao consumidor nos EUA assumem o centro do debate na esteira de ata do FOMC que indica que a autoridade monetária pode ser mais agressiva no aumento dos juros

ALÉM DO GÁS

Rússia vai passar a cobrar em rublos por outras exportações; entenda os motivos de Putin para a mudança

3 de abril de 2022 - 15:19

Na semana passada, o presidente russo assinou decreto que determina que países não amigáveis paguem pela energia na moeda local

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar