🔴 RENDA MÉDIA DE ATÉ R$238,02 POR DIA COM APENAS 4 CLIQUES – SAIBA COMO

Ricardo Gozzi
OPERAÇÃO DESMAME

A Alemanha pretende tornar-se independente do petróleo russo ainda este ano. Entenda se essa é uma perspectiva realista

Para a Alemanha, mais difícil do que abrir mão do petróleo russo, é diversificar os fornecedores de gás natural

Petróleo mercados Ibovespa dólar
Alemanha já reduziu consideravelmente sua dependência do petróleo russo. - Imagem: Shutterstock

A Alemanha importou da Rússia no ano passado uma média de 555 mil barris de petróleo por dia. O volume representou 34% das importações alemãs da commodity em 2021, segundo dados da Agência Internacional de Energia (AIE). No caso do gás natural, a dependência alemã era ainda maior: mais de 50% vinha da Rússia.

No início deste ano, porém, a invasão da Ucrânia pela Rússia desatou uma forte pressão sobre a Alemanha para que suspendesse as importações do gás e do petróleo russo.

Depois de alguma resistência, porém, a maior economia da Europa mudou a chavinha e agora pretende tornar-se independente, ainda este ano, das commodities energéticas vendidas por Moscou.

Alemanha reduziu significativamente importações da Rússia

Segundo Robert Habeck, ministro de Economia e Ações Climáticas da Alemanha, é possível que o país atinja essa meta até o fim do verão no Hemisfério Norte. Ou seja, até o fim de setembro.

Desde fevereiro, quando começou a guerra entre Rússia e Ucrânia, Berlim já cortou substancialmente as importações de Moscou.

Ontem, Habeck afirmou que a Rússia representa atualmente 12% das compras alemãs de petróleo, 8% das importações de carvão e 35% das aquisições de gás natural.

“Todos essas medidas que estamos tomando exigem um enorme esforço conjunto de todos os atores envolvidos e também significam custos que são sentidos tanto pela economia quanto pelos consumidores”, disse Habeck por meio de nota. “Mas eles são necessários se não quisermos mais ser chantageados pela Rússia.”

União Europeia analisa embargo ao petróleo russo

O anúncio ocorre em um momento no qual a União Europeia (UE) como um todo considera um embargo ao petróleo russo. A partir de agosto, o bloco já não importará mais o carvão produzido pela Rússia.

Calcula-se que a UE pague à Rússia o equivalente a US$ 850 milhões por dia por petróleo e gás natural.

Ambição alemã é realista?

A Alemanha, por sua vez, figura como principal cliente da Rússia na Europa.

Berlim conseguiu mudar significativamente o perfil de suas importações de petróleo e carvão em um intervalo relativamente curto.

Na avaliação do governo alemão, é isso o que tornaria realista a perspectiva de “encerrar a dependência das importações de petróleo russo até o fim do verão”.

Gás natural é um desafio maior para a Alemanha

Afastar os alemães do gás natural russo é um desafio bem maior.

Na semana passada, quando a Rússia anunciou o corte do fornecimento de gás à Polônia e à Bulgária, a notícia foi recebida com preocupação em Berlim.

Antes de a Rússia invadir a Ucrânia em 24 de fevereiro, a Alemanha recebia mais da metade de suas importações de gás natural da Rússia e estava prestes a inaugurar o segundo ramal do gasoduto Nordstream.

Essa participação agora caiu para 35%, em parte devido ao aumento das compras da Noruega e da Holanda, segundo o Ministério da Economia e Ações Climáticas.

Com o Nordstream 2 fora do radar, a Alemanha planeja acelerar a construção de terminais flutuantes de gás natural liquefeito, ou GNL. Um número não especificado desses terminais deve ser inaugurado nos próximos meses.

Mais uma vez recorrendo ao ministro Habeck, o resultado vai depender “do comprometimento de todos os envolvidos”.

*Com informações da Associated Press e da Reuters.

Compartilhe

UM INVERNO DIFÍCIL

Recessão na Europa já é realidade? Novo corte de gás de Putin piora a situação no continente

27 de julho de 2022 - 11:45

Moscou decidiu cortar o fornecimento de gás natural para a Europa a partir de hoje. Os fluxos para a Alemanha, que já estavam em 40% da capacidade, caíram para 20%

BOMBOU NAS REDES

Rússia está a poucas horas de zerar fornecimento de gás para a Europa e coloca o continente em estado de alerta; descubra se Putin seria capaz de começar uma guerra econômica contra o Ocidente

11 de julho de 2022 - 15:31

A torneira do gás russo está se fechando e se Putin descumprir combinado com a Europa, uma guerra econômica pode começar; entenda

PUTIN CONTRA-ATACA?

Alerta máximo: Rússia cumpre a promessa e fecha torneira do gás para Alemanha; entenda o que isso significa para a economia global

11 de julho de 2022 - 11:53

As manutenções dos gasodutos russos começaram hoje e estão programadas para terminar no dia 21, mas analistas temem que Putin prorrogue o prazo de bloqueio

Crise de energia

Consequências da guerra: Alemanha planeja aumentar queima de carvão após Rússia cortar grande parte do suprimento de gás

20 de junho de 2022 - 15:15

O ministro da economia da Alemanha, Robert Habeck, alertou que a situação será “muito apertada no inverno” sem medidas cautelares para prevenir a escassez de suprimentos

CHEIOS DE GÁS

Putin driblou as sanções? Como a Rússia encheu seus cofres com US$ 66 bilhões em dois meses de guerra

28 de abril de 2022 - 15:24

País tem usado os recursos bilionários para seguir adiante com a invasão da Ucrânia, revela estudo do Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo, um grupo de pesquisa independente

FIQUE DE OLHO

Indicadores: Livro Bege do Fed e dados de inflação mexem com o mercado na semana em que Powell e Lagarde participam de evento do FMI; confira a agenda completa

14 de abril de 2022 - 18:03

Por aqui, a greve dos servidores do Banco Central continua a atrasar a publicação de dados econômicos; saiba o que esperar

Decreto de Putin

Alemanha em apuros? O que pode acontecer com o PIB do país sem o gás russo

13 de abril de 2022 - 10:42

De acordo com relatório, PIB e inflação da Alemanha ficariam em situação delicada sem manutenção da oferta de gás da Rússia

MISTÉRIO EM FRANKFURT

Por que dois grandes gestores estão vendendo suas posições nos dois maiores bancos alemães?

12 de abril de 2022 - 12:38

Gestora norte-americana levantou o equivalente a R$ 9,5 bilhões ao desovar suas ações no Deutsche Bank e no Commerzbank

FIQUE DE OLHO

Na semana seguinte à ata do Fed que bagunçou os mercados, destaque fica por conta da inflação nos Estados Unidos; confira a agenda completa de indicadores

8 de abril de 2022 - 17:58

Inflação ao produtor e inflação ao consumidor nos EUA assumem o centro do debate na esteira de ata do FOMC que indica que a autoridade monetária pode ser mais agressiva no aumento dos juros

ALÉM DO GÁS

Rússia vai passar a cobrar em rublos por outras exportações; entenda os motivos de Putin para a mudança

3 de abril de 2022 - 15:19

Na semana passada, o presidente russo assinou decreto que determina que países não amigáveis paguem pela energia na moeda local

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar