🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Dividendos da Petrobras (PETR4) em risco? Saiba qual outra gigante vai continuar pagando ótimos proventos aos acionistas

A criação da reserva de capital pode atrapalhar o plano da Petrobras de continuar sendo uma das melhores pagadores de proventos da bolsa brasileira

27 de outubro de 2023
6:11 - atualizado às 8:54
Petrobras com fundo de dinheiro pegando fogo
Logo da Petrobras em montagem com dinheiro e fogo. - Imagem: Divulgação/Unsplash/Montagem: Fernanda Lopes

Depois de uma alta bastante acentuada em 2023, as ações da Petrobras (PETR4) derraparam nos últimos dias, caindo mais de 5% na semana até o fechamento de ontem.

Eu não sou o tipo de pessoa que gosta de dizer "eu disse", mas eu disse.

Caso não tenha visto, na semana passada comentamos sobre a possibilidade de o petróleo disparar com a guerra entre Israel e o Hamas, mas que a Petrobras não era o melhor cavalo para aproveitar esse movimento.

Nesta semana, os motivos da minha precaução ficaram claros, com a companhia propondo algumas mudanças em seu Estatuto Social que deixaram os investidores de cabelo em pé, com possíveis impactos para os dividendos, inclusive.

As duas principais propostas envolvem mudanças na escolha de administradores e a criação de uma reserva de capital. Mas como isso afeta os acionistas?

Menos dividendos

Começando pela reserva de capital, por que isso pode afetar os dividendos?

Não é novidade para ninguém que a Petrobras tem sido uma das melhores pagadoras de dividendos da bolsa brasileira, ajudada pela produção no pré-sal (extremamente rentável), preço elevado do petróleo e políticas comerciais que permitem à companhia repassar preços dos combustíveis quando eles sobem.

Neste ano, a expectativa é de que a companhia pague um dividend yield de pelo menos 20%. Eu usei a expressão "pelo menos" porque, com o petróleo voltando para próximo de US$ 100/barril, as chances de ela realizar distribuições extraordinárias aumentam consideravelmente.

Mas a criação da reserva de capital pode atrapalhar esse plano. Isso porque ela permite que a companhia retenha o excesso de caixa gerado em 2023, ao invés de distribuir o montante extra para os acionistas.

Há quem diga que essa mudança esteja relacionada com as metas fiscais do governo nos próximos anos, e que os dividendos extras "retidos" em 2023 criariam uma espécie de colchão para permitir o pagamento de bons dividendos em 2024 e 2025, mesmo que os preços do petróleo não estejam tão atrativos.

Se for isso mesmo, a mudança é negativa, porque deixa o horizonte de pagamento de dividendos mais distante, mas não representa um grande risco para a tese.

O problema é se esse dinheiro "extra" começar a ser utilizado em investimentos ruins, com baixos retornos, como a companhia já fez diversas vezes no passado.

Ou seja, pode ser que a criação de uma reserva de capital não seja um grande problema, mas os vários erros cometidos no passado não nos ajudam a dar o benefício da dúvida para a companhia.

Novo índice de dividendos da B3 (IDIV) não é a melhor escolha para buscar renda extra mensal na bolsa; entenda

Brecha para indicações políticas

A outra mudança propõe a exclusão de algumas vedações para escolhas de administradores estabelecidas pela Lei das Estatais, e que aumentam o risco de indicações inadequadas e que não tenham o perfil técnico necessário para gerir uma empresa petroleira do porte da Petrobras.

Em um passado não muito distante, antes da Lei das Estatais, era comum ver políticos sem qualquer conhecimento sobre o setor ocupando cargos importantes nas empresas controladas pelo governo.

Em comunicado, a Petrobras se defendeu, dizendo que essa proposta visa apenas adequar o estatuto à recente decisão tomada pelo STF, que classificou algumas das exigências estabelecidas pela Lei das Estatais como inconstitucionais.

Ou seja, de acordo com a Petrobras, essa mudança não deveria ser tratada como uma "brecha" para a volta das escolhas políticas.

O problema é que, mais uma vez, os vários erros cometidos no passado nos impedem de dar o benefício da dúvida para a companhia.

Cadê a margem de segurança?

Como eu disse, pode ser que essas alterações tragam poucos ou nenhum reflexo nos resultados da companhia. Mas elas abrem brechas para algumas mudanças que já aconteceram no passado e se mostraram bastante danosas para os seus resultados.

Tudo isso por um valuation que hoje está longe de ser uma barganha, se comparado com o seu próprio histórico.

Fonte: Bloomberg. Elaboração: Seu Dinheiro

Por esses motivos, preferimos não ter PETR4 na carteira por enquanto.

Mas a nossa visão pode mudar, especialmente se os papéis voltarem para patamares mais interessantes de valuation. Preferimos esperar por um nível de preços que nos ofereça uma margem de segurança adequada, considerando os riscos políticos e de má alocação de capital.

Há outras alternativas para receber dividendos

Se os dividendos da Petrobras podem estar em risco, uma outra gigante do setor de commodities trouxe uma ótima notícia para os seus acionistas ontem: 

Reprodução: Seu Dinheiro

A Vale anunciou o pagamento de mais de R$ 10 bilhões em dividendos, além de um novo programa de recompra.

Mais importante do que esse anúncio é o fato de que a companhia segue negociando por valuations bastante atrativos (3,6x Valor da Firma/Ebitda) e gerando muito caixa, o que significa que ela deve continuar distribuindo ótimos dividendos nos próximos anos.

Isso deixa claro porque VALE3 é uma das nossas preferidas na série Vacas Leiteiras. Aliás, o Rodolfo Amstalden, sócio-fundador da Empiricus e responsável por essa série focada em dividendos, está oferecendo um presente para você que quer viver de renda e dividendos.

Trata-se do livro "Do que você precisa para se aposentar?".

Nele, o Rodolfo ensina como você consegue se aposentar mais cedo, e mostra que o investimento em empresas pagadoras de dividendos é um dos pilares mais importantes para se chegar lá.

Quer saber como garantir o seu exemplar físico gratuito? Você pode conferir aqui.

  • Investir em ações boas pagadoras de dividendos é uma das principais estratégias para viver de renda com investimentos. Quer conhecer outras maneiras de poder ter dinheiro caindo na sua conta regularmente? Participe do Projeto Renda, um treinamento completo oferecido pelos analistas da Empiricus Research. Faça sua pré-inscrição gratuita aqui.

Um grande abraço e até a próxima semana!

Ruy

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: ChatGPT resiste às tentações de uma linda narrativa?

17 de abril de 2024 - 20:11

Não somos perfeitos em tarefas de raciocínio lógico, mas tudo bem: inventamos a inteligência artificial justamente para cuidar desses problemas mais chatos, não é verdade?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Ataque do Irã poderia ter sido muito pior: não estamos diante da Terceira Guerra Mundial — mas saiba como você pode proteger seu dinheiro

16 de abril de 2024 - 6:17

Em outubro, após o ataque do Hamas, apontei para um “Kit Geopolítico” para auxiliar investidores a navegar por esse ambiente incerto

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Cinco coisas que deveriam acabar no mercado financeiro

15 de abril de 2024 - 20:01

O sócio-fundador da Empiricus lista práticas do universo dos investimentos que gostaria de ver eliminadas

DE REPENTE NO MERCADO

O que Elon Musk, Javier Milei, Alexandre de Moraes, o halving do bitcoin e a China têm em comum? 

14 de abril de 2024 - 12:00

Acredite: tudo isso movimentou o mercado financeiro esta semana; veja os destaques

Especial IR 2024

Meu dependente paga pensão alimentícia; posso abatê-la no imposto de renda?

13 de abril de 2024 - 8:00

Titular da declaração de imposto de renda declara o pai como dependente, e ele paga pensão alimentícia à mãe dela. E agora?

SEXTOU COM O RUY

Enquanto você se preocupa com a Oi (OIBR3), esta empresa da B3 virou a campeã de qualidade no serviço de internet – e ainda está barata na bolsa

12 de abril de 2024 - 6:07

Para se diferenciar, essa companhia construiu uma infraestrutura de qualidade, que tem proporcionado prêmios de internet fixa mais rápida do Estado de São Paulo, à frente das gigantes de telecom

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Quintal da China, quintal do mundo

10 de abril de 2024 - 19:15

Se a economia chinesa sofre, nós necessariamente compartilhamos dessa desgraça?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Juro real de volta aos 6%: com bolsa na pior e dólar nas alturas, essa é uma nova oportunidade?

9 de abril de 2024 - 6:40

Uma regra prática comum para investimentos em renda fixa no Brasil sugere vender títulos quando os juros reais atingem 3% e comprá-los a 6%

EXILE ON WALL STREET

Além do bitcoin (BTC): esta carteira já rendeu 447% acima da maior criptomoeda do mercado

8 de abril de 2024 - 20:01

Acredito que exista uma forma melhor de pensar sobre a ciclicidade do preço do bitcoin (BTC), que historicamente nos ajudou a gerar alfa neste mercado

BOMBOU NO SD

Argentina entra na rota de ‘paraíso fiscal’, China encara mesma crise do Japão e inteligência artificial “sugando” o Ibovespa — veja tudo o que foi destaque na semana

6 de abril de 2024 - 13:36

A crise e os seus reflexos no país vizinho no Brasil despertaram o interesse dos leitores do Seu Dinheiro nos últimos dias

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar