🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
"GUERRA DO GÁS"

Putin no limite: Rússia vai cortar fornecimento de gás natural para a Europa; commodity salta 12% na UE

A estatal russa Gazprom vai reduzir o fornecimento do combustível em 20% para a Alemanha; Kremlin afirma que a medida é resultado de questões de “manutenção” e das sanções ocidentais

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
26 de julho de 2022
11:40
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, sorrindo
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Shutterstock

Os ânimos amigáveis de Putin duram pouco e têm prazo de validade. Há menos de uma semana que o presidente russo voltou a permitir a exportação de grãos da Ucrâniaapós acordo apoiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) —, mas os laços com a União Europeia ainda seguem com nós, sem muita chance de desatá-los. 

A Rússia informou que cortará o fornecimento de gás natural para a Europa a partir de quarta-feira (27). Para a União Europeia, a medida é uma retaliação aos países que apoiam a Ucrânia. O Kremlin, por sua vez, afirma que a interrupção é o resultado de questões de manutenção e sanções ocidentais. 

Ontem, a produtora estatal russa de energia Gazprom disse que as exportações da commodity pelo gasoduto Nord Stream 1 cairá para cerca de um quinto da capacidade total.

Ou seja, a previsão é de entrega de apenas 33 milhões de metros cúbicos da capacidade de 160 milhões de metros cúbicos por dia. A medida deve atingir principalmente a Alemanha. 

Em contrapartida, a União Europeia (UE) fechou um acordo na semana passada para reduzir o consumo de gás em 15%, em temor ao risco crescente de interrupção total do fornecimento russo. 

Guerra do gás entre Putin e Europa

O corte de gás natural é uma ameaça entre os dois lados: por um lado, a Europa quer reduzir a dependência da commodity russa, além de ser uma forma de sancionar Putin. Por outro, a Rússia aumenta a pressão contra os países europeus para revogar as sanções. 

De fato é que a redução da oferta do gás natural resulta, entre os fatores, na alta dos preços dos combustíveis. Além disso, uma interrupção nos fluxos para UE pode reduzir até 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do bloco econômico durante o inverno. 

Acordo para a exportação de grãos em xeque

Antes da guerra, que já dura cinco meses, a Rússia e a Ucrânia eram responsáveis por um terço das exportações de trigo no mundo. 

Mas com os sucessivos ataques ao país ucraniano e a tomada das regiões litorâneas pela Rússia, o fornecimento foi interrompido. As forças militares de Putin estavam bloqueando o mar Negro, onde estão localizados os silos de grãos nos principais portos ucranianos. Cerca de 20 milhões de toneladas da commodity estão presas. 

Na última sexta-feira (22), porém, houve o primeiro avanço nas negociações entre os dois países. Moscou e Kiev assinaram um acordo, apoiado pela ONU e com intermediação da Turquia, que permite a retomada das exportações e afasta o temor da falta de alimentos do mundo. 

Contudo, parece que o acordo ainda não saiu do papel. No dia seguinte, a Ucrânia sofreu ataques de mísseis de cruzeiros russos no sul do país, sendo que um dos artefatos foi disparada em direção ao Mar Negro — a infraestrutura portuária de Mykolaiv foi danificada. 

VEJA TAMBÉM: RECESSÃO é INEVITÁVEL nos EUA? I S&P de mal a pior I Hora de investir em AÇÕES DO EXTERIOR ou BDRs?

Gás natural segue em alta 

Os contratos futuros de gás reagem em forte alta na Europa nesta manhã em reação à ameaça de novos cortes no fornecimento da Rússia à região. 

Por volta das 09h20 (de Brasília), o gás para agosto negociado na Intercontinental Exchange (ICE) subia 12,15% a US$ 359,43.

A commodity subiu mais de 77% no mês, atingindo o nível mais alto desde julho de 2008. 

*Com informações de Bloomberg, CNBC, Estadão Conteúdo e Reuters

Compartilhe

LOTERIAS FEDERAIS

Em meio a indecisão da Mega-Sena e Quina, Lotofácil faz milionário no mais recente sorteio; veja loterias federais hoje

19 de maio de 2024 - 10:08

Com a Sena não cravada, o prêmio do próximo concurso, a ser realizado no dia 21 de maio de 2024, sobe para R$ 37 milhões

ATENÇÃO, DEVEDOR

Desenrola Brasil: este é o último fim de semana para aderir à Faixa 1 do programa de renegociação de dívidas; veja como

18 de maio de 2024 - 15:38

Dados do Ministério da Fazenda apontam que, até a semana passada, 14,75 milhões de pessoas já haviam renegociado cerca de R$ 51,7 bilhões em dívidas

DURANTE ENCONTRO

Após 30 anos do Plano Real, ex-presidentes do Banco Central criticam condução da política fiscal

18 de maio de 2024 - 10:19

Ao mesmo tempo, Roberto Campos Neto evitou comentários sobre a condução da política fiscal atual, mas voltou a defender o projeto que concede autonomia financeira ao BC

Mudanças climáticas

Investimento verde é coisa de gringo, mas isso é bom para nós: saiba quais são as apostas ESG do investidor global no Brasil

17 de maio de 2024 - 6:33

Saiba para quais segmentos e tipos de negócios o investidor global olha no Brasil, segundo Marina Cançado, idealizadora de evento que aproximará tubarões internacionais com enfoque ESG do mercado brasileiro

LOTERIAS

Mega-Sena e Quina decepcionam de novo, mas Lotofácil faz 2 meio-milionários — e eles apostaram de um jeito diferente

17 de maio de 2024 - 5:42

Nenhum dos ganhadores da Lotofácil apostou em uma casa lotérica; na Mega-Sena e na Quina, os prêmios acumulados têm oito dígitos

E VEM MAIS POR AÍ

Uma ajuda extra da Receita: lote de restituição do Imposto de Renda para o Rio Grande do Sul supera R$ 1,1 bilhão

16 de maio de 2024 - 19:46

Além de incluir os gaúchos no primeiro lote de restituição, a Receita promoverá medidas para ajudar o contribuinte do estado castigado pelas enchentes

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários, Quina acumula de novo e Mega-Sena oferece prêmio turbinado

16 de maio de 2024 - 5:58

Lotofácil sai para uma aposta comum e para um apostador “teimoso”; concurso de final 5 turbina prêmio da Mega-Sena

LOTERIAS

Bolão fatura Lotofácil e faz 4 milionários de uma vez só; Mega-Sena acumula e prêmio dispara

15 de maio de 2024 - 6:02

A Lotofácil estava acumulada ontem, o que engordou o prêmio da “máquina de milionários”; Quina acumulou de novo

MULTIMERCADOS

Ex-colega de Campos Neto no BC, gestor da Itaú Asset aposta em Copom mais rígido com os cortes na Selic daqui para frente

14 de maio de 2024 - 19:58

Ex-diretor de política monetária do BC entre 2019 e 2023 — sob o comando de RCN —, o economista Bruno Serra revelou o que espera para os juros no Brasil

LANCE REVISADO

Ata do Copom mostra divisão mais sutil entre Campos Neto e diretores escolhidos por Lula

14 de maio de 2024 - 10:18

Divergência entre os diretores do Banco Central se concentrou no cumprimento do forward guidance, mas houve concordância sobre piora no cenário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar