🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Ricardo Gozzi
VARIANTE SHIPPADA

Deltacron desembarca no Brasil: entenda a recombinação das variantes delta e ômicron e se é o caso de nos preocuparmos com um novo surto de covid-19

Segundo especialistas, ainda é cedo para mensurar a taxa de transmissibilidade, a gravidade da doença e a eficácia das vacinas contra a deltacron

Ricardo Gozzi
15 de março de 2022
13:03 - atualizado às 13:06
Coronavírus Brasil
Imagem: Shutterstock

O governo brasileiro confirmou hoje os dois primeiros casos de uma recombinação do novo coronavírus identificada como deltacron.

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, os primeiros casos envolvendo uma fusão de características das variantes ômicron e delta foram diagnosticados na região norte do país.

Dias antes de chegar ao Brasil, a recombinação foi identificada em pelo menos 30 pacientes nos Estados Unidos e na Europa, segundo pesquisadores.

Ainda é cedo

Como houve poucos casos confirmados até agora, ainda é cedo para mensurar o impacto da deltacron, disse à agência Reuters o doutor Philippe Colson, da IHU Mediterranee Infection em Marselha, na França.

Não é possível saber, por exemplo, se a recombinação terá alta taxa de transmissibilidade ou se causará quadros graves de covid-19, prosseguiu o principal autor de uma pesquisa publicada na semana passada na plataforma medRxiv antes do processo de revisão por pares. Também não há dados suficientes sobre a eficácia das vacinas.

Deltacron não é a primeira recombinação…

Em janeiro, um pesquisador cipriota anunciou ter descoberto uma cepa do novo coronavírus combinando as variantes delta e ômicron. Leondios Kostrikis, professor de ciências biológicas da Universidade de Chipre, batizou a cepa de deltacron.

Nos dias que se seguiram à descoberta, porém, pesquisadores afirmaram que não era um caso de recombinação, mas de contaminação de amostra.

Sabe-se que as recombinações genéticas de coronavírus acontecem quando duas variantes infectam uma mesma célula hospedeira.

… nem será a última

Nos casos mais recentes, parece haver uma recombinação clara da estrutura da delta com as conexões proteicas da ômicron.

Especialistas apressaram-se em enfatizar que as variantes recombinantes não são incomuns e que o deltacron não é o primeiro e não será o último a ocorrer para o covid-19.

"Durante a pandemia de SARS-CoV-2, duas ou mais variantes co-circularam durante os mesmos períodos de tempo e nas mesmas áreas geográficas. Isso criou oportunidades de recombinação entre essas duas variantes", disse Colson.

“Isso acontece sempre que estamos no período de transição de uma variante dominante para outra e geralmente é uma curiosidade científica, mas não muito mais do que isso”, disse Jeffrey Barrett, que vem pesquisando a genética do novo coronavírus, citado pelo jornal britânico The Guardian.

Balanço da pandemia

Enquanto os potenciais impactos da deltacron não ficam mais claros, a ameaça do coronavírus segue à espreita.

Desde o início da pandemia, há pouco mais de dois anos, autoridades sanitárias de todo o mundo diagnosticaram pelo menos 460 milhões de casos de covid-19, com mais de 6 milhões de óbitos.

O Brasil concentra quase 11% das mortes no mundo. O Ministério da Saúde confirma 29,4 milhões de casos da doença, com mais de 655 mil mortos.

Compartilhe

AFROUXANDO AS MEDIDAS

Fim da política de “covid zero” na China? Flexibilização da quarentena anima os investidores e as bolsas internacionais avançam

28 de junho de 2022 - 11:30

A partir desta terça-feira, o período de quarentena exigido para viajantes internacionais cairá pela metade, para sete dias de quarentena centralizada e três de isolamento domiciliar

Covid-19 derruba economia da China em abril; confira os dados chineses que assustaram o mercado hoje

16 de maio de 2022 - 11:26

Com os lockdowns nos últimos dois meses, a produção e as vendas chinesas despencam além do esperado, e a divulgação de números piores traz a cautela de volta ao foco hoje

A CORRIDA DA VACINA

Moderna quer vacinar crianças menores de 5 anos contra a covid-19 nos EUA; Dinamarca interrompe programa de vacinação

28 de abril de 2022 - 12:21

Pedido da farmacêutica a torna a primeira fabricante a solicitar à agência reguladora dos Estados Unidos para vacinar crianças entre seis meses e cinco anos de idade

NÃO TEM REFRESCO

Com os olhos do mundo voltados para a guerra, subvariante furtiva do coronavírus se espalha pela Europa

23 de março de 2022 - 12:33

Especialistas advertem para risco de um novo surto global do coronavírus em meio ao relaxamento das medidas de restrição

NADA A COMEMORAR

Pandemia completa 2 anos no Brasil com quase 650 mil mortes

26 de fevereiro de 2022 - 10:10

Além das centenas de milhares de mortes, quase 30 milhões de brasileiros foram diagnosticados com covid-19 no período

NOVA ONDA AVANÇA

Covid-19 volta a causar mais de mil mortes por dia no Brasil

4 de fevereiro de 2022 - 7:15

Nas últimas semanas, Ministério da Saúde têm registrado sucessivamente novos recordes diários de casos da doença no Brasil

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

A alta estrutural do petróleo: como a questão ucraniana pode influenciar?

25 de janeiro de 2022 - 9:07

Tensões entre Ucrânia e Rússia podem pressionar os preços da commodity, dando uma mãozinha para o barril chegar à marca dos US$ 100

NOVA ONDA

Covid-19 volta a ganhar força e Brasil bate recorde de casos confirmados da doença em 24 horas

19 de janeiro de 2022 - 6:39

Números de novos casos em apenas um dia ultrapassou a marca de 137 mil; Ministério da Saúde também confirmou mais 351 mortes pela doença

DERRUBADO PELA COVID

Com presidente do Conselho fura-quarentena e perdas de clientes, Credit Suisse tem desafio de recuperar reputação

17 de janeiro de 2022 - 15:05

Credit Suisse volta a ser abalado com saída de presidente do Conselho que veio para recuperar a imagem do banco, mas foi pego violando as regras da quarentena contra a covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

15 de janeiro de 2022 - 14:10

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar