🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Estadão Conteúdo
Caso Ghosn

Oficiais japoneses dizem que Ghosn teria recebido julgamento justo

Autoridades do Japão fazem os primeiros comentários públicos sobre a fuga de Carlos Ghosn do país: “ele procurou evitar a punição por seus próprios crimes”.

Carlos Ghosn
Carlos Ghosn, ex-presidente do grupo Renault-Nissan. - Imagem: Shutterstock

Os primeiros comentários públicos de autoridades japonesas sobre a fuga do ex-presidente da Renault-Nissan Carlos Ghosn indicam que ele teria recebido um julgamento justo e que teria fugido do Japão porque não queria pagar o preço por seus delitos.

"O réu Ghosn quebrou sua própria promessa de que definitivamente compareceria perante o tribunal e fugiu do país. O que isso mostra é simples: ele não queria se submeter ao julgamento dos tribunais de nossa nação e procurou evitar a punição por seus próprios crimes ", disse o vice-procurador de Tóquio Takahiro Saito. "Não há espaço para justificar tal ação".

Até este domingo, 5, nenhum funcionário do governo japonês responsável pelo caso Ghosn, que fugiu de Tóquio na última segunda-feira, 30, havia comentado o assunto, deixando o campo aberto para o ex-presidente da Nissan Motor Co. e seus defensores atacarem o sistema judiciário.

Ghosn disse, em 31 de dezembro, que foi "mantido refém por um sistema judicial japonês fraudulento, onde se presume culpa, a discriminação é desenfreada e direitos humanos básicos são negados".

Um de seus advogados de defesa, Takashi Takano, disse no sábado, 4, que os réus no Japão não recebem um julgamento justo, em parte porque os suspeitos podem ser mantidos por semanas ou meses atrás das grades para interrogatórios sem a presença de um advogado.

Ghosn foi preso no Japão em novembro de 2018, acusado de ocultar parte de seu patrimônio. Ele ficou meses na prisão até conseguir, em um acordo de US$ 14 milhões (cerca de R$ 56 milhões), migrar para a prisão domiciliar. Apesar de as acusações da promotoria japonesa terem sido feitas 13 meses atrás, ainda não havia perspectiva de um julgamento em Tóquio.

Compartilhe

após reportagem

Nissan nega plano de desfazer aliança com Renault e Mitsubishi

14 de janeiro de 2020 - 8:34

Jornal Financial Times havia afirmado que altos executivos da Nissan haviam acelerado planos de contingência para uma possível separação da Renault

em entrevista

Carlos Ghosn processa Renault e exige pagamento por desligamento da empresa

14 de janeiro de 2020 - 6:51

Executivo chamou a renúncia da Renault de “farsa”. Ele disse que está exigindo todos os direitos relacionados à sua demissão

vida pós-Ghosn?

Nissan prepara possível separação da Renault

13 de janeiro de 2020 - 8:05

Conversa acontece em meio a polêmica envolvendo o ex-executivo da aliança, Carlos Ghosn. O brasileiro, que fugiu do Japão, acusa executivos da Nissan de complô

brasileiro se explica

Sistema no Japão é corrupto e definiu minha culpa desde o primeiro dia, diz Carlos Ghosn, após fugir do país

8 de janeiro de 2020 - 10:37

É a primeira vez que o brasileiro se pronuncia à imprensa desde que fugiu do país asiático para o Líbano, no último dia 30

ex-executivo da Nissan

Carlos Ghosn: Japão diz que fará de tudo para obter a extradição do executivo

7 de janeiro de 2020 - 8:19

Secretário-chefe do gabinete japonês diz que vai garantir que os detalhes da partida de Ghosn sejam verificados e que se tomem medidas para evitar que incidentes voltem a ocorrer

Fuga do Japão

Carlos Ghosn fugiu após Nissan cessar monitoramento

5 de janeiro de 2020 - 12:54

Montadora havia contratado empresa de vigilância para monitorar executivo, mas suspendeu monitoramento após protestos de advogados

caso Ghosn

Carlos Ghosn procurou produtor de ‘Birdman’ para fazer filme sobre seu caso

3 de janeiro de 2020 - 12:42

Segundo o jornal The New York Times, o executivo encontrou-se em dezembro em Tóquio com o produtor de Hollywood John Lesher,

MAIS UM COMUNICADO

Em novo comunicado, Ghosn nega que família tenha auxiliado sua fuga do Japão

2 de janeiro de 2020 - 15:25

A fuga do Japão é o mais novo capítulo na saga de Carlos Ghosn com a Justiça japonesa, que começou em novembro de 2018

do outro lado do mundo

Promotores fazem buscas na casa de Carlos Ghosn, ex-CEO da Renault-Nissan do Japão

2 de janeiro de 2020 - 11:26

Carlos Ghosn partiu do Japão clandestinamente enquanto estava em liberdade sob fiança e chegou no Líbano na segunda-feira

Big in Japan

Quem é Carlos Ghosn, o executivo brasileiro que fugiu do Japão

1 de janeiro de 2020 - 19:06

De origem libanesa, ex-presidente da Renault-Nissan nasceu no Brasil e fez ensino superior na França. Preso no Japão por má conduta financeira, o executivo fugiu do país às vésperas da virada do ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar