🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Estadão Conteúdo
Aquisição

AES Tietê compra por R$ 806 milhões dois complexos eólicos da Cúbico Brasil

Complexos eólicos estão localizados nos estados do Rio Grande do Norte e Ceará; parte do valor será em assunção de dívidas

AES Tietê
Imagem: Divulgação

A AES Tietê informou, neste domingo, dia 27, que assinou contrato com a Cúbico Brasil para a aquisição pela AES Brasil da totalidade das ações das sociedades de propósito específico (SPE) que compõe o Complexo Eólico MS e o Complexo Eólico Santos.

"A conclusão da operação estará sujeita ao cumprimento das condições precedentes acordadas no SPA (Contrato de Compra e Venda de Ações), todas elas compatíveis com esse tipo de operação", disse a empresa, em fato relevante enviado à CVM.

Segundo a empresa, o valor total da aquisição é de até R$ 806 milhões, sendo R$ 529 milhões de equity; e assunção da dívida líquida do Projeto de R$ 277 milhões (data base dezembro de 2019). "O valor acordado está sujeito a ajustes usuais neste tipo de operação, inclusive pela variação do capital de giro e dívida líquida, e será financiado, em sua totalidade, por meio da capacidade de endividamento adicional do projeto e da Companhia", disse a empresa, destacando que a compra seria mais um passo da sua estratégia de crescimento e diversificação de portfólio.

Localizado nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará, costa da região Nordeste, os ativos encontram-se em operação desde 2013 e possuem 158,5 MW de capacidade instalada, 100% contratado no mercado regulado (LER 2009 e LEN 2011).

Com a conclusão da Operação a AES Brasil passará a contar com uma capacidade instalada de 4,0 GW do seu portfólio 100% renovável. "Este projeto está alinhado à nossa estratégia de crescimento e diversificação e a potencial criação de um cluster eólico na região do Nordeste do País", acrescentou.

Compartilhe

SEM LOTE SECUNDÁRIO

AES Brasil (AESB3) levanta R$ 1,1 bilhão em oferta restrita de ações

29 de setembro de 2021 - 6:14

Oferta poderia ter ultrapassado a marca de R$ 1,5 bi, mas lote secundário acabou retirado a pedido do BNDESPar

AES Tietê será negociada como AES Brasil na B3 a partir de segunda-feira

24 de março de 2021 - 10:08

A proposta prevê que a absorção da AES Tietê (TIET11) pela AES Brasil Energia, que passará a ser a holding controladora

Energia limpa

Itaú faz novo investimento em energia limpa e fecha parceria com a AES Brasil

18 de março de 2021 - 9:28

O Itaú se tornará dono de 19,9% das ações de uma subsidiária da AES Brasil, no valor de R$ 855 milhões

novo formato

AES Tietê anuncia reorganização societária, com migração ao Novo Mercado

18 de dezembro de 2020 - 14:11

Proposta prevê que cada unit da companhia poderá ser trocada por uma ação ordinária da nova holding

DINHEIRO NO BOLSO

Ambev, Copel e AES Tietê aprovam pagamento de juros sobre capital próprio

10 de dezembro de 2020 - 7:29

JCP são uma forma de distribuição de lucros, mas com benefício tributário às empresas

DINHEIRO NO BOLSO

BB Investimentos muda carteira de dividendos após resultados do 3º trimestre

23 de novembro de 2020 - 14:44

Analistas avaliam que retomada da economia fomenta a expectativa de melhores resultados, resultando no maior pagamento de proventos

Realizando

BNDES reduz fatia em empresas e vende R$ 16 bilhões em ações durante a pandemia

3 de outubro de 2020 - 15:27

Banco de fomento vem se desfazendo de suas posições, cumprindo meta estabelecida por Gustavo Montezano no início de sua gestão, em julho do ano passado

Resultados que mexem o mercado

Braskem, AES Tietê, SulAmérica, Totvs e BB: os balanços que movimentam o mercado nesta quinta

6 de agosto de 2020 - 9:11

Resultados financeiros do segundo trimestre afetam mercado em meio à pandemia

negócio fechado

BNDES aceita proposta da AES Corp. pela AES Tietê

28 de julho de 2020 - 8:23

Grupo americano ainda assumiu o compromisso de fazer a migração da geradora do Nível 2 para o Novo Mercado

Cartada final

Eneva faz nova proposta pela AES Tietê e amplia parcela em dinheiro

27 de julho de 2020 - 14:06

Pela nova proposta, a Eneva se comprometeu a pagar R$ 1,995 bilhão em dinheiro pelas ações da AES Tietê em poder do BNDES

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar