🔴 RENDA MÉDIA DE ATÉ R$238,02 POR DIA COM APENAS 4 CLIQUES – SAIBA COMO

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Petrobras (PETR4) perde posto de maior pagadora de dividendos para small cap; é hora de desistir da estatal?

Em 12 meses, a Petrobras (PETR4) pagou menos dividendos que a Mahle Metals Leve (LEVE3); como fica a estatal depois do bloqueio de R$ 40 bi em proventos extraordinários?

Isabelle Santos
Isabelle Santos
26 de março de 2024
16:00 - atualizado às 13:55
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com capacete da Petrobras (PETR4)
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com capacete da Petrobras (PETR4) - Imagem: Divulgação e Reprodução

A Petrobras (PETR4) perdeu o “título” de grande pagadora de dividendos. É o que mostra um levantamento realizado pela Quantum Finance, empresa especializada em pesquisas para o mercado financeiro.  

No quesito dividend yield, a petroleira estatal foi desbancada por uma empresa quase 120 vezes menor em valor de mercado

A pesquisa analisou a distribuição de dividendos no período entre 27 de fevereiro de 2023 e 29 de fevereiro deste ano e constatou que a small cap Mahle Metal Leve (LEVE3) ficou com o primeiro lugar. 

Nos 12 meses analisados, a fabricante de autopeças registrou um dividend yield de 26,19%, o equivalente a R$ 5,54 por ação

Enquanto isso, a Petrobras pagou dividendos de 18,13% aos portadores de ações preferenciais (PETR4) e 17,58% para os papéis ordinários (PETR3), no mesmo período. 

Assim, a estatal caiu para a quarta e quinta posições do ranking, atrás também da Auren (AURE3) e da Grendene (GRND3). 

A pesquisa veio justamente em um momento em que os dividendos da Petrobras se tornaram um assunto delicado para o mercado. 

Recentemente, a companhia comunicou a decisão de não pagar dividendos extraordinários, o que gerou um grande alvoroço nos mercados e fez os papéis da estatal despencarem mais de 10% em um dia.

Além disso, falas do presidente Lula e do CEO da companhia trouxeram de volta o “fantasma” da interferência política. 

Por isso, grandes bancos, como o Bradesco BBI e o Santander, já começaram a reduzir as expectativas de preço-alvo para as ações da Petrobras.

Entretanto, não há consenso entre os agentes do mercado. Algumas instituições continuam recomendando a compra da estatal.

Veja a seguir o que está acontecendo com a Petrobras (PETR4) e o que pode colocar os dividendos da estatal em risco.

COMPRAR OU VENDER PETR4? VEJA AQUI

Eles avisaram: vamos ‘pisar no freio’ dos dividendos

As últimas semanas foram bastante agitadas para os investidores da Petrobras. Logo no início de março, a estatal divulgou os resultados do 4T23 e os números vieram bem abaixo das expectativas do mercado. 

No período, a companhia reportou um lucro líquido de R$ 31 bilhões, 28% menor que no 4T22. Mas esse não foi o principal motivo de descontentamento com a estatal. 

Acontece que, junto com o balanço do último trimestre de 2023, a companhia anunciou o pagamento de R$ 14,2 bilhões em dividendos

Esperava-se que a petroleira distribuísse também dividendos extraordinários de aproximadamente R$ 40 bilhões

Embora a notícia tenha deixado os investidores insatisfeitos, o CEO da Petrobras, Jean Paul Prates, já havia dado indícios de que essa redução na distribuição de lucros aos acionistas poderia acontecer. 

No final de fevereiro, Prates deu declarações de que a companhia seria mais cautelosa na distribuição dos proventos. 

Contudo, esse “aviso” não impediu a Petrobras de perder R$ 55,3 bilhões em valor de mercado em um único dia. 

Declarações de Lula ‘ressuscitam’ fantasmas do passado

Além de toda a questão com os dividendos extraordinários, as falas do presidente trouxeram de volta alguns fantasmas do passado, justamente quando o mercado parecia ter superado a aversão ao risco do “Lula 3” na condução da Petrobras (PETR4), 

Após o resultado do 4T23 e o anúncio da distribuição de dividendos ordinários, o presidente Lula chamou a reação dos investidores de “choradeira do mercado”, em entrevista ao SBT

O chefe do executivo ainda voltou a defender que os lucros da companhia sejam aplicados em investimentos e que a estatal deve ser utilizada em benefício do povo. 

Esses discursos do presidente costumam sugerir maior risco de interferência política na condução da Petrobras e, por isso, não são bem recebidos pelos mercados. 

Acontece que ainda estão vivas na memória dos investidores as consequências das intervenções de gestões passadas dos governos petistas. 

Durante o mandato da então presidente Dilma Rousseff, por exemplo, a estatal foi obrigada a abrir mão da sua receita para manter o preço dos combustíveis abaixo das cotações internacionais. 

O resultado foi uma diminuição na geração de caixa que acabou levando as finanças da companhia ao colapso e a uma dívida bilionária

Não é possível afirmar que o mesmo vai se repetir no Lula 3. Contudo, já no primeiro ano do governo, o lucro anual da Petrobras caiu 33%

Além disso, em 2023, a companhia distribuiu US$ 10 bilhões a menos em dividendos, segundo relatório da Janus Henderson. 

Diante desse cenário muitos investidores se perguntam: 

É hora de desistir da Petrobras (PETR4)?

Apesar de todos os últimos eventos envolvendo a estatal, a Petrobras (PETR4) continua sendo uma das maiores empresas da Bolsa brasileira. 

Para se ter uma ideia, em 2023, as ações da companhia valorizaram 100%. Talvez por isso nem mesmo os grandes bancos, gestores e analistas tenham uma opinião única sobre o que fazer com o ativo. 

Assim, para tomar uma decisão a respeito da estatal, o melhor a se fazer é conhecer tudo o que está em jogo para a Petrobras (PETR4) neste momento e a visão dos bancos

Pensando nisso, o Money Times preparou um Guia Exclusivo da Petrobras. A equipe do portal investigou a fundo todos os dados e notícias sobre a companhia e compilou em um material gratuito

Nele você vai poder encontrar todas as informações que precisa para decidir se vale investir na Petrobras (PETR4) agora ou não. 

Para poder fazer o download do Guia da Petrobras, basta clicar no botão abaixo e seguir o passo a passo:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

‘O ciclo de corte da Selic pode estar nos finalmentes’: para analista, juros vão fechar 2024 a 10,50%; o que fazer com as ações?

28 de maio de 2024 - 14:00

Veja quais ações esta analista da Empiricus recomenda comprar no cenário atual

Conteúdo Empiricus

Objetivo: R$ 238 por dia, em média, com apenas alguns minutos; conheça o Gradiente Linear, estratégia revolucionária de day trade

28 de maio de 2024 - 12:00

Agora você pode lucrar uma média de até R$ 238 por dia na Bolsa com apenas quatro cliques; novo ‘robô’ de investimentos automatiza todo o processo

Conteúdo Empiricus

Lucros de até 39.900% com criptomoedas: só 0,08% dos investidores brasileiros estão aptos a buscar esse retorno – veja como ser um deles

28 de maio de 2024 - 8:00

Head de criptoativos explica que o maior potencial lucrativo não está no Bitcoin e quer aumentar a estatística de brasileiros que investem nos ativos mais promissores

Conteúdo Empiricus

Multiplicação por 400 vezes? Conheça as criptomoedas menores que podem valorizar até 39.900% depois da aprovação dos ETFs de Ethereum

27 de maio de 2024 - 12:13

Mercado de criptomoedas vive ‘maré perfeita’ e as maiores beneficiadas são as moedas menores, que podem entregar multiplicações fora da curva; entenda

Conteúdo Empiricus

É hoje: trader ‘abre o jogo’ sobre as técnicas que usa para buscar lucros médios de R$ 2 mil por dia na bolsa

27 de maio de 2024 - 8:00

André Machado possui mais de vinte anos de experiência no mercado financeiro e uma metodologia consolidada

Conteúdo Empiricus

Hora de fugir de Americanas (AMER3)? Mesmo com proposta para deixar de ser ‘penny stock’, analista não recomenda compra; entenda os principais motivos

26 de maio de 2024 - 12:00

Americanas anuncia grupamento de ações e aumento de capital de até R$ 40,7 bilhões, mas indicadores desfavoráveis fazem ativo ser ‘furada’; conheça melhores varejistas para investir

conteúdo empiricus

Debêntures incentivadas superam ações e podem chegar a R$ 100 bilhões este ano; veja 4 títulos para buscar até IPCA +7,1%

26 de maio de 2024 - 10:00

De janeiro a abril, as emissões de debêntures já somaram R$ 32,5 bilhões, número recorde para o período – veja onde estão as melhores oportunidades para investir

Conteúdo Empiricus

Conheça ‘segredo’ de Trump, Neymar e Justin Bieber para lucrar mais de 98% em 2024

26 de maio de 2024 - 8:00

A carteira de investimentos dos astros é composta por ativos acessíveis ao brasileiros e que podem se multiplicar por até 400x

Conteúdo Empiricus

Enquanto o Maxi Renda (MXRF11) anuncia emissão de cotas, outro FII pode pagar IPCA+7,7%; entenda

25 de maio de 2024 - 12:00

Dividendos do MXRF11 vem diminuindo ao longos dos meses, mas existem outras opções mais rentáveis no mercado de FIIs

conteúdo empiricus

Média de R$ 5 mil por mês: um dos maiores sistemas de trading quantitativo do Brasil pode gerar essa quantia com 4 cliques; entenda

25 de maio de 2024 - 10:00

Conheça o Gradiente Linear, sistema de trading quantitativo automatizado que foi desenvolvido por Valério Krug, trader com 18 anos de experiência neste mercado

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar