🔴 É HOJE! COMO BUSCAR ATÉ R$ 2 MIL DE RENDA EXTRA TODO OS DIAS – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

‘É uma ótima hora para colocar o pé no mercado de renda variável’: veja como rebalancear a carteira com a queda da Selic

Segundo analista da Empiricus Research, os investidores podem encontrar ativos que oferecem certa segurança e potencial de retorno na renda variável

Isabelle Santos
Isabelle Santos
6 de março de 2024
12:00 - atualizado às 16:21
Imagem: Seu Dinheiro / Shutterstock

“A mamata de mais de 1% ao mês sem correr riscos é algo que está com o prazo limitado”. Essa foi a avaliação do analista da Empiricus Research, Ruy Hungria, sobre o retorno dos títulos de renda fixa diante do ciclo de queda da Selic.

Atualmente, a taxa básica de juros está em 11,25% ao ano, mas, de acordo com o último Boletim Focus (27), o mercado já projeta uma Selic de 9% no final de 2024. 

Esse movimento de queda dos juros representa um alívio para os consumidores e a economia em geral. 

Contudo, os investidores acostumados com os ganhos de dois dígitos da renda fixa nos últimos anos vão precisar buscar outras alternativas se quiserem continuar recebendo bons retornos. 

Nesse cenário, Hungria aponta que a saída é começar a “colocar o pé na renda variável”, mais especificamente em ações pagadoras de dividendos

Dividendos: a ‘porta de entrada’ para a renda variável

Com a Selic a 11,25% ao ano, ainda é possível encontrar títulos de renda fixa oferecendo retornos de 12% ao ano, o que é muito bom considerando que o risco desses ativos, na média, é bem menor que o da renda variável. 

Entretanto, para a próxima reunião do Copom no dia 20 de março, bem como para a reunião seguinte, já temos dois cortes contratados para a taxa básica de juros. 

Isso significa que, se o Banco Central mantiver o ritmo de queda de 0,50 p.p., teremos uma Selic a 10,25% ao ano já no início de maio. 

Com isso, os títulos da renda fixa tendem a perder a atratividade

Diante disso, o analista sugere que este é o melhor momento para o investidor rebalancear a carteira. Especialmente aqueles com grande parte do capital aplicado em renda fixa. 

Ruy Hungria salienta que, apesar da queda da Selic, ainda é necessário manter uma diversificação de ativos, ou seja, a renda fixa ainda precisa ocupar uma fatia do seu portfólio. 

Mas ao mesmo tempo o investidor precisa se preparar para “aproveitar melhor esse ciclo de queda de juros”. Acontece que, se por um lado o corte da Selic tende a reduzir o retorno da renda fixa, por outro lado as ações podem decolar

Nesse cenário, o analista aponta que “o investimento em ações que pagam dividendos tende a ser a porta de entrada para o investidor que está entrando em renda variável agora.”

Por que começar investindo em ações pagadoras de dividendos?

Ruy explica que, em geral, as pagadoras de dividendos são ações de empresas grandes, consolidadas e com boa geração de caixa.

Ele ainda destaca que, apesar de serem empresas que também sofrem os impactos do cenário macroeconômico, não são empresas cíclicas e nem “extremamente voláteis”. 

Ou seja, por mais que o risco de investir em renda variável seja maior que o da renda fixa, ao optar por ações pagadoras de dividendos o investidor estará escolhendo ativos menos arriscados

Além disso, o analista aponta que o compromisso dessas empresas em pagar dividendos com uma certa periodicidade acaba trazendo uma certa segurança para o investidor. 

“A carteira de dividendos acaba cumprindo um papel de uma renda variável um pouco mais segura, mas que consegue se aproveitar de uma boa melhora de mercado”, aponta Hungria. 

Por isso ele acredita que todo investidor deveria ter uma carteira de dividendos em seu portfólio. Mas, já vou adiantando que não é qualquer ação pagadora de proventos que vale a pena investir. 

Na visão de Ruy Hungria, neste momento 5 ações têm maior potencial para entregar bons dividendos ao investidor em março. 

Carteira de dividendos: conheça gratuitamente as 5 melhores ações para investir em março

Dentre as recomendações deste mês, o analista destaca a inclusão da Cyrela (CYRE3). A construtora é para Hungria a melhor empresa do segmento imobiliário, conta com uma gestão competente e histórico superior aos seus pares. 

Além disso, pensando nos dividendos, o analista aponta que a companhia tem um balanço sólido que lhe permite distribuir proventos aos seus acionistas.  

Outro ponto que pode favorecer as ações da companhia seria a melhora nos dados da inflação. Em um cenário mais positivo, empresas como a Cyrela tendem a se beneficiar. Pois, nesse ambiente os consumidores podem considerar investir em imóveis, que é o negócio da construtora. 

Contudo, a Cyrela (CYRE3) não é a única recomendação deste mês Além dela o analista selecionou outros 4 ativos para buscar dividendos em março.

Além dos dividendos, entre as 5 ações selecionadas pelos analistas, o investidor ainda poderá comprar papéis que estão baratos e têm potencial de valorização. Ou seja, existe a possibilidade de buscar lucros de duas formas com as mesmas ações.

O melhor de tudo é que você vai poder conhecer as recomendações e a tese de investimento de cada uma delas de graça. A Empiricus Research, empresa do Grupo BTG, está liberando este conteúdo como uma cortesia. 

Assim, clicando neste link ou no botão abaixo você poderá ter acesso ao ticker das ações para buscar dividendos agora. 

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

Multiplicação por 400 vezes? Conheça as criptomoedas menores que podem valorizar até 39.900% depois da aprovação dos ETFs de Ethereum

27 de maio de 2024 - 12:13

Mercado de criptomoedas vive ‘maré perfeita’ e as maiores beneficiadas são as moedas menores, que podem entregar multiplicações fora da curva; entenda

Conteúdo Empiricus

É hoje: trader ‘abre o jogo’ sobre as técnicas que usa para buscar lucros médios de R$ 2 mil por dia na bolsa

27 de maio de 2024 - 8:00

André Machado possui mais de vinte anos de experiência no mercado financeiro e uma metodologia consolidada

Conteúdo Empiricus

Hora de fugir de Americanas (AMER3)? Mesmo com proposta para deixar de ser ‘penny stock’, analista não recomenda compra; entenda os principais motivos

26 de maio de 2024 - 12:00

Americanas anuncia grupamento de ações e aumento de capital de até R$ 40,7 bilhões, mas indicadores desfavoráveis fazem ativo ser ‘furada’; conheça melhores varejistas para investir

conteúdo empiricus

Debêntures incentivadas superam ações e podem chegar a R$ 100 bilhões este ano; veja 4 títulos para buscar até IPCA +7,1%

26 de maio de 2024 - 10:00

De janeiro a abril, as emissões de debêntures já somaram R$ 32,5 bilhões, número recorde para o período – veja onde estão as melhores oportunidades para investir

Conteúdo Empiricus

Conheça ‘segredo’ de Trump, Neymar e Justin Bieber para lucrar mais de 98% em 2024

26 de maio de 2024 - 8:00

A carteira de investimentos dos astros é composta por ativos acessíveis ao brasileiros e que podem se multiplicar por até 400x

Conteúdo Empiricus

Enquanto o Maxi Renda (MXRF11) anuncia emissão de cotas, outro FII pode pagar IPCA+7,7%; entenda

25 de maio de 2024 - 12:00

Dividendos do MXRF11 vem diminuindo ao longos dos meses, mas existem outras opções mais rentáveis no mercado de FIIs

conteúdo empiricus

Média de R$ 5 mil por mês: um dos maiores sistemas de trading quantitativo do Brasil pode gerar essa quantia com 4 cliques; entenda

25 de maio de 2024 - 10:00

Conheça o Gradiente Linear, sistema de trading quantitativo automatizado que foi desenvolvido por Valério Krug, trader com 18 anos de experiência neste mercado

Conteúdo Empiricus

De US$ 3 mil a US$ 46 milhões: PEPE atinge máxima histórica e trader lucra mais de 15.000 vezes; veja as criptomoedas para buscar lucros exponenciais

25 de maio de 2024 - 8:00

Não aproveitou o rali de Pepe Coin? Fique tranquilo: há outras moedas de elevado potencial de retorno que têm fundamento e que não são “meme”; veja quais

Conteúdo Empiricus

Banco do Brasil (BBAS3): ‘não durmo tranquila com essa ação, apesar do valuation parecer barato’, diz analista

24 de maio de 2024 - 14:02

Aumento dos spreads e da inadimplência podem reduzir rentabilidade do Banco do Brasil ao longo do tempo, avaliam analistas; veja qual é a melhor ação do setor para investir

Conteúdo Empiricus

Acabou o otimismo do Ibovespa? Gestor diz se Selic em 10% a.a. em 2024 pode acabar com os planos de rali da bolsa

24 de maio de 2024 - 12:00

Ibovespa já despencou quase 5% neste ano com pessimismo no cenário internacional e incertezas sobre a Selic – veja como ficam as ações daqui para frente

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar