🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
ELON MUSK TINHA RAZÃO?

Invasão da China: como Biden e Trump querem frear os elétricos chineses liderados pela BYD nos EUA

Os veículos elétricos ainda não são vendidos no país, mas despertam cada vez mais preocupação de políticos e empresários do segmento, que colocam planos para barrar a maré vermelha à prova

Carolina Gama
16 de abril de 2024
18:58 - atualizado às 18:40
elon musk china bitcoin
Imagem: Adobe Stock/Shutterstock - Montagem: Giovanna Figueredo

Quando o bilionário Elon Musk disse que as fabricantes de carros elétricos da China iriam demolir a concorrência, ele não estava brincando — e esperava que o próximo presidente dos EUA fizesse alguma coisa para defender o mercado automotivo norte-americano. Ao que parece, o pedido do dono da Tesla deve ser atendido. 

E Musk não estava sozinho nessa. Carlos Tavares, CEO da Stellantis — dona da Chrysler e Jeep —  chegou a afirmar que a ofensiva chinesa é o maior risco que as fabricantes de automóveis enfrentam no momento

O assunto ficou tão sério que acabou unindo dois rivais históricos: o presidente dos EUA, Joe Biden, que tenta a reeleição, e o republicano Donald Trump, que quer voltar à Casa Branca nas eleições de 5 de novembro. 

  • LEIA TAMBÉM: Casa de análise libera carteira gratuita de ações americanas pra você buscar lucros dolarizados em 2024. Clique aqui e acesse.

Como Biden quer parar a China

Embora ainda não estejam disponíveis nos EUA, os veículos elétricos chineses têm sido um tema quente este ano, tanto nas salas de reuniões corporativas como na campanha presidencial.

Biden, por exemplo, fez um esforço para frear a entrada da China no mercado automotivo norte-americano. Sua administração tem considerado aumentar as tarifas sobre os elétricos chineses — que já estariam sujeitos a uma taxa total de 27,5% caso estivessem disponíveis nos EUA e que não seriam elegíveis para um crédito fiscal bem popular no país, de US$ 7.500 carros elétricos. 

O presidente norte-americano também ordenou uma investigação sobre os riscos à segurança nacional representados pelos veículos elétricos chineses que apresentam tecnologia sofisticada que rastreia os motoristas.

O que realmente está acontecendo com China: a catástrofe é real? Dê o play para saber mais

O plano de Trump contra os elétricos chineses

Trump defende uma tarifa de 100% sobre os veículos elétricos da China, ao mesmo tempo em que alerta para a fabricação de automóveis chineses no México. 

A proposta do republicano, lançada no mês passado em um discurso no qual falou sobre um possível “banho de sangue” da indústria automotiva dos EUA, veio depois que o senador republicano Josh Hawley, do Missouri, pediu tarifas totais de 125% sobre veículos elétricos chineses em fevereiro, e depois que o senador republicano Marco Rubio, da Flórida, apoiou uma tarifa fixa de US$ 20.000 para todos os carros da China.

  • VOCÊ JÁ DOLARIZOU SEU PATRIMÔNIO? A Empiricus Research está liberando uma carteira gratuita com 10 ações americanas pra comprar agora. Clique aqui e acesse.

Os americanos querem um carro made in China?

Há quem diga que os elétricos da China venderiam como pão quente nos EUA. 

Uma pesquisa da Edmunds no mês passado descobriu que 90% dos jovens de 18 a 24 anos disseram que estão abertos a um veículo elétrico como a próxima compra, enquanto 83% dos jovens de 24 a 34 anos disseram o mesmo. 

O levantamento mostrou ainda que 22% dos norte-americanos afirmaram que comprariam um elétrico chinês em vez de um de uma empresa norte-americana de marca em cenário em que os carros tivessem características idênticas, mas o de fabricação na China custasse US$ 5.000 a menos. 

O percentual representa uma parcela significativa do público comprador de automóveis, mas ainda é menor do que os 78% dos entrevistados que disseram que comprariam o veículo norte-americano mais caro. Não houve muita variação por partido político, idade ou sexo.

Vale lembrar que os veículos elétricos chineses não estão nos EUA ainda, mas China tem uma posição no mercado automotivo norte-americano por meio de marcas como Volvo. Além disso, Pequim tem um papel dominante na cadeia de fornecimento de minerais para o segmento de carros elétricos. 

*Com informações do MarketWatch

Compartilhe

NÃO DEIXOU BARATO

Na mira de Xi Jinping: China impõe sanções à Boeing e mais duas empresas dos EUA por venda de armas a Taiwan

20 de maio de 2024 - 19:22

A medida é a mais recente de uma série de sanções anunciadas pelo Gigante Asiático nos últimos anos contra companhias pelo fornecimento de armamento a Taipé

INTERNACIONAL

Presidente do Irã morre em queda de helicóptero; aiatolá já decidiu quem será o sucessor

20 de maio de 2024 - 7:53

Além de Ebrahim Raisi, seu ministro das Relações Exteriores e mais 7 pessoas morreram no incidente, ocorrido no norte do Irã

LOBBY DE BANCOS

CEO do JP Morgan levou outros presidentes de bancos para pressionar Federal Reserve por normas mais frouxas

19 de maio de 2024 - 16:47

Agora, o Fed e dois outros reguladores querem um novo plano, que reduziria o aumento obrigatório de capital — de quase 20% — para os maiores bancos dos EUA

NO ORIENTE MÉDIO

Membro do gabinete de Guerra de Israel ameaça pedir demissão caso não haja plano para conflito em Gaza

19 de maio de 2024 - 14:55

Benny Gantz reconheceu o impacto prejudicial que a guerra está tendo sobre os civis, mas insistiu que a “decisividade” é necessária

NO ORIENTE MÉDIO

Helicóptero que levava presidente e ministros do Irã faz pouso forçado; equipes tentam acessar o local

19 de maio de 2024 - 13:23

Houve registro de chuva forte e neblina com algum vento, o que poderia ter causado uma instabilidade na aeronave

SÓ UMA PROMESSA?

Vai fechar o banco central, Milei? A nova declaração do presidente da Argentina sobre o futuro do BC do país

17 de maio de 2024 - 18:45

O presidente argentino está na Espanha e deu diversas declarações polêmicas a um público que o aplaudiu calorosamente; veja o que mais ele disse

O CUSTO DA NOVA ORDEM MUNDIAL

Xi Jinping na Rússia: o presidente da China está disposto a pagar o preço pela lealdade de Putin?

16 de maio de 2024 - 18:37

O líder chinês iniciou nesta quinta-feira (16) uma visita de Estado de dois dias à Rússia e muito mais do que uma parceria comercial está em jogo, mas o momento para Pequim é delicado

UM SUSPIRO

Os juros continuarão altos nos EUA? Inflação de abril traz alívio, mas Fed ainda tem que tirar as pedras do caminho

15 de maio de 2024 - 14:54

O índice de preços ao consumidor norte-americano de abril desacelerou para 3,4% em base anual assim como o seu núcleo; analistas dizem o que é preciso agora para convencer o banco central a iniciar o ciclo de afrouxamento monetário por lá

DESINFLAÇÃO ACELERADA

Boas notícias para Milei: Argentina tem inflação de um dígito e Banco Central promove corte de juros maior que o esperado

15 de maio de 2024 - 10:19

Os preços tiveram alta de 8,8% em abril, em linha com o esperado pelo mercado, que estimavam um avanço de preços entre 8% e 9%

UM PRATO QUE SE COME FRIO

A vingança da China: EUA impõem pacote multibilionário de tarifas a carros elétricos chineses e Xi Jinping quer revanche

14 de maio de 2024 - 20:03

O governo chinês disse que o país tomaria medidas resolutas para defender os seus direitos e interesses e instou a administração Biden a “corrigir os seus erros”

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar