🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Os britânicos vão às urnas

Deu para o Sunak? Pesquisa indica que trabalhistas devem obter maioria nas eleições ao Parlamento Britânico

Eleições no Reino Unido acontecem em 4 de julho e foram antecipadas pelo primeiro-ministro

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
20 de junho de 2024
19:49 - atualizado às 14:21
Primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak
O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, que deve perder cadeira no Parlamento - Imagem: Reprodução do YouTube

O conservador primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, pode tornar-se o primeiro primeiro-ministro em exercício no país a perder sua cadeira nas eleições gerais, de acordo com os resultados de uma nova sondagem.

O Partido Trabalhista, principal agremiação de centro-esquerda, está a caminho de conquistar até 516 assentos nas eleições marcadas para 4 de julho, de acordo com uma análise publicada nesta quarta-feira pela empresa de pesquisa de mercado Savanta, realizada em parceria com o Electoral Calculus e o jornal Daily Telegraph, segundo informações do site da rede de TV CNBC.

Se as previsões da pesquisa se confirmarem, a próxima eleição daria aos trabalhistas uma maioria absoluta de 382 assentos, ​​confortavelmente acima da histórica vitória do ex-primeiro-ministro Tony Blair, em 1997.

Além de Sunak, perderiam seus assentos, figuras importantes do governo conservador, como o ministro das Finanças (Fazenda), Jeremy Hunt, o ministro da Defesa, Grant Shapps, e a ministra de Relações Parlamentares, Penny Mordaunt.

Eleição aprovada pelo Rei Charles III

Foi o próprio Sunak que anunciou em maio a antecipação das eleições legislativas para 4 de julho, depois de ter solicitado e recebido a aprovação do Rei Charles III para dissolver o Parlamento. O pleito estava previsto para se realizar antes do fim de janeiro de 2025 e, até o anúncio, o premier havia se limitado a falar em eleições “no segundo semestre” deste ano.

A pesquisa indica que o Partido Conservador, de centro-direita, no poder, poderá conquistar 53 assentos, abaixo dos 365 que obteve nas eleições de 2019. Assim os centristas do Liberais Democratas podem se aproximar dos Conservadores para se tornar o partido oficial da oposição na próxima formação do Parlamento Britânico.

A análise mostra que o Partido Nacional Escocês, de tendência esquerdista, deverá ganhar 8 assentos, enquanto o partido político pró-independência do País de Gales, Plaid Cymru, deverá ganhar 4. O Reform UK, de direita da Grã-Bretanha, e os ambientalistas Verdes não devem conseguir qualquer assento.

Metodologia da pesquisa

A pesquisa entrevistou 17.812 pessoas com 18 anos ou mais, de forma online, entre 7 e 18 de junho. Utilizou regressão múltipla e modelagem pós-estratificação, conhecida como MRP, para fornecer estimativas das intenções de voto em todo o país.

O MRP utiliza idade, sexo e outras características demográficas dos eleitores para prever a parcela de votos em cada distrito eleitoral e, portanto, prever um provável vencedor em cada cadeira e o resultado geral das eleições.

Alistair Cambell, ex-diretor de comunicação do Partido Trabalhista, de Blair, disse hoje que não acredita que os Conservadores estejam no caminho certo para uma derrota esmagadora nas eleições do próximo mês.

“Não acredito, nem por um segundo, que os Conservadores serão virtualmente eliminados. Eu simplesmente não acredito”, disse Campbell ao programa “Squawk Box Europe” da CNBC.

“Para que os Trabalhistas ganhem a maioria, eles precisam obter uma vantagem maior do que a que obtivemos em 1997, e a de Clement Attlee, em 1945. Acho que há algo muito, muito errado com essas pesquisas”, disse Campbell.

*Com informações da rede de TV CNBC

Compartilhe

Aperta o play!

Como investir no exterior com real fraco, eleições pelo mundo e iminência de corte de juros nos Estados Unidos

13 de julho de 2024 - 11:00

Com bolsas americanas batendo recordes, incertezas sobre o Fed e eleição batendo à porta nos EUA, João Piccioni, responsável pela Empiricus Gestão, fala sobre como posicionar a parcela dolarizada da carteira

INVESTIMENTOS NO EXTERIOR

Nvidia não é a favorita: Itaú BBA recomenda cinco ações do setor de tecnologia para aproveitar a “liquidação” das bolsas dos EUA

12 de julho de 2024 - 19:20

Para o time de análise de tecnologia do banco, os fundamentos permanecem fortes em muitos nichos dentro do setor de tech

PREÇOS VOLTARAM A SUBIR

A magia de Milei acabou? Inflação na Argentina interrompe sequência de quedas e já supera os 270% em um ano

12 de julho de 2024 - 17:11

O avanço foi puxado pelo aumento nas tarifas de electricidade, gás e aluguéis residenciais

O JOGO NÃO ESTÁ GANHO

Não tem nada garantido: o “vilão” que pode impedir o BC dos EUA de cortar os juros em setembro

12 de julho de 2024 - 16:11

As apostas no afrouxamento da política monetária em setembro saíram da casa dos 70% para 96% nesta sexta-feira (12), depois de uma semana cheia de sinais sobre o futuro da política monetária da maior economia do mundo, mas esse jogo ainda não está ganho

BOJ EM AÇÃO?

A possível intervenção do governo japonês no iene que impediu a queda no preço do dólar no Brasil

12 de julho de 2024 - 9:24

A diferença entre o dólar e o iene criou uma oportunidade de negociação altamente lucrativa chamada carry trade

ELEIÇÕES NOS EUA

Uma gafe daquelas: Biden troca nomes, chama o presidente da Ucrânia de Putin e complica ainda mais as chances de reeleição

11 de julho de 2024 - 19:47

A Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro de 2022 e desde então os dois países se enfrentam em uma guerra que não dá sinais de trégua

Desventuras em série

Citi é multado pelos reguladores por não ajustar controle de riscos e de dados

11 de julho de 2024 - 18:23

Banco tem passado por vários problemas regulatórios desde 2020

A MARATONA DO FED

O corte de juros nos EUA é inadiável? A surpresa no dado que levou o S&P 500 a flertar com outro recorde e pode trazer oportunidade para o investidor

11 de julho de 2024 - 13:01

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) norte-americano entrou em território deflacionário em junho, na comparação mensal, e abre uma porta para os ativos mais arriscados; entenda como

Demanda por óleo

Agência Internacional de Energia atualiza projeções e joga balde de água fria sobre as cotações de petróleo

11 de julho de 2024 - 12:11

Por volta das 12h00, preço futuro do Brent estava em leve alta de 0,34%, a mesma variação positiva do WTI.

CONTRA-ATAQUE

China vai investigar se a União Europeia está impondo barreiras comerciais contra produtos chineses; entenda a disputa entre o bloco e o gigante asiático

10 de julho de 2024 - 15:36

A investigação da China é uma resposta a uma série de apurações da União Europeia sobre os subsídios estatais do gigante asiático

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar