🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Dani Alvarenga
SONHO AMERICANO?

Concessão de visto de trabalho a brasileiros bate recorde nos EUA – mas oportunidades podem chegar ao fim se Trump ganhar

Os vistos para trabalhadores brasileiros qualificados também registraram número recorde. Porém, com discurso mais inflamado de Trump, o cenário pode mudar; veja como conseguir o seu green card

Dani Alvarenga
17 de junho de 2024
19:30 - atualizado às 14:56
Greencard - Imagem: Shutterstock

Os brasileiros estão tendo mais facilidade em realizar o “Sonho Americano”. Em 2023, 28.050 cidadãos do Brasil conseguiram tirar o visto para morar nos EUA. 

Os dados são do levantamento do escritório de advocacia AG Immigration, especializado em leis de imigração nos Estados Unidos. Trata-se do maior número de emissões desde o início do acompanhamento, realizado há 23 anos. 

O número de emissões do chamado green card para os brasileiros teve alta de 16% em comparação com 2022, ano que registrava o maior nível até então. Com o novo recorde, o Brasil fica em 10º lugar no ranking dos países que mais recebem vistos dos EUA.

  • Se a sua fonte de renda está 100% em reais, você está errado – mas ainda dá tempo de começar a buscar ganhos em dólares de forma prática. Clique AQUI e saiba como.

O pódio das nações que mais conseguem o green card é liderado pelo México, com 179 mil emissões. O segundo lugar é ocupado por Cuba, com 74 mil, e a República Dominicana, que registrou 66 mil vistos para residência nos EUA.

Segundo o escritório de advocacia AG Immigration, os brasileiros geralmente conseguem o green card para morar nos Estados Unidos com base no parentesco – quando a pessoa possui um familiar que já reside nos EUA – ou através do visto de trabalho.

Visto de trabalho para brasileiros nos EUA também dispara

A quantidade de trabalhadores brasileiros qualificados nos EUA também bateu recorde em 2023. De acordo com a pesquisa, 11.751 cidadãos conseguiram o green card EB-1 e EB-2, ambos destinados aos profissionais com habilidades acima da média.

“Enquanto o EB-1 é voltado para os 5% mais destacados de uma indústria, o EB-2 é para os 20%”, explica Leda Oliveira, CEO da AG Immigration.

O número de vistos para trabalhadores qualificados do Brasil representou uma alta de 58,4% em relação a 2022. De acordo com o levantamento, foram 3.951 emissões de EB-1 e 7.800 de EB-2 para brasileiros no ano passado. Para ambos os tipos, também foi o maior volume já registrado. 

Com o crescimento do volume dos green cards, o Brasil alcançou o terceiro lugar no ranking dos países que mais tiveram emissões dos green cards de EB-1 e EB-2 em 2023. 

A lista é liderada pela China, com 20.905 emissões de vistos, seguida pela Índia, com 13.378.

Naturalização de brasileiros nos EUA cai em 2023

Os brasileiros naturalizados nos EUA não estão com a mesma facilidade do que os trabalhadores qualificados. O número de vistos emitidos do tipo para cidadãos do Brasil teve queda em 2023.

Segundo o levantamento, 13.203 brasileiros conseguiram a cidadania norte-americana em 2022, ano recorde no número de emissões. Já em 2023, o número caiu para 12.570.

Atualmente, o Brasil está na 16ª posição na lista dos países que mais conseguem o visto de cidadania dos EUA. O México ocupa o primeiro lugar no ranking, com 109 mil naturalizações.

O ‘Sonho Americano’ vai acabar?

Os brasileiros que quiserem tirar o visto para residir nos Estados Unidos precisam se apressar. Isso porque as eleições norte-americanas vão ocorrer em novembro deste ano e, caso Donald Trump vença a disputa pela cadeira da Casa Branca, as facilidades para conseguir o green card podem acabar.

O candidato já sinaliza ter uma política contra imigração desde sua campanha eleitoral de 2016, quando venceu as eleições e ocupou a presidência dos Estados Unidos até o início de 2021. Contudo, o discurso de Trump sobre o tema está ainda mais inflamado nessas eleições.

Em março, o republicano afirmou, sem provas, que outros países estavam esvaziando suas prisões de jovens para enviá-los à fronteira. Mais adiante no discurso realizado na época, Trump se referiu aos imigrantes como “animais”.

Além disso, durante a campanha eleitoral em abril, Trump acusou os imigrantes de “envenenar o sangue do país”. Em seguida, prometeu lançar a maior operação de deportação doméstica da história dos EUA caso eleito.

Ele também alegou que os imigrantes custariam ao país trilhões de dólares em benefícios públicos e fariam com que a Seguridade Social e o Medicare “cedessem e entrassem em colapso”.

Vale ressaltar que o discurso de Trump não encontra respaldo nas estatísticas. Segundo uma reportagem do veículo norte-americano NPR, pesquisas da Universidade de Stanford mostram que imigrantes possuem taxa de criminalidade mais baixa do que pessoas nascidas nos EUA.

Como conseguir o green card?

Para os brasileiros que querem tirar o visto permanente para morar nos Estados Unidos, há mais de 100 categorias de green cards disponíveis. No entanto, o processo é composto por diversas etapas e pode ser complexo e demorado, o que torna necessário a contratação de uma assessoria especializada.

Após a definição da categoria do visto, o imigrante deve requerer uma petição em seu nome para conseguir o green card

Após a aprovação, é necessário realizar o preenchimento do formulário de solicitação. O principal documento a ser preenchido é o chamado Pedido de Registro de Residência Permanente. 

É neste momento que ocorre a coleta dos documentos, que incluem: passaporte, certidão de nascimento, certificados de emprego, registros financeiros, antecedentes criminais e entre outros.

As certidões devem ser enviadas ao  Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS). Além dos documentos, o imigrante também deverá pagar taxas de processamento, que variam de acordo com o visto pedido.

Por fim, o solicitante passará por uma entrevista com o USCIS e por exames biométricos, que serão marcados pelo próprio órgão.

*Com informações de O Globo e Nomad Digital

Compartilhe

Aperta o play!

Como investir no exterior com real fraco, eleições pelo mundo e iminência de corte de juros nos Estados Unidos

13 de julho de 2024 - 11:00

Com bolsas americanas batendo recordes, incertezas sobre o Fed e eleição batendo à porta nos EUA, João Piccioni, responsável pela Empiricus Gestão, fala sobre como posicionar a parcela dolarizada da carteira

INVESTIMENTOS NO EXTERIOR

Nvidia não é a favorita: Itaú BBA recomenda cinco ações do setor de tecnologia para aproveitar a “liquidação” das bolsas dos EUA

12 de julho de 2024 - 19:20

Para o time de análise de tecnologia do banco, os fundamentos permanecem fortes em muitos nichos dentro do setor de tech

PREÇOS VOLTARAM A SUBIR

A magia de Milei acabou? Inflação na Argentina interrompe sequência de quedas e já supera os 270% em um ano

12 de julho de 2024 - 17:11

O avanço foi puxado pelo aumento nas tarifas de electricidade, gás e aluguéis residenciais

O JOGO NÃO ESTÁ GANHO

Não tem nada garantido: o “vilão” que pode impedir o BC dos EUA de cortar os juros em setembro

12 de julho de 2024 - 16:11

As apostas no afrouxamento da política monetária em setembro saíram da casa dos 70% para 96% nesta sexta-feira (12), depois de uma semana cheia de sinais sobre o futuro da política monetária da maior economia do mundo, mas esse jogo ainda não está ganho

BOJ EM AÇÃO?

A possível intervenção do governo japonês no iene que impediu a queda no preço do dólar no Brasil

12 de julho de 2024 - 9:24

A diferença entre o dólar e o iene criou uma oportunidade de negociação altamente lucrativa chamada carry trade

ELEIÇÕES NOS EUA

Uma gafe daquelas: Biden troca nomes, chama o presidente da Ucrânia de Putin e complica ainda mais as chances de reeleição

11 de julho de 2024 - 19:47

A Rússia invadiu a Ucrânia em fevereiro de 2022 e desde então os dois países se enfrentam em uma guerra que não dá sinais de trégua

Desventuras em série

Citi é multado pelos reguladores por não ajustar controle de riscos e de dados

11 de julho de 2024 - 18:23

Banco tem passado por vários problemas regulatórios desde 2020

A MARATONA DO FED

O corte de juros nos EUA é inadiável? A surpresa no dado que levou o S&P 500 a flertar com outro recorde e pode trazer oportunidade para o investidor

11 de julho de 2024 - 13:01

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) norte-americano entrou em território deflacionário em junho, na comparação mensal, e abre uma porta para os ativos mais arriscados; entenda como

Demanda por óleo

Agência Internacional de Energia atualiza projeções e joga balde de água fria sobre as cotações de petróleo

11 de julho de 2024 - 12:11

Por volta das 12h00, preço futuro do Brent estava em leve alta de 0,34%, a mesma variação positiva do WTI.

CONTRA-ATAQUE

China vai investigar se a União Europeia está impondo barreiras comerciais contra produtos chineses; entenda a disputa entre o bloco e o gigante asiático

10 de julho de 2024 - 15:36

A investigação da China é uma resposta a uma série de apurações da União Europeia sobre os subsídios estatais do gigante asiático

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar