🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Estadão Conteúdo
SPOOFING

Se um pode, o outro também quer: Odebrecht pede ao STF o mesmo benefício concedido à J&F

Hoje conhecida como Novonor, a Odebrecht reivindica na justiça a suspensão da multa bilionária definida em seu acordo de leniência

Estadão Conteúdo
13 de janeiro de 2024
16:08 - atualizado às 13:35
Odebrecht
Imagem: shutterstock

A Odebrecht, hoje conhecida como Novonor, pediu ao ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), a suspensão do pagamento das parcelas do seu acordo de leniência.

A construtora quer ter acesso ao material da Operação Spoofing, que prendeu os hackers da Lava Jato, e pediu que os compromissos firmados no acordo sejam congelados enquanto analisa os documentos.

Procurada pelo Estadão, a empresa não comentou a iniciativa. O processo é sigiloso.

Tanto o acesso ao material da investigação sobre os hackers quanto o cronograma de pagamentos da multa estão nas mãos de Toffoli. Ele já atendeu a um pedido semelhante feito pelo grupo J&F.

O que a Odebrecht pede é a extensão da decisão.

O STF está de recesso até o final do mês. Nesse período, apenas casos considerados urgentes são analisados. O presidente e o vice-presidente do Tribunal fazem revezamento no plantão.

Os demais ministros podem ficar sob aviso, desde que comuniquem com antecedência que vão abrir mão do recesso.

Toffoli avisou, em dezembro, que ficaria em atividade apenas para despachar na ação, movida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que levou à anulação das provas obtidas a partir da leniência da Odebrecht.

Se considerar que há conexão entre o pedido da construtora e a ação, o ministro pode decidir antes do final do recesso. Caso contrário, a decisão só deve ser tomada após 1º de fevereiro.

O acordo de leniência da Odebrecht foi assinado em 2016.

O grupo se comprometeu a pagar R$ 2,72 bilhões ao longo de 20 anos para encerrar investigações da Operação Lava Jato.

As autoridades responsáveis pela negociação projetaram que o valor corrigido chegaria a R$ 6,8 bilhões ao final do período.

O Estadão apurou que a empresa estuda pedir a revisão da multa.

O argumento é que o valor foi pactuado tomando como base um faturamento que não é mais realidade para o grupo.

Provas anuladas

Parte das provas do acordo foram anuladas pelo ministro aposentado do STF Ricardo Lewandowski, que foi anunciado nesta semana como novo ministro da Justiça, com base em mensagens da Operação Spoofing.

Ele levou em consideração o julgamento que declarou a suspeição do ex-juiz Sergio Moro e considerou que havia vícios nas provas.

Inicialmente, a decisão beneficiou apenas o presidente Lula, mas o ministro Dias Toffoli, que herdou o processo, estendeu os efeitos ao ex-governador do Rio Sergio Cabral.

Compartilhe

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

ATENÇÃO, ACIONISTAS

Klabin (KLBN11) e Gerdau (GGBR4) vão distribuir mais de R$ 5,5 bilhões em ações; veja como vai funcionar a bonificação

17 de abril de 2024 - 9:56

O bônus funciona como uma distribuição gratuita de novos papéis para os acionistas das empresas — mas existe data de corte para receber a “remuneração”

DADOS OPERACIONAIS

Quem foi bem e quem foi mal entre as construtoras listadas na B3 nas prévias de resultados do 1T24

17 de abril de 2024 - 6:07

Incorporadoras se aproveitaram do cenário favorável para lançar mais empreendimentos neste começo de ano; saiba quem se destacou, na visão dos analistas

RELATÓRIO OPERACIONAL

Vale (VALE3): alta na produção de minério, vendas fortes e preços baixos — o que você precisa saber sobre a mineradora no 1T24

16 de abril de 2024 - 19:35

O momento conturbado envolvendo indicações do governo e cobranças bilionárias ainda pesa sobre a Vale, cujas ações acumulam perdas no ano

NO BOLSO DO INVESTIDOR

Dona da Vivo (VIVT3) vai depositar até R$ 380 milhões na conta dos acionistas; confira os prazos para receber os JCP da Telefônica 

16 de abril de 2024 - 19:22

O montante corresponde a R$ 0,19545 por ação VIVT3. Saiba quem terá direito aos proventos e quando acontecerá o pagamento

Recuperação judicial

Americanas (AMER3) divulga resultado parcial das escolhas de pagamento feitas pelos credores; veja quanto deve receber cada grupo

16 de abril de 2024 - 19:12

No seu plano de recuperação judicial, a Americanas estabeleceu que seus credores deveriam optar como receber seus créditos devidos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar