🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
REESTRUTURAÇÃO FINANCEIRA

Gol (GOLL4) mira processo competitivo para sair da recuperação judicial nos EUA — e ainda avalia fusão com Azul (AZUL4)

A companhia atualmente analisa “transações alternativas viáveis e competitivas”, incluindo oportunidades apresentadas por potenciais fontes de capital próprio e de dívida

Camille Lima
Camille Lima
10 de julho de 2024
10:03
Imagem de avião da Gol (GOLL4) voando num céu azul, com algumas nuvens brancas | Ibovespa
Gol (GOLL4) - Imagem: Divulgação

A Gol (GOLL4) anunciou na noite da última terça-feira (9) que pretende iniciar um processo competitivo para avaliar propostas de financiamento para abandonar a recuperação judicial nos Estados Unidos — e ainda confirmou que está "explorando oportunidades" com a Azul (AZUL4).

A companhia se encontra em reestruturação financeira desde janeiro deste ano, quando entrou com pedido de Chapter 11 no Tribunal de Falências dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York.

Segundo comunicado enviado à CVM, a companhia atualmente analisa “transações alternativas viáveis e competitivas”, incluindo oportunidades apresentadas por potenciais fontes de capital próprio e de dívida.

Porém, o processo competitivo ainda não começou e nenhuma negociação foi iniciada até o momento. De acordo com a Gol, a operação deverá ser conduzida pelos assessores financeiros da companhia aérea. 

É importante lembrar que, de acordo com o plano financeiro para os próximos cinco anos, a empresa precisaria refinanciar cerca de US$ 2 bilhões em dívidas para conseguir sair da recuperação judicial.

A companhia também precisaria de uma injeção de capital de US$ 1,5 bilhão por meio da emissão de novas ações. No entanto, a Gol não entrou em detalhes sobre como será feita a emissão de ações. 

Vem fusão da Gol (GOLL4) e da Azul (AZUL4)?

Ainda ontem, a Gol (GOLL4) afirmou que o Grupo Abra, sua holding controladora, informou que está em discussões com a Azul (AZUL4) para explorar potenciais oportunidades.

Entretanto, segundo a aérea, um eventual acordo entre a Abra e a Azul não seria vinculante para a companhia.

Na semana passada, as ações GOLL4 foram destaque de alta fora do Ibovespa no pregão de sexta-feira (5), impulsionadas pelas expectativas do potencial casamento entre as aéreas.

O otimismo dos investidores seguiu uma notícia publicada no Valor Econômico, que reportou que a Azul pretende apresentar uma proposta de combinação de negócios dentro dos próximos três meses.

Segundo o jornal, as tratativas estão sendo realizadas com os acionistas da Abra, com discussão da estrutura da proposta e os termos de troca.

A Azul afirmou na terça-feira que vem mantendo conversas independentes com a controladora da Gol desde o acordo de cooperação comercial (codeshare) firmado entre as aéreas, a fim de “explorar eventuais oportunidades de negócios”. 

Entretanto, até o momento, não firmou qualquer acordo de parceria ou combinação de negócios — e nem definiu estruturas para um potencial negócio com a Gol ou a Abra.

As expectativas pelo casamento entre as aéreas

Os rumores sobre uma potencial fusão entre as aéreas se intensificaram em março deste ano, quando a Bloomberg News informou que a Azul (AZUL4) estaria se preparando para abocanhar a Gol (GOLL4).

Na época, a publicação informou que a companhia aérea avaliava uma série de opções — incluindo a possibilidade de uma aquisição total da rival.

As expectativas escalaram no fim de maio, quando as empresas anunciaram um acordo de compartilhamento de malha aérea (codeshare).

Na avaliação de parte do mercado, a parceria poderia ser uma forma de a Azul e a Gol testarem a temperatura do mercado antes do anúncio de uma combinação de negócios.

Segundo apuração do Broadcast, uma fusão entre as companhias resultaria na maior concentração na história recente da aviação brasileira.

Compartilhe

ADEUS, TRÂNSITO?

Carro voador da Embraer (EMBR3): Eve revela primeiro protótipo de eVTOL que deve chegar ao mercado em 2026

21 de julho de 2024 - 12:30

A companhia espera pilotar o protótipo até o final deste ano ou no início de 2025, de acordo com o CEO Johann Bordais

UMA DÉCADA DEPOIS…

Qualicorp (QUAL3) anuncia acordo de leniência de até R$ 43,5 milhões — e pode exonerar culpa do fundador em investigações de caixa 2 em 2014

20 de julho de 2024 - 16:27

O conselho de administração da empresa aprovou um acordo de leniência para colocar fim às investigações nas Operações Paralelo 23 e Triuno

SEGUNDA CHANCE

Agora vai? Após tentativa frustrada pela B3, Kora Saúde (KRSA3) fará nova assembleia para votar saída do Novo Mercado

19 de julho de 2024 - 19:20

A AGE acontecerá no final este mês depois de ter sido adiada por falta de quórum com acionistas barrados pela dona da bolsa brasileira

RESSARCIMENTO PARA A ESTATAL

Por que a Petrobras (PETR4) vai receber um ‘reembolso’ de R$ 2,2 bilhões de outras empresas do setor de petróleo

19 de julho de 2024 - 18:47

O ressarcimento está ligado a um acordo de quase R$ 20 bilhões fechado com a Receita Federal para encerrar pendências com o Carf

SINAL VERDE

Segue o jogo: Presidente do STF nega pedido do PT e mantém processo de privatização da Sabesp (SBSP3); entenda os argumentos dos partidos

19 de julho de 2024 - 17:56

Para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, supostas ilegalidades no processo dependem de provas

APOIO À EXPORTAÇÃO

“Embraer não existiria sem o BNDES”: Fabricante de aeronaves recebe novo financiamento de R$ 4,5 bilhões — veja o que a empresa quer fazer com o dinheiro

19 de julho de 2024 - 15:56

A operação de crédito será realizada por meio do BNDES Exim Pós-embarque, linha de crédito direto do banco para comercialização de bens nacionais destinados à exportação

Apoio federal

CCR faz emissão bilionária para obras na Dutra e na Rio-Santos garantida por banco estatal; veja qual

19 de julho de 2024 - 15:10

Segundo a companhia, investimento em duas rodovias soma R$ 15,5 bilhões; parte será bancada pelos R$ 9,4 bilhões em debêntures

SD ENTREVISTA

CEO da Techfin, parceria entre Totvs (TOTS4) e Itaú (ITUB4), aposta em conta digital B2B para concorrer com bancos no segmento PME

19 de julho de 2024 - 14:01

Para Eduardo Neubern, existe uma demanda não atendida no dia a dia das pequenas e médias empresas: uma conta digital integrada às necessidades de pagamento e recebimento

RELEMBRE O CASO

Fantasma de investigação de cartel volta para assombrar a Tegma (TGMA3) após cinco anos e banco de investimentos rebaixa recomendação das ações; entenda

19 de julho de 2024 - 11:29

O mercado repercute a notícia de que o Cade instaurou um processo administrativo contra a companhia que é fruto de uma investigação de 2019

Oferta de ações

Eletrobras embolsa R$ 2,185 bilhões com oferta de ações da controlada CTEEP

19 de julho de 2024 - 10:38

Somando o lote inicial e parte do suplementar, foram vendidas 93 milhões de ações PN da CTEEP

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar