🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
PAPEL RELUZENTE

Esta ação já despencou 26% em 2024, mas acaba de entrar na primeira prévia do Ibovespa — e ela não é a única a ser escalada para o índice

Sem nenhuma exclusão até o momento, o Ibovespa passará a contar com 88 ações a partir de maio, de acordo com a prévia

Montagem do touro dourado encarando urso dourado na frente da B3 | Ibovespa
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Nem tudo o que reluz é ouro, mas depois da queda de 26% na B3 em 2024, os acionistas da Vivara (VIVA3) terão algo o que celebrar. Afinal, a empresa tem tudo para ingressar no Ibovespa a partir de maio.

A varejista de joias entrou para a primeira das três prévias da carteira teórica do Ibovespa — o principal índice de ações da bolsa brasileira — para o período entre maio e agosto.

Mas a Vivara não foi a única escalada para o índice da bolsa brasileira. A prévia trouxe outro nome conhecido dos investidores para a lista: a Auren Energia (AURE3).

As duas ações já estavam sendo cotadas pelos analistas do BTG Pactual e do Itaú BBA como possíveis ingressantes na carteira — e, pelo menos até agora, estão a caminho de entrar para o Ibovespa.

A prévia também não trouxe nenhum rebaixamento: até o momento, todos os papéis atualmente compõem o Ibovespa garantiram seus lugares no índice.

Vale lembrar que, a cada quatro meses, a bolsa brasileira reavalia a carteira teórica do Ibovespa com um rebalanceamento dos ativos que compõem o índice — e a próxima vez que isso deve acontecer é em 6 de maio.

A primeira prévia do Ibovespa

Vale lembrar que a B3 ainda vai divulgar outras duas prévias da carteira do Ibovespa com possíveis mudanças, em 16 de abril e 2 de maio.

Para a formação do Ibovespa, a bolsa brasileira considera critérios como o volume de negociação, liquidez e o status da empresa. Isso significa que empresas em recuperação judicial ou penny stocks — isto é, ações que negociam abaixo do patamar de R$ 1,00 — não são elegíveis, por exemplo.

Mas caso a primeira projeção do Ibovespa se mantenha, o principal índice de ações da bolsa brasileira passará a contar com 88 papéis a partir de 6 de maio, de 86 companhias atualmente.

O topo do índice segue basicamente inalterado, com um leve aumento no peso dos papéis da Vale (VALE3) na carteira. Confira como fica o ranking das 5 ações de maior peso teórico no índice após a primeira prévia:

  • Vale ON (VALE3): 12,48%
  • Petrobras PN (PETR4): 7,9%
  • Itaú Unibanco PN (ITUB4): 6,93%
  • Petrobras ON (PETR3): 4,38%
  • Banco do Brasil (BBAS3): 3,72%

O que aconteceu com a Vivara (VIVA3) na B3?

A Vivara (VIVA3) se encontrou em maus lençóis na bolsa brasileira em março. 

Em meados do mês passado, a companhia protagonizou uma verdadeira dança das cadeiras corporativa com a renúncia de Paulo Kruglensky ao cargo de presidente da companhia

Após a renúncia, quem assumiu a posição foi o ex-CEO e fundador da empresa, Nelson Kaufman. Mas a volta do executivo à chefia da joalheria não agradou o mercado, com uma derrocada de mais de 15% dos papéis VIVA3 no dia do anúncio.

Além da troca de CEO, dois membros do conselho de administração decidiram deixar suas posições no colegiado.

Mas Nelson Kaufman mal conseguiu se acomodar no trono de líder da Vivara: com apenas 10 dias na função, o executivo abdicou do papel de CEO para ocupar apenas a cadeira de presidente do conselho (chairman). 

Quem passa a chefiar a empresa de joias é Otávio Lyra, CFO da empresa desde a abertura de capital (IPO) da empresa, em 2019.

Compartilhe

MEIOS DE PAGAMENTO

Cielo se prepara para sair da bolsa e uma dupla de empresas de maquininhas pode surfar essa onda, mas o Santander tem uma favorita

12 de junho de 2024 - 17:33

Os analistas avaliam que existe uma boa janela de curto prazo para a Stone e a PagSeguro em meio à queda das ações e à OPA da Cielo; veja quem é a preferida

Rali das “meme stocks”

‘Efeito Roaring Kitty’ faz GameStop levantar mais de US$ 2 bilhões com venda de ações

12 de junho de 2024 - 16:04

Varejista de videogames vendeu 75 milhões de ações após volta de trader que inspirou o épico ‘short squeeze’ em 2021

Mercado acionário

Bank of America corta preço-alvo para ações de bancões brasileiros, mas mantém recomendação

12 de junho de 2024 - 15:10

Combinação de receitas diversificadas, funding, controle de custos e balanços fortes são os fatores positivos apontados pelos analistas

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: Grupo Mateus (GMAT3) vai pagar mais de R$ 134 milhões para acionistas; confira os prazos e como receber

12 de junho de 2024 - 12:50

O anúncio da distribuição do JCP ocorre em um momento positivo para a companhia, que vem contrariando a crise no varejo

Quem vai ficar com ela

Acionistas da Braskem descartam negociação com a Petrochina

12 de junho de 2024 - 11:42

Companhia informou à CVM que seus controladores, Petrobras e Novonor, negam as negociações

UM NOVO PEDIDO

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta bilionária por desastre em Mariana — mas ainda é menos do que o governo exige

12 de junho de 2024 - 10:39

Junto com a BHP Brasil e a Samarco, as mineradoras se propuseram a pagar R$ 140 bilhões pela tragédia na barragem

MAIS UMA FATIA

Do papel ao pano, Suzano (SUZB3) entra no ramo têxtil e compra 15% de fabricante de fibras por cerca de R$ 1,3 bilhão

12 de junho de 2024 - 8:54

Além da aquisição, o acordo com acionistas da B&C inclui o direito da Suzano a duas cadeiras no conselho de administração da Lenzing

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Diversidade de gênero: presidente da ABVCAP anuncia iniciativa para impulsionar mulheres em carreiras de investimentos

11 de junho de 2024 - 19:45

Em entrevista ao Seu Dinheiro, Priscila Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital contou detalhes do projeto de incentivo a mulheres

CONFIRA OS CENÁRIOS

Rede D’Or (RDOR3) quer recomprar até R$ 1 bilhão em ações e deve usar reserva de lucros para isso; como ficam os acionistas?

11 de junho de 2024 - 18:38

A empresa poderá adquirir até 30 milhões de ações ordinárias, soma que corresponde a 10% do total em circulação no pregão de ontem

APÓS FUSÃO FRUSTRADA

Santander corta o preço-alvo da PetroReconcavo (RECV3), mas mantém recomendação de compra e ações saltam 4% na bolsa

11 de junho de 2024 - 15:25

Para o segundo semestre, a expectativa é de que a PetroReconcavo pise no acelerador, para uma média de 27 mil boed até o fim de 2024 e de 31 mil boed em 2025

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar