🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Recuperação judicial

Americanas (AMER3) divulga resultado parcial das escolhas de pagamento feitas pelos credores; veja quanto deve receber cada grupo

No seu plano de recuperação judicial, a Americanas estabeleceu que seus credores deveriam optar como receber seus créditos devidos

Fachada de loja da Americanas (AMER3)
Fachada de loja da Americanas (AMER3). - Imagem: Divulgação

Em mais um passo do seu processo de recuperação judicial, a Americanas (AMER3) divulgou, na noite desta terça-feira (16), o resultado parcial dos valores que deve destinar a cada escolha de pagamento oferecida aos credores no seu plano de RJ, conforme as opções recebidas até o momento.

A varejista alerta que os valores ainda podem sofrer alterações em razão do resultado das impugnações de crédito e dos questionamentos formulados pelo credores envolvendo a eleição das opções de pagamento, bem como de alterações na Relação Credores Pagamento, a qual pode ser modificada de tempos em tempos, nos termos do plano de recuperação judicial.

"A presente lista foi elaborada a partir de requerimentos dos credores e apresenta valores estimados, com base nas informações disponibilizadas à Companhia até a presente data e não deve ser interpretada como orientação para a tomada de decisão pelos credores", diz a Americanas em fato relevante arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Sendo assim, até agora, os valores destinados às escolhas feitas pelos credores ficaram assim:

Opção de pagamentoValores atualizados
Credores com créditos quirografários até R$ 12 milR$ 20,3 milhões
Credores com créditos quirografários acima de R$ 12 milR$ 19,7 milhões
Opção de Reestruturação IR$ 241,2 milhões
Opção de Reestruturação IIR$ 34,,2 bilhões
Credores financeiros litigantes com valores retidos ou compensadosR$ 1,76 bilhão
Credores fornecedores com créditos quirografários acima de R$ 12 milR$ 728,4 milhões
Credores fornecedores colaboradoresR$ 3,97 bilhões
Credores fornecedores de tecnologiaR$ 331,9 milhões
Modalidade de pagamento geralR$ 857,1 milhões
TotalR$ 42,127 bilhões
Fonte: Fato Relevante da Americanas em 16/04/2024.

Ainda segundo o fato relevante, a lista levou em consideração a Taxa de Câmbio Conversão, prevista no plano de RJ e "aplicável a todo e qualquer evento previsto" no plano.

As opções aos credores previstas no plano de RJ da Americanas

A Americanas teve seu plano de recuperação judicial aprovado em dezembro do ano passado e, na ocasião, havia apresentado um esquema de pagamento aos seus credores, que deveriam optar de que forma desejariam receber, conforme o caso:

O plano prevê ainda uma injeção de capital bilionária na companhia, a princípio no valor de R$ 24 bilhões, sendo metade deste valor garantido pelos acionistas de referência, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira.

O R$ 12 bilhões restantes ficarão a cargo dos bancos credores que se comprometeram a converter os créditos contra a varejista em ações.

A emissão das ações para possibilitar a capitalização resultará numa diluição brutal dos acionistas minoritários, da ordem de 95%.

Compartilhe

AVAL DOS MUNICÍPIOS

Sinal verde para privatização: Municípios de SP aprovam “último passo” para desestatizar a Sabesp (SBSP3)

20 de maio de 2024 - 18:47

No passo final do processo de desestatização, centenas de prefeitos de São Paulo assinaram um contrato unificado com a companhia de saneamento

DE OLHO NAS REDES

Interferência na Petrobras ainda vai longe? Os planos de Lula para a empresa não agradam nem um pouco o mercado — e agora? 

20 de maio de 2024 - 18:11

Os ruídos dentro na Petrobras (PETR4) não são de agora e a principal preocupação do investidor de PETR4 é a influência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na estatal.  Enquanto o governo quer que a estatal faça cada vez mais investimentos, o mercado enxerga que isso pode ser um perigo, dado o risco de […]

ENTENDA O IMBRÓGLIO

Vibra (VBBR3) compra seu edifício-sede no Rio, mas transação causa impasse para investidores de CRI e fundos imobiliários

20 de maio de 2024 - 17:02

Não se trata de um calote como os vistos no mercado de CRI no ano passado, mas sim de uma situação muito mais complexa do ponto de vista jurídico

MAIOR CAUTELA

Fusão entre Petz (PETZ3) e Cobasi anima analistas — mas esse bancão ainda vê potencial de alta limitado para ações

20 de maio de 2024 - 16:02

Bank of America elevou o preço-alvo dos papéis da Petz nesta segunda-feira (20), mas manteve recomendação neutra; entenda

DE OLHO NO AGRO

Como ficam as ações das empresas do agronegócio na B3 que atuam no RS após a tragédia climática no Estado?

20 de maio de 2024 - 6:22

Para analistas, empresas como Camil (CAML3) e 3tentos (TTEN3) podem compensar eventuais perdas com a alta dos preços em razão da restrição da oferta

UNIÃO DA MODA

Fusão da moda: Arezzo (ARZZ3) e Grupo Soma (SOMA3) acertam termos e condições para incorporação que criará gigante do varejo

19 de maio de 2024 - 9:03

De acordo com as informações mais recentes dos respectivos balanços, as empresas, juntas, faturam algo em torno de R$ 12,765 bilhões

CRISE NA ESTATAL

Justiça nega pedido por assembleia na Petrobras (PETR4) que atrasaria posse de Magda Chambriard

18 de maio de 2024 - 17:02

Em sua reclamação na Justiça, o deputado do Novo alega que, eventualmente reconhecida a queda do CA em efeito dominó após a saída de Prates

QUASE 10 ANOS DEPOIS

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta de R$ 127 bilhões para compensar tragédia em Mariana, mas acordo não deve evoluir agora

18 de maio de 2024 - 14:44

Valor de R$ 127 bilhões oferecido na última proposta, do final de abril, foi mantido, mas as empresas retomariam agora obrigações que tinham ficado de fora

SUBIU, DESCEU

Volta da febre das “meme stocks”: GameStop cai quase 20% em um único pregão, mas fecha semana com ganhos de 23%

18 de maio de 2024 - 13:26

Também pressionaram os papéis da mais famosa “ação meme” a divulgação de dados trimestrais preliminares da empresa

Dá o play!

Óleo no chope da bolsa: como ficam seus investimentos após mais uma intervenção na Petrobras (PETR4)

18 de maio de 2024 - 11:00

O podcast Touros e Ursos recebeu Karina Choi, sócia da Cordier Investimentos, para comentar os possíveis impactos da decisão do presidente Lula de demitir Jean Paul Prates da presidência da estatal

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar