🔴 É HOJE! COMO BUSCAR ATÉ R$ 2 MIL DE RENDA EXTRA TODO OS DIAS – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
APOSTAS DOS ANALISTAS

A temporada de balanços do 1T24 já vai começar — e aqui estão as 6 ações para ficar de olho, segundo o Itaú BBA

Para os analistas, após revisões para cima de estimativas para os balanços do primeiro trimestre, essas são as seis ações que merecem ficar no seu radar

Camille Lima
Camille Lima
9 de abril de 2024
13:04 - atualizado às 11:11
ações empresas ibovespa bolsa brasileira
Imagem: Depositphotos/Montagem: Julia Shikota

As temporadas de balanços corporativos costumam trazer consigo verdadeiras avalanches, tanto de dados quanto de sentimentos. Afinal, com mais de 400 empresas listadas na B3, é fundamental que o investidor saiba separar o joio do trigo — e, com mais uma safra de resultados prestes a começar, o Itaú BBA revelou quais são as seis ações para acompanhar de perto durante essa maré.

Para os analistas, a temporada de balanços do primeiro trimestre de 2024 (1T24) deve trazer resultados mistos. Em uma nota de zero a dez, o sentimento “daria para passar de ano”, com uma média de 7,7, de acordo com o banco.

Segundo o Itaú BBA, a dinâmica dos lucros foi desafiadora para as ações brasileiras em 2023, com contrações no setor de commodities e revisões para baixo dos lucros no setor de consumo.

“Olhando para 2024, prevemos que o crescimento dos lucros do índice consolidado será impulsionado por empresas financeiras e nacionais, enquanto as matérias-primas poderão ficar para trás”, escreveram os analistas, em relatório.

O que esperar da temporada de balanços do 1T24

Na avaliação do Itaú BBA, a perspectiva para o lucro líquido das companhias brasileiras listadas no Ibovespa é positiva, com estimativa de alta de 15% em 2024 no comparativo anual.

Porém, para os analistas, apenas 81% das empresas que integram o principal índice de ações da B3 devem ver os ganhos crescerem neste ano. 

A expectativa é que o crescimento dos lucros seja impulsionado pelos setores financeiro e doméstico, enquanto as commodities devem pressionar o resultado.

Na visão do Itaú BBA, se retirarmos as ações da Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) da conta, as estimativas de consenso sugerem um crescimento de 3% no lucro do Ibovespa no primeiro trimestre. Para o ano, a perspectiva é de expansão de 27% na mesma base. 

“Olhando para o futuro, existe potencial para melhoria dos lucros numa base consolidada, tanto numa perspetiva descendente (à medida que as taxas de juro atingem o território de um dígito) como numa perspetiva ascendente (com base numa remuneração baixa)”, escreveram os analistas.

Já para a alavancagem financeira, a projeção é de estabilidade, com um múltiplo de 1,5 vez a relação dívida líquida sobre Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização.

As seis ações do Ibovespa para ficar de olho no 1T24

Para o Itaú BBA, das 86 companhias que compõem o Ibovespa atualmente, seis ações merecem uma atenção especial no primeiro trimestre de 2024 após conquistarem uma visão mais otimista dos analistas.

“Utilizamos dados de curto prazo para analisar se as empresas aceleraram seu crescimento com base em seus números de últimos 12 meses na temporada de lucros passada (4T23), na próxima (1T24) e no ano inteiro de 2024. O equilíbrio é importante.”

Segundo os analistas, duas gigantes do setor de utilities — que inclui os segmentos de energia elétrica e saneamento — devem chamar atenção durante essa temporada de balanços devido às perspectivas de patamares elevados de Ebitda em 2024. São elas a Sabesp (SBSP3) e a Equatorial (EQTL3). 

Já de olho no setor de papel e celulose, a Suzano (SUZB3) puxa a visão mais otimista dos analistas do banco — especialmente após perspectivas de menor custo de caixa e uma revisão para cima das projeções de lucro líquido para 2024.

Por sua vez, do lado dos transportes, a Santos Brasil (STBP3) apresentou revisões sólidas em todos os indicadores previstos pelos analistas, com as maiores revisões no lucro líquido de 2024 entre as empresas da cobertura do banco. 

A Rumo (RAIL3), de logística, e a Direcional (DIRR3), do setor de construção, também apresentaram revisões positivas para o lucro líquido de 2024, considerando as janelas de comparação de um mês e de três meses.

Compartilhe

COM A PALAVRA, Magda Chambriard

Nova CEO diz que Petrobras (PETR4) pode pagar dividendos, mas com uma condição; veja qual

27 de maio de 2024 - 19:31

Vale relembrar que Magda assumiu o cargo na última sexta-feira, indicada pelo governo para substituir Jean Paul Prates

CHAMADA PÚBLICA

Com foco em transição energética, Vale (VALE3) e BNDES querem selecionar fundo de investimento; confira detalhes do edital

27 de maio de 2024 - 16:20

O edital busca estimular atividades de pesquisa e exploração mineral no Brasil e a definição do fundo gestor deverá ocorrer até outubro de 2024

NO ENCALÇO DOS RIVAIS

Elon Musk quer ganhar posição na corrida da inteligência artificial e levanta R$ 30 bilhões para a xAI

27 de maio de 2024 - 15:35

O financiamento veio de gigantes do Vale do Silício e aproxima a empresa de Elon Musk dos concorrentes do mercado de Inteligência Artificial

FOGUETE NÃO TEM RÉ

Nubank (ROXO34) já subiu 40% em NY em 2024 — mas o roxinho continua a brilhar aos olhos do Itaú BBA. O que está por trás do otimismo?

27 de maio de 2024 - 14:26

Os analistas mantêm recomendação de compra para as ações da fintech negociadas em Nova York, com preço-alvo de US$ 13 para o fim de 2024

REESTRUTURAÇÃO

Plano financeiro da Gol (GOLL4) envolve aumento de capital de até US$ 1,5 bilhão e refinanciamento de US$ 2 bilhões para deixar a recuperação judicial

27 de maio de 2024 - 11:08

Contudo, a decisão da Gol de prosseguir com o plano exigirá a aprovação do Tribunal de Falências dos EUA

ATENÇÃO, INVESTIDOR

Dividendos: Banco do Brasil (BBAS3) anuncia R$ 1,1 bilhão em JCP — em proventos antecipados do 2T24

24 de maio de 2024 - 18:52

Para ter direito à remuneração, é necessário possuir ações do BB até o fim do pregão de 23 de junho

TRAGAM A COROA

Tchau, Itaú (ITUB4): Nubank (ROXO34) se torna o banco mais valioso da América Latina pela primeira vez em dois anos

24 de maio de 2024 - 17:24

Atualmente, o banco digital é avaliado em US$ 56,19 bilhões, equivalente a R$ 290,52 bilhões nas cotações atuais

DONA DO CHATGPT

De demissões a polêmicas em Hollywood: por que a gestão de Sam Altman à frente da OpenAI vem sendo alvo de críticas

24 de maio de 2024 - 16:24

Desde que recuperou o trono de CEO em novembro, Sam Altman viu a empresa que fundou adentrar uma nova onda de intrigas — incluindo uma controvérsia com a atriz Scarlett Johansson e acordos altamente restritivos com antigos funcionários

APERTO DE MÃOS

Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) anunciam acordo de cooperação para ‘mesclar’ malhas aéreas em meio a rumores de fusão das empresas

24 de maio de 2024 - 8:34

Entre as novas rotas compartilhadas, os clientes terão à disposição também oportunidades mais convenientes de conexão

UMA BATALHA DE GIGANTES

Mercado Livre quer se tornar maior banco digital do México — mas expansão do Nubank pode atrapalhar os planos

23 de maio de 2024 - 20:04

O banco do cartão roxo liderou a adição de usuários ativos mensais (MAU) no país, de acordo com relatório do Bank of America

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar