🔴 ALGORITMO MOSTRA COMO BUSCAR ATÉ R$ 3 MIL POR DIA – CONHEÇA

Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

Como ‘travar’ um retorno real de 7% ao ano até 2042? Confira lista de ativos que podem se beneficiar do 2º maior juro real do mundo

Juro real do Brasil chega aos 6,54% e abre oportunidade para os investidores buscarem retornos reais de 7% ao ano

Isabelle Santos
Isabelle Santos
27 de maio de 2024
10:00 - atualizado às 10:23

Mais uma vez o Brasil tem o maior juro real do mundo. De acordo com levantamento realizado pela MoneYou, após o sétimo corte consecutivo na Selic, o juro real do Brasil chegou ao patamar de 6,54%, abaixo apenas da Rússia (7,79%).

A notícia não é nada animadora, especialmente para a Bolsa brasileira, que no ano tem um desempenho negativo em 6%. Afinal, os juros altos são um obstáculo para os ativos de risco performarem bem. 

Por outro lado, a alta do juro real abre outras oportunidades para o investidor. Por exemplo, há uma classe de ativos que pode se beneficiar desse cenário e que está oferecendo retornos reais de até 7% ao ano

VEJA 4 TÍTULOS COM JURO REAL DE ATÉ 7% AO ANO

Quando o juro real alto pode ser bom 

Basicamente os juros reais são a diferença entre os juros nominais e a expectativa de inflação para os próximos 12 meses. Em outras palavras, é quanto efetivamente o investidor ganha em poder de compra.

No caso do juro real brasileiro, corresponde à diferença entre a taxa Selic e o IPCA. Quando ele está alto, significa que o país está com a Selic alta em função de expectativas de inflação mais baixas.

Nesse cenário, pode surgir algumas oportunidades para o investidor como, por exemplo, a chance de um prêmio de IPCA + 6,05% com vencimento em 2040, nas NTBs do Tesouro Direto. 

(Fonte: Tesouro Direto)

Ou seja, diante de retornos como este, não é muito vantajoso correr riscos se simplesmente você garantir um retorno real de mais de 6% ao ano, com a segurança da renda fixa. Para se dispor a isso, é preciso bater até mesmo um alto juro real.

Acontece que, nesse cenário, outros títulos de renda fixa precisam oferecer ao investidor um prêmio ainda mais atrativo. Assim, surgem algumas oportunidades numa categoria, conhecida como renda fixa ‘premium’. 

Renda fixa ‘premium’ pode entregar retornos reais de até 7% ao ano 

Essa categoria de títulos oferece aos investidores uma taxa prefixada, corrigida pela inflação. Ou seja, quem compra um título da renda fixa “premium” e fica com ele até o vencimento, tem a oportunidade de “travar” uma rentabilidade acima da inflação.

Para você ter uma ideia do potencial desses títulos no longo prazo, imagine que, na última década, você investiu em um ativo cuja remuneração era de IPCA + 5% ao ano

Levando em conta que esses ativos rendem a juros compostos, nos últimos 10 anos, esse título IPCA + 5% teria apresentado uma rentabilidade real de 62,89%

A simulação deixa claro que um juro real elevado tende a ser positivo para renda fixa. Especialmente para os títulos que têm remuneração IPCA mais uma taxa de juros

Acontece que, se os juros reais do Brasil permanecerem altos, isso significa que os títulos atrelados ao IPCA vão oferecer taxas de retorno mais atrativas. 

Veja só essa seleção feita por Lais Costa, analista de renda fixa da Empiricus Research com os 4 melhores de títulos “premium” para comprar agora

(Fonte: Empiricus Research)

Trata-se de ativos com potencial de retorno real maior que o da renda fixa “tradicional”risco menor que o da Bolsa, e na maioria dos casos isentos de imposto de renda.

Perceba que a taxa líquida, que é o quanto o investimento vai render descontada a inflação, é muito próxima e até mesmo superior ao juro real do Brasil. Quem topa um risco um pouco maior que o da renda fixa tem a oportunidade de capturar retornos de até IPCA + 7% ao ano, isentos de IR.

Mas essa oportunidade não vai ficar disponível para sempre

Como expliquei, o juro real é a diferença entre a Selic e a inflação e ambos variam ao longo do tempo. Por exemplo, a projeção do IPCA para o fim do ano é de 3,80% e da taxa básica de juros 10%. 

Ou seja, a mudança tanto na Selic quanto na inflação podem resultar em um juro real menor. Consequentemente, os títulos da renda fixa tendem a ser reajustados. 

Assim, a melhor maneira de “travar” um retorno real de 7% ao ano até 2042 é investir nesses ativos o quanto antes. 

Nesse sentido, a Empiricus Research, empresa do Grupo BTG, está disponibilizando como cortesia o acesso gratuito à carteira com os 4 títulos da renda fixa “premium”

Para acessar é muito simples, basta clicar neste link e seguir as instruções. Além disso, uma vez que você fizer esse passo a passo, poderá receber mensalmente as atualizações dessa carteira, sem nenhum custo. 

Ficou interessado? Clique no botão abaixo e cadastre-se gratuitamente para receber a carteira completa de títulos premium da renda fixa:

Compartilhe

BC NA MIRA DO GOVERNO

Lula volta a soltar farpas contra Campos Neto e cita “nervosismo especulativo” com dólar

21 de junho de 2024 - 18:29

Presidente também chamou o líder do Banco Central de “adversário político”

DINHEIRO NO BOLSO

Receita Federal abre consulta ao segundo lote da restituição do Imposto de Renda; veja como acessar

21 de junho de 2024 - 9:09

Mais de 5,75 milhões de brasileiros serão beneficiados no segundo lote da restituição do Imposto de Renda. Contribuintes do Rio Grande do Sul fazem parte da lista de prioridades

LOTERIAS

Mega-Sena acumula e Lotofácil tem 3 ganhadores, mas só se fala na Quina de São João

21 de junho de 2024 - 5:37

Ganhadores da Lotofácil estão bem espalhados pelo Brasil; prêmio da Mega-Sena vai a R$ 86 milhões; Quina de São João corre amanhã

FUTEBOL

Brasil x Argentina: qual é a seleção mais valiosa? A resposta pode surpreender; veja os dias dos jogos da seleção na Copa América

20 de junho de 2024 - 16:12

A Copa América de 2024 começa hoje nos Estados Unidos, mas a estreia do Brasil está programada apenas para a próxima segunda-feira

LOTERIAS

Ainda não jogou na Quina de São João? Corre que ainda dá tempo; veja como apostar

20 de junho de 2024 - 5:52

Enquanto a Quina de São João se aproxima, a Lotofácil continua justificando a fama de loteria menos difícil do Brasil

SEM BOLA DIVIDIDA NO BC

Campos Neto interrompe cortes na Selic: em decisão unânime, Copom mantém a taxa básica de juros em 10,5% ao ano

19 de junho de 2024 - 18:39

A decisão vem em linha com as expectativas do mercado, que já esperava a manutenção após a deterioração do cenário fiscal brasileiro e as incertezas sobre o rumo dos juros nos Estados Unidos

LOTERIAS

Enquanto a Mega-Sena acumula de novo, a Lotofácil faz o primeiro milionário da semana

19 de junho de 2024 - 5:43

Uma pessoa ganhou sozinha na Lotofácil e o prêmio da Mega-Sena está agora em R$ 60 milhões; enquanto isso, a Caixa Econômica Federal se prepara para sortear a Quina de São João

AVANÇO OU RETROCESSO?

O Banco Central vai virar empresa pública? Senado discute a autonomia financeira do BC — veja o que pensam especialistas 

18 de junho de 2024 - 19:10

Audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) foi realizada nesta terça-feira (18) com a presença de economistas e ex-presidentes do BC

E AGORA, SHEIN?

A taxação das ‘blusinhas’ vem aí: Lula dá sinal de que vai sancionar impostos sobre compras internacionais — mas não está feliz com isso

18 de junho de 2024 - 13:29

Para o petista, a decisão de taxar as compras internacionais de até US$ 50 com um imposto de 20% é “equivocada”; entenda a situação

MERCADOS HOJE

Dólar salta na abertura e vai a R$ 5,44: o ataque de Lula à Campos Neto que fez o real cair ainda mais

18 de junho de 2024 - 10:32

O presidente da República deu entrevista à Rádio CBN de Londrina e voltou a criticar o posicionamento político do chefe da autoridade monetária

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar