🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

O antes e o depois do feriado: Ibovespa busca fôlego na volta de Wall Street em meio às expectativas sobre juros e inflação no Brasil; confira essas e outras notícias do dia

Investidores também repercutem a primeira entrevista da nova presidente da Petrobras e seu potencial impacto sobre o Ibovespa

28 de maio de 2024
8:33
Miniatura de um homem encarando pilhas de moedas | bolsa dividendos
Imagem: Shutterstock

Antes do feriado prolongado nos Estados Unidos, o Ibovespa amargou seis pregões seguidos no vermelho. Ontem, com os mercados norte-americanos de ações fechados, a bolsa brasileira voltou a fechar no azul.

Tudo bem, foi um avanço de apenas 0,15% no dia de liquidez mais baixa em quase cinco anos. Mas bolsa em alta é como juro em queda e gol do seu time de coração: não existe hora errada para acontecer. A questão é sustentar.

Wall Street volta do feriado nesta terça-feira e sinaliza uma continuidade da alta observada em sessões recentes. Diante da agenda fraca por lá, a atenção dos investidores concentra-se em sinalizações sobre os juros nos Estados Unidos.

Por aqui, entretanto, os investidores já se preparam para o feriado de quinta-feira, o que deve continuar restringindo a liquidez em um momento no qual temores fiscais seguem em pauta.

Ainda assim, os investidores devem repercutir hoje a primeira entrevista coletiva concedida por Magda Chambriard na condição de presidente da Petrobras. Em Nova York, os ADRs da petroleira amanheceram em alta.

Além disso, comentários feitos ontem pelo diretor de política monetária do Banco Central (BC), Gabriel Galípolo, têm o potencial de proporcionar algum alívio antes do feriado.

Cotado para suceder Roberto Campos Neto na presidência do BC, Galípolo mostrou-se enfático no compromisso da autoridade monetária com a meta de inflação.

Por falar em inflação, os investidores aguardam o IPCA-15 de maio.

De acordo com o Broadcast, a expectativa dos analistas é de que a prévia da inflação oficial acelere de 0,21% em abril para 0,47% agora. No acumulado em 12 meses, porém, eles esperam uma leve desaceleração (de 3,77% para 3,73%).

Para ficar por dentro de como isso afeta seus investimentos, acompanhe a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

O que você precisa saber hoje

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS
Ação da Nvidia acaba de romper a marca de US$ 1.000 — e ainda pode estar barata.
 O colunista Matheus Spiess avalia que, depois de reportar resultados bem melhores do que se esperava, a ação da Nvidia ainda é negociada a múltiplos abaixo da média histórica.

COM A PALAVRA, MAGDA CHAMBRIARD
Nova CEO diz que Petrobras (PETR4) pode pagar dividendos, mas com uma condição; veja qual.
 Magda Chambriard assumiu o cargo na última sexta-feira e concedeu ontem sua primeira entrevista coletiva como presidente da petroleira.

POLÍTICA MONETÁRIA
Não há pressão grande para Fed cortar juros nos EUA, afirma Campos Neto.
 Para ele, apesar dos juros altos, as economias do mundo estão surpreendendo para cima.

OPERAÇÃO LAVA JATO
Caso Odebrecht: chefe do Ministério Público diz que vai analisar efeitos da decisão de Toffoli.
 Em cerimônia de posse, o novo procurador-geral de Justiça de São Paulo, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, afirmou que ainda é cedo para dizer se as decisões podem comprometer processos e investigações em curso.

IMPOSTO DE RENDA
Como declarar o imposto de renda 2024: tudo que você precisa saber para prestar contas ao Leão.
 Neste guia, você encontra o caminho das pedras para preencher e entregar a sua declaração de imposto de renda, mesmo que seja a sua primeira vez.

Uma ótima terça-feira para você!

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: A banalidade do bem, a zona de desinteresse e o elogio do vira-lata

18 de junho de 2024 - 20:15

Três coisas que precisam ser ditas sobre a política monetária de Lula antes do resultado da reunião do Copom.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa busca recuperação com corte dos gastos em pauta e acordo entre Petrobras (PETR4) e Receita

18 de junho de 2024 - 7:54

Ibovespa começa mais um pregão vindo do nível mais baixo de fechamento no ano; indicadores norte-americanos também estão no radar

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

O paradoxo do conservadorismo necessário: para que os juros caiam depois, é preciso mantê-los elevados agora

18 de junho de 2024 - 6:33

Manter os juros altos agora não apenas ajudaria a reancorar as expectativas de inflação, mas também permitiria uma política monetária mais flexível no futuro

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa semana de Copom perto das mínimas do ano e com bolsas internacionais sem direção clara

17 de junho de 2024 - 7:41

Investidores estão na expectativa quanto à divulgação de propostas do governo para revisar os gastos públicos na proposta de orçamento para 2025

Mande sua dúvida!

Meu imóvel foi invadido, e parece que os ocupantes obtiveram a usucapião; ainda consigo fazer a reintegração de posse?

15 de junho de 2024 - 8:00

É possível “reverter” ou “anular” um processo de usucapião? E invasor pode mesmo conseguir usucapir um imóvel?

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar