🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Mande sua pergunta!

Pior que o Seu Madruga: Minha mulher não pagou o aluguel, mas o contrato está no meu nome! E agora?

Responsabilidade de pagar o aluguel é de quem consta no contrato como locatário; na Dinheirista de hoje, veja o que fazer no caso de uma dívida como essa

17 de fevereiro de 2024
8:00 - atualizado às 19:42
Sr. Barriga cobrando o aluguel do Seu Madruga, na série Chaves
Seu Madruga devia 14 meses de aluguel, mas pelo menos foi ele mesmo quem deixou de pagar. Imagem: Reprodução Televisa

Inadimplência de aluguel não é brincadeira… a multa pode ser bem salgada, e a falta de pagamento na locação de um imóvel pode motivar até um despejo. Antes disso, é verdade, as garantias podem ser acionadas, mas se o contrato tiver fiador e ele for convocado a arcar com a dívida, certamente ele não vai ficar nada feliz com o inquilino.

Mas não há nada tão ruim que não possa piorar, então que tal uma situação em que o contrato de aluguel está no seu nome, mas o responsável pelo pagamento era outra pessoa – e esta, sim, deixou de pagar? Este é o caso tratado na coluna da Dinheirista deste sábado (17).

Se você tiver alguma dúvida sobre dinheiro e quiser vê-la respondida neste espaço, basta enviá-la por e-mail para adinheirista@seudinheiro.com. Vamos à pergunta de hoje:

Eu e minha esposa moramos de aluguel há quase um ano. Para facilitar, envio minha parte do aluguel todo mês para ela pagar. Só que eu descobri que ela estava usando o dinheiro para outra coisa há uns seis meses, e o aluguel não está sendo pago. O contrato está no meu nome e não tenho como pagar a dívida inteira de uma vez. O que pode me acontecer? E o que devo fazer?

O que era para facilitar, no seu caso, acabou se tornando uma grande dor de cabeça. O pagamento do aluguel é de responsabilidade do locatário, isto é, daquele que consta como inquilino no contrato de locação.

Você optou por terceirizar essa responsabilidade por confiar na sua esposa (nada mais natural), mas agora vocês dois poderão sofrer as consequências negativas pela omissão dela.

Como é no seu nome que está o contrato, você é o responsável primário pelo pagamento, do ponto de vista legal. Isso significa que, em caso de inadimplência, é de você que o proprietário pode exigir o pagamento.

Se os aluguéis atrasados não forem quitados, o proprietário tem o direito de começar a tomar medidas legais, o que pode incluir uma ação de despejo e a cobrança judicial da dívida.

Você não especifica quais garantias foram dadas neste contrato – se fiador, seguro-fiança, caução ou outra –, mas o locador poderá também acioná-las.

Para o advogado Armando Mesquita Neto, uma abordagem possível seria negociar diretamente com o proprietário um parcelamento dessa dívida, já que o seu problema, pelo teor da pergunta, é pagá-la de uma vez. Explique a ele que houve um problema de comunicação entre o casal, mas negocie condições de pagamento que você possa cumprir.

Seja como for, lembre-se de que , se vocês forem casados em comunhão parcial de bens, a dívida é da sua esposa também, pois dívidas contraídas por um ou ambos os cônjuges na constância da união para proveito comum do casal (no caso, a moradia) são partilhadas entre os dois.

Abri mão de tudo no divórcio e agora meu ex-marido morreu

A outra pergunta respondida nesta semana é de uma mulher que acabou abrindo mão dos bens que lhe eram de direito na partilha do divórcio, mas o ex-marido morreu pouco tempo depois. Ela quer saber agora como fica a herança:

Fui casada por anos e larguei um bom emprego em um banco para abrir um negócio com meu marido, que até foi bem-sucedido por um tempo. Mas eventualmente meu marido me traiu e me infernizou tanto durante o processo de divórcio que eu aceitei abrir mão de tudo, achando que ao menos ele pagaria uma boa pensão aos nossos filhos. Acontece que ele morreu poucos dias após o divórcio. E agora, como ficamos? Ele tinha outros filhos, de outro casamento, vamos ter que dividir tudo com eles?

A reposta para esta pergunta pode ser conferida no vídeo da Dinheirista, publicado no canal do Seu Dinheiro no YouTube nesta semana. Você pode conferi-la no tocador abaixo:

A Dinheirista, pronta para resolver suas aflições financeiras (ou te deixar mais desesperado). Envie a sua dúvida para adinheirista@seudinheiro.com.

Compartilhe

IR 2024

Pago escola e plano de saúde de um filho ilegítimo; posso abater esses gastos no imposto de renda?

6 de abril de 2024 - 8:00

Filho não assumido rende deduções no imposto de renda? A Dinheirista responde dúvidas de leitores sobre o IR 2024

Mande sua pergunta!

Abri mão de tudo no divórcio, e meu ex morreu pouco tempo depois; eu e meus filhos vamos ficar sem nada?

30 de março de 2024 - 8:00

Ex-marido teve filhos em outro casamento, e mulher quer saber se terá que dividir herança com eles

Mande sua pergunta!

Vale a pena investir em Tesouro IPCA+ mesmo com a Selic em queda?

23 de março de 2024 - 7:47

Leitor está interessado em título do Tesouro Direto, mas teme que, por ser um investimento de renda fixa, seja negativamente impactado pelos juros em queda

Mande sua pergunta!

Engravidei de um homem casado, mas ele não quer assumir; quais são os meus direitos e os do meu filho?

16 de março de 2024 - 8:00

Ele prometeu que ia assumir a criança e pagar pensão alimentícia, mas depois voltou atrás; o que ela pode fazer?

ESPECIAL IR 2024

Sofri um golpe e perdi minhas criptomoedas; elas ainda precisam ser informadas na declaração de imposto de renda?

9 de março de 2024 - 8:00

Vítima de fraude com criptomoedas se vê diante de um dilema: informar ou não os ativos perdidos na declaração de IR 2024?

Especial IR 2024

Imposto de Renda 2024: Sou MEI há 5 anos e nunca declarei IR, mesmo sendo obrigado; posso me dar mal?

2 de março de 2024 - 8:00

O microempreendedor individual (MEI) pode ser obrigado a declarar como pessoa física! Veja o que fazer quando se deixa de entregar a declaração

Mande sua pergunta!

Vi que posso perder minha casa para pagar dívidas de donos anteriores; e no caso de imóvel comprado em leilão, que já vem com dívidas?

24 de fevereiro de 2024 - 8:00

Quem compra imóvel em leilão também pode acabar tendo o bem penhorado para pagar dívidas não pagas atreladas a ele?

Mande sua dúvida!

Posso parar de pagar a pensão alimentícia? Não vejo minha filha há quatro anos

10 de fevereiro de 2024 - 8:00

Leitor não tem mais contato com a filha nem consta como pai em um de seus documentos. Será que isso pode desobrigá-lo a pagar pensão?

Mande sua pergunta!

Quando sair de um investimento ou trocar uma aplicação? Muito se fala sobre quando comprar e pouco sobre a hora certa de vender

3 de fevereiro de 2024 - 8:00

Como eu sei que já é hora de vender ou resgatar um ativo, pergunta leitora

DECISÃO DO STF

Separação de bens nem tão obrigatória: maiores de 70 anos poderão escolher regime de bens em casamento ou união estável, decide STF

1 de fevereiro de 2024 - 19:27

Separação obrigatória de bens para maiores de 70 anos visa a prevenir o popular “golpe do baú”, mas foi considerada discriminatória aos mais velhos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar