🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Clássico é clássico e vice-versa: o que Corinthians e Palmeiras tem a ver com a bolsa? Confira esse e outros insights do dia

Com agenda interna fraca, jogo do Corinthians e Palmeiras pode ser analisado como um pregão na bolsa; veja o que balança a rede do gol dos mercados

19 de fevereiro de 2024
8:45 - atualizado às 10:22
dinheiro com futebol

A frase “clássico é clássico e vice-versa” costuma ser atribuída ao centro-avante Jardel. Ele fez história no Grêmio e no futebol português por seus muitos gols de cabeça nos anos 1990. O ex-jogador nega a autoria da pérola. De qualquer modo, o folclore não anula a precisão da frase.

Na última sexta-feira, mencionei o clássico entre Corinthians e Palmeiras para ilustrar o autoengano de parte do mercado financeiro em relação a um futuro ciclo de alívio monetário nos Estados Unidos.

Hoje vou aproveitar a agenda fraca do dia — embora o ano efetivamente comece hoje em Brasília e na China, Wall Street não abre — para analisar o Dérbi Paulistano como se Corinthians e Palmeiras fossem empresas de capital aberto e o jogo, um pregão na bolsa.

Neste exercício, considerando as informações contábeis às quais temos acesso, Palmeiras estaria enquadrado no Novo Mercado da B3 sob o ticker PALM3. Já o Corinthians entraria na tela como SCCP4.

Ambos os papéis têm bastante liquidez e histórico de blue chip. No entanto, PALM3 e SCCP4 atravessam momentos distintos no pós-pandemia.

Enquanto o Palmeiras tem entregado um dividend yield robusto para seus acionistas nesses últimos anos, o Corinthians lida com uma alavancagem elevada depois de ter investido em ativos que deram pouco ou nenhum retorno em meio a uma administração calamitosa.

Logo no pré-mercado, alguns investidores montaram um swing trade com PALM3 na ponta comprada e shorteando SCCP4.

Iniciado o pregão, excepcionalmente realizado em Barueri, melhor negócio parecia impossível. Zé Rafael e Richard Ríos mostraram que o sistema de distribuição do Palmeiras estava bem azeitado.

A sessão estava quase na metade quando Endrick apresentou o fluxo de caixa livre e PALM3 engatou uma alta robusta. O movimento se acentuou quando Flaco López mostrou a importância de um bom posicionamento no mercado.

Naquele momento, PALM3 parecia um negócio tão seguro que a maior parte do mercado achou melhor manter a posição e trocou a tela para ler notícias aleatórias. Mais prevenidos, alguns investidores aproveitaram para embolsar os lucros.

Acontece que alguns acham que os múltiplos de PALM3 estão altos demais. Ao mesmo tempo, consideram que SCCP4 ficou barato demais para tanta receita líquida. Essa turma foi na contramão e acabou chamada de louca quando programou um swing trade comprando SCCP4 e vendendo PALM3.

O que pouca gente acreditava era que medidas aparentemente desesperadas, como as recentes trocas no C-level e também em posições gerenciais de SCCP4, pudessem surtir efeito tão rápido.

A repentina melhora da unidade de negócio Yuri Alberto compensou parte das perdas com a desativação de Cássio, mas SCCP4 ainda caía.

Eis que, momentos antes do sino de fechamento, Rodrigo Garro mostrou o Ebitda ajustado do Corinthians. Houve quem visse no resultado um empate. Na tela, porém, PALM3 terminou o pregão em queda e SCCP4 fechou em alta.

O que ainda não está claro é se foi só um acaso ou se esses movimentos sugerem alguma tendência de longo prazo.

Exercícios futebolísticos à parte, a melhor forma de não levar uma bola nas costas no clássico dos mercados é acompanhar a cobertura de mercados do Seu Dinheiro.

O que você precisa saber hoje

REPORTAGEM ESPECIAL
O que deu errado para a Lojas Renner (LREN3) na era ‘pós-Galló’? Depois de ‘tempestade perfeita’, varejista busca novos caminhos em 2024.
Em meio a aumento da concorrência, juros em alta, pandemia e erros de execução, ação da Lojas Renner (LREN3) poucas vezes esteve tão barata aos olhos do mercado.

RELEMBRE A TRAJETÓRIA DE SUCESSO
Morre Abilio Diniz, empresário que transformou o Pão de Açúcar (PCAR3) em um gigante do varejo. Diniz estava internado para tratar uma pneumonite, mas foi vitimado pela insuficiência respiratória decorrente da inflamação pulmonar.

AGENDA ECONÔMICA
Balanços do Nubank (NUBR33) e Vale (VALE3) movimentam a semana com feriado nos EUA e Japão; veja destaques dos próximos dias.
Também fica no radar a divulgação da ata da mais recente reunião do Fomc, o Copom americano, que deve trazer a visão do Federal Reserve para o futuro dos juros locais.

NOVIDADE PARA OS COTISTAS
Após trocar de nome e ticker, o fundo imobiliário GARE11 vende imóvel por R$ 280 milhões e vai reduzir dívidas.
Caso o negócio seja consumado, a gestora do antigo Guardian Logística estima que o lucro bruto será de R$ 71 milhões.

AUTOMÓVEIS
Estes carros vão te levar mais longe: conheça os 5 modelos a diesel, gasolina, híbridos e elétricos com maior autonomia do mercado.
Da Ford Ranger ao Polo, elencamos os carros com maior autonomia à venda no Brasil, perfeitos para aquela viagem e para quem detesta parar no posto para abastecer.

Uma excelente semana para você!

Compartilhe

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: ChatGPT resiste às tentações de uma linda narrativa?

17 de abril de 2024 - 20:11

Não somos perfeitos em tarefas de raciocínio lógico, mas tudo bem: inventamos a inteligência artificial justamente para cuidar desses problemas mais chatos, não é verdade?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Ataque do Irã poderia ter sido muito pior: não estamos diante da Terceira Guerra Mundial — mas saiba como você pode proteger seu dinheiro

16 de abril de 2024 - 6:17

Em outubro, após o ataque do Hamas, apontei para um “Kit Geopolítico” para auxiliar investidores a navegar por esse ambiente incerto

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Cinco coisas que deveriam acabar no mercado financeiro

15 de abril de 2024 - 20:01

O sócio-fundador da Empiricus lista práticas do universo dos investimentos que gostaria de ver eliminadas

DE REPENTE NO MERCADO

O que Elon Musk, Javier Milei, Alexandre de Moraes, o halving do bitcoin e a China têm em comum? 

14 de abril de 2024 - 12:00

Acredite: tudo isso movimentou o mercado financeiro esta semana; veja os destaques

Especial IR 2024

Meu dependente paga pensão alimentícia; posso abatê-la no imposto de renda?

13 de abril de 2024 - 8:00

Titular da declaração de imposto de renda declara o pai como dependente, e ele paga pensão alimentícia à mãe dela. E agora?

SEXTOU COM O RUY

Enquanto você se preocupa com a Oi (OIBR3), esta empresa da B3 virou a campeã de qualidade no serviço de internet – e ainda está barata na bolsa

12 de abril de 2024 - 6:07

Para se diferenciar, essa companhia construiu uma infraestrutura de qualidade, que tem proporcionado prêmios de internet fixa mais rápida do Estado de São Paulo, à frente das gigantes de telecom

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Quintal da China, quintal do mundo

10 de abril de 2024 - 19:15

Se a economia chinesa sofre, nós necessariamente compartilhamos dessa desgraça?

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Juro real de volta aos 6%: com bolsa na pior e dólar nas alturas, essa é uma nova oportunidade?

9 de abril de 2024 - 6:40

Uma regra prática comum para investimentos em renda fixa no Brasil sugere vender títulos quando os juros reais atingem 3% e comprá-los a 6%

EXILE ON WALL STREET

Além do bitcoin (BTC): esta carteira já rendeu 447% acima da maior criptomoeda do mercado

8 de abril de 2024 - 20:01

Acredito que exista uma forma melhor de pensar sobre a ciclicidade do preço do bitcoin (BTC), que historicamente nos ajudou a gerar alfa neste mercado

BOMBOU NO SD

Argentina entra na rota de ‘paraíso fiscal’, China encara mesma crise do Japão e inteligência artificial “sugando” o Ibovespa — veja tudo o que foi destaque na semana

6 de abril de 2024 - 13:36

A crise e os seus reflexos no país vizinho no Brasil despertaram o interesse dos leitores do Seu Dinheiro nos últimos dias

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar