🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
DESTAQUES DA BOLSA

Preços do petróleo sobem na expectativa da reunião da Opep+; Petrobras (PETR4) aproveita “empurrão” e avança na B3 

Com a valorização do petróleo no mercado internacional, as ações da Petrobras limitam as perdas do Ibovespa

Amostra de petróleo da Petrobras (PETR3; PETR4)
Amostra de petróleo da Petrobras (PETR3; PETR4) - Imagem: Agência Petrobras

A recente escalada de tensões na região do sul da Faixa de Gaza aumentou a temperatura das preocupações sobre a relação de oferta e demanda do petróleo — o que vem acontecendo há meses. 

Mas o conflito no Oriente Médio é apenas mais um motivo para a valorização da commodity nesta terça-feira (28). A iminência da próxima reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+) também divide as atenções dos investidores. 

Os preços do petróleo subiram mais de US$ 1 (equivalente a R$ 5,15 no câmbio atual) hoje.  

Os contratos mais líquidos do petróleo Brent, com vencimento em agosto, fecharam com alta de 1,28%, a US$ 83,94 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE) em Londres. 

Já os contratos West Texas Intermediate (WTI) com vencimento em julho, avançavam 2,71%, a US$ 79,83 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), nos Estados Unidos. 

A reunião da Opep+ acontece no próximo domingo (2). A expectativa é de que seja mantida a restrição da oferta da commodity. “Esperamos que a Opep+ estenda o corte atual por pelo menos mais três meses em sua próxima reunião”, disseram analistas do UBS em nota. 

Os cortes voluntários na produção de 2,2 milhões de barris por dia deve seguir em vigor. 

Reação na bolsa: Petrobras (PETR4) sobe na B3 

Com a valorização do petróleo no mercado internacional, as ações da Petrobras (PETR4;PETR3) ganham fôlego na B3 e limitam as perdas do principal índice da bolsa brasileira. Na máxima do dia, os papéis chegaram a subir mais de 3%. Confira a cobertura de mercados.

Vale ressaltar que os papéis da companhia possuem um peso de quase 15% no Ibovespa. Ou seja, qualquer variação das ações tende a afetar o desempenho do índice. 

Confira o desempenho de PETR3 e PETR4: 

CÓDIGONOMEULTVAR
PETR4Petrobras PNR$ 37,86+2,30%
PETR3Petrobras ONR$ 39,27+1,47%
Fonte: B3; Cotação às 15h48 (horário de Brasília)

Além do desempenho do petróleo, as ações da estatal também reagem à primeira coletiva de imprensa de Magda Chambriard, que assumiu a presidência da Petrobras (PETR4) na última sexta-feira (24), após a demissão de Jean Paul Prates da cadeira de CEO

Ontem (27), Chambriard afirmou que não deve modificar a atual política de preços de combustíveis da estatal, que observa a realidade do mercado, como as cotações internacionais, mas sem considerar custos ligados à importação — que não incidem sobre a operação da companhia.

"A Petrobras sempre funcionou acompanhando uma tendência de preços internacionais, ora mais alta, ora mais baixa. O que é altamente indesejável? Trazer para a sociedade brasileira instabilidade de preços todos os dias. A Petrobras sempre zelou pela estabilidade", disse a nova CEO da Petrobras.

Ela disse ainda que não há como gerir a companhia "sem respeitar a lógica empresarial", ao ser questionada sobre o pagamento de dividendos aos acionistas e o temor de investidores privados de verem o percentual de proventos relativos ao fluxo de caixa livre cair.

"Vamos respeitar a lógica empresarial. Não há como gerir a Petrobras sem respeitar a lógica empresarial", disse. "Se tem lucro, tem dividendos. Nós queremos ter lucro e queremos ter dividendos."

As demais companhias do setor de petróleo operam em queda na B3. Confira o desempenho: 

CÓDIGONOMEULTVAR
RECV3PetroReconcavo ONR$ 19,97-0,05%
RRRP33R Petroleum ONR$ 27,73-0,25%
PRIO3PRIO ONR$ 43,20-1,08%
Fonte: B3; Cotação às 15h48 (horário de Brasília)

*Com informações de Estadão Conteúdo e Reuters

Compartilhe

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) desabaram 13% e lideraram as perdas do Ibovespa na semana — enquanto Usiminas (USIM5) subiu 5%?

20 de julho de 2024 - 9:22

As ações do Pão de Açúcar atraíram os holofotes dos investidores na semana após uma sangria na bolsa brasileira. Veja o que está por trás da queda dos papéis

PERSPECTIVAS PARA OS PROVENTOS

Com R$ 2 bilhões entrando no caixa, a Eletrobras (ELET3) vai distribuir mais dividendos? Veja o que diz o Goldman Sachs

19 de julho de 2024 - 19:46

O banco acredita que a oferta irá aumentar a liquidez da companhia e potencialmente abrir espaço para proventos mais elevados no futuro

RANKING DA QUANTUM

Os reis das ‘penny stocks’: Americanas (AMER3), Oi (OIBR3) e outras ações com a maior sequência de pregões no patamar de centavos

19 de julho de 2024 - 16:41

Um estudo da Quantum mostra que companhias que enfrentaram processos de recuperação judicial dominam o ranking de penny stocks

GESTÃO EXPLICA

Fundo imobiliário com mais de 150 mil cotistas anuncia os menores dividendos em mais de dois anos; por que os proventos do ALZR11 estão em queda?

19 de julho de 2024 - 13:07

O histórico de distribuições de 2024 mostra que os valores depositados pelo FII recuaram cerca de 11,2% desde janeiro

REAÇÃO DAS BOLSAS

Apagão cibernético: ação da CrowdStrike, empresa que causou a pane nos sistemas da Microsoft e derrubou serviços no mundo todo, despenca em NY

19 de julho de 2024 - 12:08

Vale relembrar que, mais cedo, uma atualização nos sistemas da CrowdStrike causou uma pane generalizada nos sistemas da Microsoft

MERCADO FINANCEIRO

Renda fixa brilha no 1º semestre e impulsiona captação de fundos. Veja as 10 gestoras que mais levantaram dinheiro no período

18 de julho de 2024 - 18:38

No “Top 10” das empresas que mais levantaram dinheiro no período, a cifra chega a R$ 202,2 bilhões, de acordo com a Quantum Finance

DISPARADA DO CÂMBIO

Dólar bate os R$ 5,58 e fecha no maior patamar em duas semanas; confira o gatilho da alta de quase 2%

18 de julho de 2024 - 17:47

Mais cedo, o ministro da Fazenda disse ter recebido o sinal verde de Lula para avançar em estudos de corte no Orçamento, mas falas da ministra do Planejamento impulsionaram a moeda

OFERTA NA BOLSA

Fundo imobiliário VGIR11 anuncia emissão de até R$ 500 milhões e vai oferecer um ‘desconto’ nas cotas; confira os detalhes

18 de julho de 2024 - 14:59

O preço de emissão pago por quem decidir participar da operação, que é voltada a investidores no geral, será de R$ 9,85 por cada nova cota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar