🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
BOLETIM DA CVM

Mesmo com calotes, indústria de Fiagros dobra e alcança R$ 38 bilhões em patrimônio

A maior parte desses recursos, ou cerca de R$ 17,2 bilhões, está aplicada nos fundos agro voltados ao mercado imobiliário

Larissa Vitória
Larissa Vitória
1 de abril de 2024
17:29 - atualizado às 17:08
Montagem de foto com imagem do Rei do Gado em frente à plantação de soja | Fiagros
Nem Rei do Gado ou Rei da Soja: o pequeno investidor agora pode lucrar com o agro - Imagem: Seu Dinheiro

Assim como os "primos" FIIs, os Fiagros, ou fundos de investimento nas cadeias produtivas agroindustriais, não escaparam da onda de inadimplência que assolou o mercado no ano passado. Ainda assim, o patrimônio líquido da categoria mais que dobrou no último trimestre de 2023.

De acordo com o Boletim CVM Agronegócio, divulgado nesta segunda-feira (1) pela Comissão de Valores Mobiliários, a alta foi de 103%. O indicador saiu de R$ 18,7 bilhões em setembro para R$ 38 bilhões no último mês do ano passado.

A maior parte desses recursos, ou cerca de R$ 17,2 bilhões, está aplicada nos fundos agro voltados ao mercado imobiliário. Também conhecidos como Fiagro-FII, esses ativos representam 45% da indústria.

Mas outra categoria, a de fundos de investimento em participações, ou Fiagro-FIP, foi a que apresentou o maior crescimento. O PL da classe saltou de R$ 100 milhões para R$ 16,8 bilhões em um ano.

A disparada de mais de 160 vezes tem uma explicação: sete FIPs já existente e com um PL de cerca de R$ 17 bilhões optaram por migrar de classe e tornaram-se Fiagros.

Fiagro-FII são maioria e 12 deles reúnem mais de 15 mil cotistas

Além do patrimônio líquido, também houve um crescimento de 106% no número de fundos de investimento nas cadeias produtivas agroindustriais, que se aproxima de uma dezena.

A CVM contabilizou 97 representantes da classe no final do ano passado, contra 47 em dezembro de 2022. Novamente, os Fiagros-FII são maioria e equivalem a 50% do total de fundos. A categoria também é responsável pelos 12 únicos fundos a registrarem bases com mais de 15 mil cotistas.

Fonte: CVM

Já a menor porcentagem fica com os Fiagros do tipo FIDC, que investem em direitos creditórios ligados à atividade rural. A classe contava com 13 fundos em dezembro de 2023, ou cerca de 13% do total, enquanto os Fiagros-FIP representavam 37%.

Compartilhe

INVESTIMENTOS

À procura de dividendos? Itaú Asset lança ETF que distribui renda para investidores 

20 de maio de 2024 - 15:14

Sob o código DIVD11, o fundo do Itaú começa a ser negociado em 11 de junho e com referência ao Índice de Dividendos da B3, o IDIV

QUEM CONTROLA O CONTROLADOR

Em vitória dos minoritários, Braskem (BRKM5) sobe forte na B3 após Novonor ser condenada a pagar indenização bilionária à companhia

20 de maio de 2024 - 11:23

Controladora da Braskem, Novonor foi condenada a indenizar a petroquímica em cerca de R$ 5,5 bilhões em processo aberto por acionistas minoritários

REVISÃO

Santander reduz projeção do Ibovespa para 145 mil pontos e muda carteira para enfrentar turbulência; veja as ações favoritas dos analistas

20 de maio de 2024 - 10:59

Mesmo com a redução da projeção em 15 mil pontos, o banco espera crescimento do Ibovespa em 13% neste ano e um retorno de 15% de lucro por ação

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: noticiário esfria após semana de dança das cadeiras na Petrobras (PETR4); encontro do CMN é destaque no Brasil

20 de maio de 2024 - 8:15

Lá fora, os investidores acompanham vários discursos de integrantes do Federal Reserve para buscar um direcionamento do futuro dos juros no país

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa opera em tom negativo com Vale (VALE3) e perda de força de NY; dólar sobe

20 de maio de 2024 - 7:09

RESUMO DO DIA: O Ibovespa entra na penúltima semana de maio com os desdobramentos dos acontecimentos da semana anterior, entre eles da Petrobras (PETR4). O nome de Magda Chambriard como nova CEO da estatal deve ser oficializado até a próxima sexta-feira (24), assim como a indicação de nomes para cargos da diretoria da petroleira, que […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) limita ganhos do Ibovespa; dólar cai a R$ 5,10 e recua mais de 1% na semana

17 de maio de 2024 - 17:35

RESUMO DO DIA: Como uma montanha-russa, o Ibovespa iniciou a semana em alta com a ata do Copom que aliviou, momentaneamente, o temor dos investidores. Mas Petrobras (PETR4) roubou a cena com a demissão repentina de Jean Paul Prates da presidência da estatal. Com isso, o Ibovespa termina a última sessão da semana em baixa […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa se recupera do tombo de Petrobras (PETR4) e fecha em alta; dólar cai a R$ 5,13

16 de maio de 2024 - 17:40

RESUMO DO DIA: Após um dia de tensão por conta das mudanças na Petrobras (PETR4), o Ibovespa conseguiu conter as perdas embalado pelas máximas em Wall Street. O principal índice da bolsa brasileira terminou a sessão com alta de 0,20%, aos 128.283 pontos. O dólar fechou a R$ 5,13, com baixa de 0,13% no mercado […]

TEMPOS DE GLÓRIA CHEGARAM?

Nas alturas: Dow Jones ultrapassa os 40 mil pontos pela primeira vez na história 

16 de maio de 2024 - 16:30

Quando começou a operar, Dow Jones era composto apenas por 12 ações. Hoje, o índice tem ações das 30 maiores empresas dos Estados Unidos

DESTAQUES DA BOLSA

De malas prontas: Presidente e dois membros do conselho da CVC (CVCB3) renunciam; ações caem mais de 7% na B3 

16 de maio de 2024 - 13:41

Valdecyr Maciel Gomes renunciou ao cargo depois de três anos na função; movimentação acontece uma semana após balanço do primeiro trimestre

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) rouba as atenções e Ibovespa fecha em queda em dia de NY nas máximas; dólar sobe a R$ 5,13

15 de maio de 2024 - 17:16

RESUMO DO DIA: Sinal vermelho para os mercados: a repentina demissão de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) pegou os investidores de surpresa e as atenções se voltaram para os desdobramentos da mudança no comando da companhia. Dado o peso de Petrobras no principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa terminou o pregão […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar