🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O INVESTIMENTO EM ATÉ 14,5X EM 8 DIAS? ENTENDA A PROPOSTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
FECHAMENTO DO MERCADO

Dólar supera os R$ 5,46: por que a moeda norte-americana voltou a subir e fechou no maior nível em quase dois anos

O dólar abriu o dia em queda, mas o alívio pós-decisão do Copom durou pouco e a moeda emendou o quinta pregão consecutivo de ganhos

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
20 de junho de 2024
17:34 - atualizado às 17:39
Montagem com uma cédula de dólar, à esquerda, e uma de real, à direita, simbolizando a taxa de câmbio
Imagem: Shutterstock

A quinta-feira (20) pós reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) começou parecendo que traria um fim à sequência de altas do dólar. A moeda norte-americana abriu o dia em baixa após o BC optar pela manutenção da taxa Selic em 10,50%.

O fato de a decisão de interromper o ciclo de cortes ter sido unânime trouxe alívio para as preocupações dos investidores com o compromisso do BC — especialmente dos diretores indicados pelo governo — em controlar a inflação e reancorar as expectativas

O alívio, porém, durou pouco e a tendência de queda do dólar inverteu-se no final da manhã. A virada ocorreu após falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a trajetória dos juros brasileiros.

Para Lula, a pausa no afrouxamento da política monetária é "uma pena" para o povo brasileiro. “Porque quem está perdendo com isso é o Brasil. Quanto mais a gente pagar de juros, menos dinheiro a gente tem para investir aqui dentro”, disse ele em entrevista à rádio Verdinha, em Fortaleza (CE).

A declaração voltou a trazer incertezas para o mercado e, aliada a fatores externos como a alta nos rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, os Treasurys, impulsionou o dólar.

A moeda norte-americana subiu pelo quinto pregão consecutivo, com alta de 0,37%, e fechou o dia em R$ 5,4619. A cotação representa o maior patamar para a divisa desde 22 de julho de 2022.

Como ficaram o Ibovespa e as principais bolsas internacionais?

As falas do presidente, que afirmou também que a decisão do Banco Central foi investir no mercado financeiro e nos "especuladores que ganham dinheiro com juros", também atrapalharam a performance do Ibovespa, que chegou a exibir ganhos de mais de 1% pela manhã.

O principal índice acionário da bolsa brasileira arrefeceu os ganhos ao longo do dia e subiu apenas 0,15% hoje, aos 120.445,91 pontos.

Já as bolsas de Nova York, que estavam fechadas ontem, voltaram do feriado de Juneteenth com poucos impulsos para alimentar o apetite ao risco dos norte-americanos.

O índice S&P 500 superou os 5.500 pontos pela primeira vez, mas perdeu o impulso com a realização das ações do setor de tecnologia. Veja como fecharam as principais praças de Wall Street:

  • S&P 500: -0,25%
  • Dow Jones: +0,77%
  • Nasdaq: -0,79%

*Com informações do Money Times

Compartilhe

DESTAQUES DA BOLSA

Ibovespa segue invicto em julho; confira as maiores altas e quedas da última semana na bolsa

13 de julho de 2024 - 9:30

As ações da Embraer, da B3 e da Petz lideraram as altas da semana no Ibovespa; principal índice da bolsa brasileira subiu nos 10 últimos pregões

FECHAMENTO DOS MERCADOS

Xô abraço de urso: depois do S&P 500, Dow Jones supera máximas e passa dos 40 mil pontos

12 de julho de 2024 - 17:06

A escalada começou no dia anterior, quando o Dow avançou na contramão dos outros índices, que enfrentaram uma liquidação. Nesta sexta-feira (12), o índice de 30 ações continuou subindo, apoiado nas apostas de investidores em nomes industriais.

DINHEIRO NO BOLSO

Ações da Santos Brasil (STBP3) disparam 5% na B3 com proposta de depósito bilionário para os acionistas

12 de julho de 2024 - 12:36

O conselho da companhia propôs ontem a realização de uma redução de capital com devolução em dinheiro aos investidores

DESTAQUES DO SETOR IMOBILIÁRIO

Ações de construtoras caem apesar de recordes de vendas e elogios dos analistas; confira os destaques das prévias de Cyrela, Direcional, Even e Tenda

12 de julho de 2024 - 11:39

A maior queda entre o quarteto é registrada pelos papéis da Cyrela, que reportou queda nas vendas e lançamentos do segundo trimestre

DESTAQUES DA BOLSA

Fundo imobiliário de hotéis anuncia queda de mais de 70% nos dividendos e cotas voltam a despencar 15% na B3; veja o que afetou os proventos do MGHT11

11 de julho de 2024 - 17:24

O fundo imobiliário distribuirá R$ 0,13 por cota neste mês, uma queda forte ante os R$ 0,45 por cota pago aos investidores em junho

AGENTE DO CAOS

A culpa é do dólar? O efeito borboleta que pode provocar novas intervenções do Japão no câmbio

11 de julho de 2024 - 16:43

O iene chegou a ser negociado nesta quinta-feira (11) a 158,55 em relação ao dólar — o maior salto diário da moeda japonesa desde o final de 2022

REAÇÃO ÀS PRÉVIAS

Ações da Mitre (MTRE3) saltam 6% e MRV (MRVE3) também sobe após quebrar recorde; Cury (CURY3) recua apesar de trimestre com maiores vendas da história

11 de julho de 2024 - 11:36

Os investidores repercutem as prévias operacionais do segundo trimestre divulgadas ontem pelas três companhias

MOVIMENTAÇÃO ACIONÁRIA

Even (EVEN3) poderá despejar quase 10 milhões de ações na Melnick (MELK3) no mercado após sinal verde de fundadores da incorporadora gaúcha

11 de julho de 2024 - 10:44

Os papéis em questão foram retirados do Acordo de Acionistas entre os controladores da companhia e poderão ser negociados no mercado sem nenhuma restrição

SD ENTREVISTA

BTLG11: gestor do fundo imobiliário queridinho dos analistas diz onde vê oportunidades e detalha estratégias de reciclagem e aquisições

11 de julho de 2024 - 6:07

Segundo um dos gestores do FII, Francisco Tavares Júnior, o tamanho da carteira tem ajudado em uma das principais estratégias para o fundo

FIIs HOJE

Dois fundos imobiliários com mais de 38 mil cotistas também confirmam exposição a devedora de CRIs que pediu recuperação judicial

10 de julho de 2024 - 19:01

Ourinvest JPP (OUJP11) e JPP Capital Recebíveis Imobiliários (JPPA11) enviaram comunicados ao mercado sobre o tema

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar