🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Alianza Trust (ALZR11) fecha compra de imóveis do Oba Hortifruti; veja se há impacto nos dividendos do fundo imobiliário

A operação foi realizada na modalidade de “sale & leaseback”. Ou seja, os ativos serão locados pelo próprio vendedor

Larissa Vitória
Larissa Vitória
24 de maio de 2024
11:47 - atualizado às 17:21
Miniatura de casa e moedas com uma seta apontada para cima que representa a alta das cotas ou dividendos de fundos imobiliários
As cotas de fundos imobiliários são negociadas em bolsa e podem sofrer flutuações diárias - Imagem: Tinnakorn Jorruang/iStock

CORREÇÃO: Ao contrário do que informava a primeira versão deste texto, os dividendos do fundo imobiliário Alianza Trust (ALZR11) não devem aumentar após a compra de três imóveis.

O portfólio Alianza Trust (ALZR11) vai aumentar em breve. O fundo imobiliário acertou a compra de três imóveis do Grupo Fartura de Hortifrut por R$ 151,7 milhões.

A operação foi realizada na modalidade de "sale & leaseback". Ou seja, os ativos, todos localizados no estado de São Paulo, serão locados pelo próprio vendedor, que é mais conhecido como Oba Hortifruti. Com isso, o FII garantirá contratos atípicos de no mínimo 15 anos para os empreendimentos.

Considerando as quatro locações — incluindo uma loja da rede PetCamp que fica em um dos imóveis —, o negócio renderá um aluguel mensal total de cerca de R$ 1,1 milhão para o ALZR11. A cifra equivale a um cap rate, ou taxa de capitalização, de 9,2% ao ano durante os primeiros doze meses pós-aquisição.

O valor também deve gerar um impacto de cerca de R$ 0,12 por cota ao mês nos dividendos do fundo imobiliário. Mas a gestão destaca que o rendimento substituirá o valor correspondente atualmente aplicado em fundos de liquidez. Ou seja, os proventos devem ficar estáveis.

As futuras distribuições de rendimentos dependem ainda da performance operacional do portfólio do FII, assim como a quantidade de cotas.

ALZR11 diversifica o portfólio

Além do incremento do portfólio, a transação também marcará o início de uma parceria comercial entre o Alianza Trust e o Oba Hortifruti.

O grupo é um dos principais varejistas alimentares especializados em produtos frescos e perecíveis do país, alcançando 20 milhões de clientes e R$ 2,9 bilhões de faturamento em 2023.

"Com estas aquisições, o fundo diversifica ainda mais seu portfólio de ativos investidos, tanto em
setor de atuação do locatário quanto em classe de ativo", afirma a gestão.

Atualmente a carteira do ALZR11 inclui edifícios comerciais — que são maioria —, galpões logísticos secos e refrigerados, ativos de renda urbana e data centers. Já a lista de setores de atuação dos locatários é mais extensa, confira abaixo:

  • Alimentos e bebidas
  • Especialidades químicas
  • Medicina diagnóstica
  • CRM e BPO
  • Educação
  • Gases industriais e medicinais
  • Automotivo
  • Data Center
  • Varejo
  • Comunicações

Compartilhe

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) desabaram 13% e lideraram as perdas do Ibovespa na semana — enquanto Usiminas (USIM5) subiu 5%?

20 de julho de 2024 - 9:22

As ações do Pão de Açúcar atraíram os holofotes dos investidores na semana após uma sangria na bolsa brasileira. Veja o que está por trás da queda dos papéis

PERSPECTIVAS PARA OS PROVENTOS

Com R$ 2 bilhões entrando no caixa, a Eletrobras (ELET3) vai distribuir mais dividendos? Veja o que diz o Goldman Sachs

19 de julho de 2024 - 19:46

O banco acredita que a oferta irá aumentar a liquidez da companhia e potencialmente abrir espaço para proventos mais elevados no futuro

RANKING DA QUANTUM

Os reis das ‘penny stocks’: Americanas (AMER3), Oi (OIBR3) e outras ações com a maior sequência de pregões no patamar de centavos

19 de julho de 2024 - 16:41

Um estudo da Quantum mostra que companhias que enfrentaram processos de recuperação judicial dominam o ranking de penny stocks

GESTÃO EXPLICA

Fundo imobiliário com mais de 150 mil cotistas anuncia os menores dividendos em mais de dois anos; por que os proventos do ALZR11 estão em queda?

19 de julho de 2024 - 13:07

O histórico de distribuições de 2024 mostra que os valores depositados pelo FII recuaram cerca de 11,2% desde janeiro

REAÇÃO DAS BOLSAS

Apagão cibernético: ação da CrowdStrike, empresa que causou a pane nos sistemas da Microsoft e derrubou serviços no mundo todo, despenca em NY

19 de julho de 2024 - 12:08

Vale relembrar que, mais cedo, uma atualização nos sistemas da CrowdStrike causou uma pane generalizada nos sistemas da Microsoft

MERCADO FINANCEIRO

Renda fixa brilha no 1º semestre e impulsiona captação de fundos. Veja as 10 gestoras que mais levantaram dinheiro no período

18 de julho de 2024 - 18:38

No “Top 10” das empresas que mais levantaram dinheiro no período, a cifra chega a R$ 202,2 bilhões, de acordo com a Quantum Finance

DISPARADA DO CÂMBIO

Dólar bate os R$ 5,58 e fecha no maior patamar em duas semanas; confira o gatilho da alta de quase 2%

18 de julho de 2024 - 17:47

Mais cedo, o ministro da Fazenda disse ter recebido o sinal verde de Lula para avançar em estudos de corte no Orçamento, mas falas da ministra do Planejamento impulsionaram a moeda

OFERTA NA BOLSA

Fundo imobiliário VGIR11 anuncia emissão de até R$ 500 milhões e vai oferecer um ‘desconto’ nas cotas; confira os detalhes

18 de julho de 2024 - 14:59

O preço de emissão pago por quem decidir participar da operação, que é voltada a investidores no geral, será de R$ 9,85 por cada nova cota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar