🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

Tela de cotações da as ações da bolsa Ibovespa mercados
Tela de cotações - Imagem: Envato

Depois de aparecerem entre as novidades da próxima carteira do Ibovespa, as ações da Auren (AURE3) perderam a energia e ficaram de fora da segunda prévia do índice que valerá a partir de maio. 

Desse modo, apenas uma empresa  — que já estava na primeira prévia  — deve ingressar no Ibovespa entre maio e agosto, ainda de acordo com a segunda prévia. 

Mesmo com queda de quase 36% desde o início do ano e a turbulência recente no alto escalão da companhia, a Vivara (VIVA3) manteve o brilho e se manteve como única novidade para compor a carteira do Ibovespa.   

Assim como na primeira prévia, a B3 não trouxe nenhum rebaixamento. Ou seja, todos os demais papéis que compõem a carteira mantiveram seus lugares no principal índice da bolsa. 

Vale lembrar que a B3 não leva em conta o desempenho das ações para incluir ou excluir ações na carteira do Ibovespa e em outros índices setoriais.

O que vale no cálculo das ações elegíveis são critérios como o volume de negociação, além do status da empresa — companhias em recuperação judicial ou cujo preço dos ativos é inferior a R$ 1,00 não são elegíveis, por exemplo. 

O rebalanceamento da carteira teórica acontece a cada quatro meses. Vale lembrar que a B3 ainda divulga mais uma prévia do Ibovespa em 2 de maio. Ou seja, a Auren ainda tem chances de aparecer entre as ações da próxima carteira do índice.

Vale (VALE3) mantém o reinado no Ibovespa

Apesar das mudanças entre as prévias da carteira, quando se olha para a parte de cima da tabela, pouca coisa deve mudar no Ibovespa em relação à carteira vigente. 

As ações da Vale (VALE3) seguem na liderança como as de maior peso no índice, seguidas por Petrobras, Itaú Unibanco e Banco do Brasil.

Em destaque, os papéis da BRF (BRFS3) devem perder metade da participação no Ibovespa na comparação entre a segunda prévia e a carteira do dia. Hoje, o frigorífico ocupa a 21ª posição e, se tudo se confirmar, deve cair para o 41º lugar.   

Confira a seguir o top 10 em participação na nova carteira — esse dez ativos, somados, respondem por 50% do Ibovespa: 

  1. Vale ON (VALE3): 13,031%
  2. Petrobras PN (PETR4): 8,523%
  3. Itaú Unibanco PN (ITUB4): 6,948%
  4. Petrobras ON (PETR3): 4,506%
  5. Banco do Brasil ON (BBAS3): 3,809%
  6. Eletrobras ON (ELET3): 3,574%
  7. Bradesco PN (BBDC4): 3,414%
  8. B3 ON (B3SA3): 3,0,54%
  9. Weg ON (WEGE3): 2,648%
  10. Itaúsa PN (ITSA3): 2,569% 

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Com pressão de Vale, Ibovespa começa a semana em queda; dólar sobe a R$ 5,10

20 de maio de 2024 - 17:20

RESUMO DO DIA: O principal índice da bolsa brasileira entrou na penúltima semana de maio de olho no retrovisor. Isso porque os desdobramentos da saída de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) seguiram sendo o foco dos investidores locais. O Ibovespa terminou o dia com baixa de 0,31%, aos 127.750 pontos. Já o […]

INVESTIMENTOS

À procura de dividendos? Itaú Asset lança ETF que distribui renda para investidores 

20 de maio de 2024 - 15:14

Sob o código DIVD11, o fundo do Itaú começa a ser negociado em 11 de junho e com referência ao Índice de Dividendos da B3, o IDIV

QUEM CONTROLA O CONTROLADOR

Em vitória dos minoritários, Braskem (BRKM5) sobe forte na B3 após Novonor ser condenada a pagar indenização bilionária à companhia

20 de maio de 2024 - 11:23

Controladora da Braskem, Novonor foi condenada a indenizar a petroquímica em cerca de R$ 5,5 bilhões em processo aberto por acionistas minoritários

REVISÃO

Santander reduz projeção do Ibovespa para 145 mil pontos e muda carteira para enfrentar turbulência; veja as ações favoritas dos analistas

20 de maio de 2024 - 10:59

Mesmo com a redução da projeção em 15 mil pontos, o banco espera crescimento do Ibovespa em 13% neste ano e um retorno de 15% de lucro por ação

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: noticiário esfria após semana de dança das cadeiras na Petrobras (PETR4); encontro do CMN é destaque no Brasil

20 de maio de 2024 - 8:15

Lá fora, os investidores acompanham vários discursos de integrantes do Federal Reserve para buscar um direcionamento do futuro dos juros no país

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) limita ganhos do Ibovespa; dólar cai a R$ 5,10 e recua mais de 1% na semana

17 de maio de 2024 - 17:35

RESUMO DO DIA: Como uma montanha-russa, o Ibovespa iniciou a semana em alta com a ata do Copom que aliviou, momentaneamente, o temor dos investidores. Mas Petrobras (PETR4) roubou a cena com a demissão repentina de Jean Paul Prates da presidência da estatal. Com isso, o Ibovespa termina a última sessão da semana em baixa […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa se recupera do tombo de Petrobras (PETR4) e fecha em alta; dólar cai a R$ 5,13

16 de maio de 2024 - 17:40

RESUMO DO DIA: Após um dia de tensão por conta das mudanças na Petrobras (PETR4), o Ibovespa conseguiu conter as perdas embalado pelas máximas em Wall Street. O principal índice da bolsa brasileira terminou a sessão com alta de 0,20%, aos 128.283 pontos. O dólar fechou a R$ 5,13, com baixa de 0,13% no mercado […]

TEMPOS DE GLÓRIA CHEGARAM?

Nas alturas: Dow Jones ultrapassa os 40 mil pontos pela primeira vez na história 

16 de maio de 2024 - 16:30

Quando começou a operar, Dow Jones era composto apenas por 12 ações. Hoje, o índice tem ações das 30 maiores empresas dos Estados Unidos

DESTAQUES DA BOLSA

De malas prontas: Presidente e dois membros do conselho da CVC (CVCB3) renunciam; ações caem mais de 7% na B3 

16 de maio de 2024 - 13:41

Valdecyr Maciel Gomes renunciou ao cargo depois de três anos na função; movimentação acontece uma semana após balanço do primeiro trimestre

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) rouba as atenções e Ibovespa fecha em queda em dia de NY nas máximas; dólar sobe a R$ 5,13

15 de maio de 2024 - 17:16

RESUMO DO DIA: Sinal vermelho para os mercados: a repentina demissão de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) pegou os investidores de surpresa e as atenções se voltaram para os desdobramentos da mudança no comando da companhia. Dado o peso de Petrobras no principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa terminou o pregão […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar