🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: noticiário esfria após semana de dança das cadeiras na Petrobras (PETR4); encontro do CMN é destaque no Brasil

Lá fora, os investidores acompanham vários discursos de integrantes do Federal Reserve para buscar um direcionamento do futuro dos juros no país

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
20 de maio de 2024
8:15 - atualizado às 7:28
petrobras petr4 dividendos
Imagem: (Imagem: Canva/Divulgação // Montagem: Bruna Martins)

A semana que passou foi um verdadeiro sufoco atrás do outro. O principal evento que movimentou os últimos dias foi a saída turbulenta do presidente da Petrobras (PETR4), Jean Paul Prates, fazendo a estatal brasileira perder cerca de R$ 34 bilhões em valor de mercado em um único dia. 

Depois de sucessivos dias de perdas, o Ibovespa encerrou a semana praticamente no zero a zero. Quem impediu uma queda maior foi o exterior: o Dow Jones renovou as máximas históricas após a inflação dos Estados Unidos vir menor do que o esperado. 

O CPI, como é chamado o índice de preços ao consumidor, menor dá espaço para que o Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos) realize os tão esperados cortes nos juros norte-americanos — o que tende a impulsionar os ativos de risco. 

E, depois de uma semana intensa, vem a calmaria. A temporada de balanços perde força, a agenda de indicadores é relativamente mais esvaziada. 

Em outras palavras, há espaço para correções tanto aqui — com os investidores indo à caça de barganhas nas bolsas — quanto no exterior — em um movimento de realização de lucros. 

Confira a agenda dos próximos dias:

  • A Empiricus Research está liberando um de seus relatórios mais recentes para VOCÊ. O material é assinado pelo CEO da casa e está disponível para todos os interessados. Receba em seu e-mail, clicando AQUI.

Cenário doméstico: reunião do CMN e Receita em foco

No Brasil, o destaque fica para a divulgação do Boletim Focus na segunda-feira (20), que traz as projeções do mercado para os principais indicadores econômicos, essenciais para entender as expectativas e ajustar estratégias de investimento.

É só na quinta-feira (23) que está marcada a reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) no Brasil. Depois que o Ministério da Fazenda atualizou as projeções de inflação para este ano, o encontro do CMN tem potencial de mexer com o mercado. 

Além disso, na terça-feira, serão publicados os dados da Receita Tributária Federal, oferecendo um panorama atualizado sobre a situação fiscal do país, enquanto o Fluxo Cambial Estrangeiro será observado para avaliar o movimento de capitais internacionais.

Cenário externo: membros do Federal Reserve em foco

Já lá fora, os investidores acompanham vários discursos de integrantes do Federal Reserve — mais especificamente, os membros do Fomc, o Copom dos EUA, devem ficar sob os holofotes. 

A semana já começa, inclusive, digerindo o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell

Esses discursos são cruciais para captar sinais sobre a direção futura da política monetária americana, particularmente em um momento em que o mercado busca pistas sobre possíveis ajustes na taxa de juros.

Na Europa, o foco estará nos índices de gerentes de compras (PMIs, na sigla em inglês) da Alemanha e da Zona do Euro, que serão divulgados na quinta-feira.

Estes índices são indicadores essenciais da saúde econômica, refletindo o nível de atividade industrial e de serviços.

Além dos PMIs, o encontro do Eurogrupo acontecerá na terça-feira e na quinta-feira, momentos em que líderes financeiros discutem questões econômicas que impactam o bloco, podendo influenciar diretamente o mercado financeiro e a economia da região.

Veja a agenda dos próximos dias. Todos os horários são de Brasília: 

Segunda-feira (20)

HoraMoedaEvento
(Domingo) 16h30Estados UnidosDiscurso de Jerome Powell, Presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA)
(Domingo) 22h15ChinaTaxa preferencial de empréstimo do Banco do Povo da China (PBoC, em inglês)
03h00AlemanhaÍndice de preços ao produtor de abril
07h00ChinaInvestimento estrangeiro direto
08h25BrasilBoletim Focus semanal
09h45Estados UnidosDiscurso de Raphael Bostic, membro do Fomc, o Copom dos EUA
10h00Estados UnidosDiscurso de Michael S. Barr, vice-presidente de Supervisão do Federal Reserve
10h00Estados UnidosDiscurso de Christopher Waller, membro do Federal Reserve
11h30Estados UnidosDiscurso de Philip N. Jefferson, governador do Fed
20h00Estados UnidosDiscurso de Raphael Bostic, membro do Fomc, o Copom dos EUA
Fonte: Investing.com

Terça-feira (21)

HoraMoedaEvento
05h00Estados UnidosDiscurso de Janet Yellen, secretaria do Tesouro
05h00Zona do EuroDiscurso de Christine Lagarde, Presidente do Banco Central Europeu
05h20Estados UnidosDiscurso de Randall S. Kroszner, Governador do Fed
06h00Zona do EuroBalança comercial de março
06h30Zona do EuroLeilão Alemão Bobl a 5 anos
07h00Zona do EuroEncontro do Eurogrupo
10h00Estados UnidosDiscurso de Christopher Waller, membro do Federal Reserve
10h00Estados UnidosDiscurso de Tom Barkin, membro do Fomc, o Copom dos EUA
10h05Estados UnidosDiscurso de John Williams, membro do Fomc, o Copom dos EUA
10h10Estados UnidosDiscurso de Raphael Bostic, membro do Fomc, o Copom dos EUA
12h45Estados UnidosDiscurso de Michael S. Barr, vice-presidente de Supervisão do Federal Reserve
14h00Reino UnidoPronunciamento de Andrew Bailey, presidente do Banco da Inglaterra (BoE)
16h00ArgentinaBalança comercial de abril
20h00Estados UnidosDiscurso de Collins, do Fed
20h00Estados UnidosDiscurso de Raphael Bostic, membro do Fomc, o Copom dos EUA
20h00Estados UnidosDiscurso de Loretta Mester, membro do Fomc, o Copom dos EUA
Fonte: Investing.com

Quarta-feira (22)

HoraMoedaEvento
03h00Reino UnidoÍndice de preços ao consumidor (CPI, em inglês) em abril
03h00Reino UnidoÍndice de preços ao produtor (PPI, em inglês) em abril
04h00Zona do EuroReunião de política não monetária do Banco Central Europeu (BCE)
11h30Estados UnidosEstoques de petróleo bruto
14h30BrasilFluxo cambial estrangeiro
15h00Estados UnidosAta da mais recente reunião do Fomc, o Copom dos EUA
16h00ArgentinaÍndice de atividade econômica em março
Fonte: Investing.com

Quinta-feira (23)

HoraMoedaEvento
04h30AlemanhaPMI composto, industrial e de serviços em maio
04h30Zona do EuroPMI composto, industrial e de serviços em maio
05h30Reino UnidoPMI composto, industrial e de serviços em maio
07h00Zona do EuroEncontro do Eurogrupo
09h00BrasilReunião do Conselho Monetário Nacional (CMN)
09h30Estados UnidosPedidos por auxílio-desemprego
10h45Estados UnidosPMI composto, industrial e de serviços em maio
16h00Estados UnidosDiscurso de Raphael Bostic, membro do Fomc, o Copom dos EUA
16h00ArgentinaVendas no varejo em março
Fonte: Investing.com

Sexta-feira (24)

HoraMoedaEvento
03h00Reino UnidoVendas no varejo em abril
03h00AlemanhaPIB do primeiro trimestre
07h00Zona do EuroEncontro do Eurogrupo
08h30BrasilEstatísticas fiscais e Investimentos estrangeiros direto no país
10h35Estados UnidosDiscurso de Waller, membro do Fed
11h00Estados UnidosConfiança do consumidor de Michigan em maio (leitura final)
Fonte: Investing.com

*Este texto contou com o auxílio de ferramentas de inteligência artificial.

Compartilhe

DESTAQUES DA BOLSA

Ações de incorporadora disparam mais de 5% na bolsa após contratação de banco para venda de ativos, incluindo hotéis em SP

18 de junho de 2024 - 11:22

A HBR Realty contratou o Bradesco BBI para ajudar na execução da estratégia de reciclagem de ativos da companhia

DE OLHO NAS REDES

O Brasil não tem condições para uma Selic de um dígito em 2024: por que este estrategista acredita ser impossível juros abaixo de 10% em 2024

17 de junho de 2024 - 16:41

Com a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) se aproximando, o mercado parece está cada vez menos esperançoso sobre os cortes na taxa básica de juros, a Selic. Para Rogério Benevente, sócio da GWM Investments e convidado desta semana do podcast Touros e Ursos, “é impossível pensar numa Selic abaixo de 10% em […]

PREFERE A TESLA?

Há algo de errado com a BYD? Warren Buffett despeja milhões em ações da chinesa dos carros elétricos no mercado

17 de junho de 2024 - 15:33

A Berkshire Hathaway vendeu mais 1,3 milhão de ações da BYD listadas em Hong Kong por US$ 39,8 milhões — a venda reduziu a participação do conglomerado para 6,9%

FIIs HOJE

Dividendos do Riza Akin (RZAK11) são os menores em mais de dois anos; por que os proventos do fundo imobiliário estão caindo?

17 de junho de 2024 - 14:11

A cifra é mais baixa paga pelo FII desde outubro de 2021, quando o portfólio do RZAK11 estava em seus primeiros meses de vida

RECOMENDAÇÃO DE COMPRA

Os fundos imobiliários de escritórios estão baratos — e o Itaú BBA revela seus três FIIs favoritos do segmento

17 de junho de 2024 - 12:34

O banco de investimento avaliou 14 fundos do segmento e deu a recomendação de compra para apenas três deles

MUDANÇA DE PERCURSO

A rota da Localiza (RENT3) foi calculada pelo BTG Pactual com o corte no preço-alvo das ações; o que fazer com as ações? 

17 de junho de 2024 - 11:44

Mesmo com a revisão, o banco ainda prevê uma valorização de mais de 70% dos papéis da locadora

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Todo mundo em pânico — menos ele. Por que o economista da Neo Investimentos vê exagero na queda da bolsa e na disparada do dólar

17 de junho de 2024 - 6:31

“Às vezes a gente acha que não, mas o Brasil continua sendo um mercado de risco alto”, afirmou Luciano Sobral, economista-chefe da Neo Investimentos, em entrevista exclusiva ao Seu Dinheiro

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Com pressão de NY, Ibovespa segura os 119 mil pontos e recua quase 1% na semana; dólar sobe e fecha a R$ 5,38

14 de junho de 2024 - 17:23

RESUMO DO DIA: Depois de uma semana movimentada com decisão sobre os juros nos Estados Unidos e preocupações com o cenário local doméstico, o Ibovespa segurou com algum esforço os 119 mil pontos. O principal índice da bolsa brasileira fechou em leve alta de 0,08%, aos 119.662,38 pontos. Na semana, o recuo é de 0,92%. […]

APOSTAS PARA O CÂMBIO

O dólar não vai mais cair? Alckmin diz que governo tem “absoluta confiança” sobre a trajetória da moeda norte-americana

13 de junho de 2024 - 17:52

O presidente em exercício falou sobre o tema um dia após a moeda americana ter ultrapassado a cotação de R$ 5,40 pela primeira vez desde janeiro de 2023

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Dólar fecha próximo da mínima intraday com rescaldo de Haddad sobre fiscal; Ibovespa sustenta os 119 mil pontos

13 de junho de 2024 - 17:17

RESUMO DO DIA: O cenário fiscal roubou a cena mais um vez no mercado acionário brasileiro. Se ontem foram as falas do presidente Lula que aumentaram a aversão ao risco, hoje o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ficou encarregado de ‘reduzir os danos’. Apesar dos esforços do ministro, o Ibovespa não deixou o tom negativo. […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar