🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
VEJA QUAL

Adeus, Nubank: Itaú BBA tira fintech da carteira Top 5 e coloca ações de outro banco no lugar

Os analistas ainda gostam da tese do banco digital, mas preferiram realizar lucro e buscar uma opção mais defensiva para o cenário atual

Larissa Vitória
Larissa Vitória
21 de fevereiro de 2024
15:29 - atualizado às 15:03
Poster do IPO da Nubank

Apesar do Nubank (ROXO34) ter rendido mais que o Ibovespa desde que entrou na carteira Top 5 do Itaú BBA — acumulando ganhos de 26% desde outubro do ano passado, contra 15% do índice , os analistas decidiram retirar o banco digital da carteira.

Segundo relatório divulgado nesta quarta-feira (21), os os BDRs ROXO34 darão lugar às ações de outra instituição financeira a partir de agora: o BTG Pactual (BPAC11).

O Itaú BBA explica que a troca não é motivada por preocupações com a solidez do Nubank. Muito pelo contrário, o banco de investimentos destaca que a fintech tem apresentado resultados muito fortes nos últimos trimestres e a expectativa para o balanço do 4T23, que será divulgado nesta semana, esta alta.

Os analistas optaram, porém, por realizar lucros agora e voltar para a tese do banco digital "em um momento mais atrativo".

Nesse contexto, buscaram um nome mais defensivo dentro do segmento bancário para ocupar o lugar do Nubank. "BTG é um nome que gostamos muito e segue sendo uma de nossas top picks do setor", escrevem os analistas.

BTG Pactual (BPAC11) publicou balanço forte e guidance atrativo

O Itaú BBA relembra que o banco de investimentos fundado em 1983 reportou recentemente mais um trimestre "sólido". O BTG registrou um lucro líquido recorde de R$ 2,847 bilhões no quarto trimestre de 2023, alta de 61% na comparação com os últimos três meses de 2022.

A rentabilidade (ROE, na sigla em inglês) também saltou para 23,4% no quarto trimestre de 2023, acima do consenso de mercado e das expectativas já generosas do BBA.

"O BTG também forneceu projeções para a expansão contínua do ROE e alavancagem operacional em 2024 e reforçou nossa visão otimista sobre o nome, um dos poucos do setor financeiro que desafia a atividade de mercado volátil e apresenta um crescimento saudável", argumentam os analistas.

O que mais está na carteira Top 5 do Itaú BBA

Além do substituto do Nubank, representantes de outros quatro setores da B3 integram a carteira Top 5. Vale relembrar que o portfólio reúne as cinco principais indicações do Itaú BBA e busca capturar ganhos no médio prazo.

O objetivo é garantir retorno absoluto com os papéis, mas é indicada apenas a investidores com apetite para risco "acima da média" e que tenham conforto com alta volatilidade.

Confira abaixo a composição da carteira:

EmpresaPreço JustoUpsideDividend yield* 2024
PRIO (PRIO3)R$ 58+25,5%0,0%
SLC Agrícola (SLCE3)R$ 23+15,2%5,5%
BTG Pactual (BPAC11)R$ 43+15,4%2,6%
Sabesp (SBSP3)R$ 83,60+2,8%2,0%
Cyrela (CYRE3)R$ 33+47,%6,8%
*Indicador que mede o retorno de uma ação a partir do pagamento de proventos | Fonte: Itaú BBA

Compartilhe

AÇÕES NO SHAPE

Smart Fit (SMFT3) vai virar “monstro”? Banco recomenda compra das ações e vê espaço para rede de academias dobrar de tamanho

17 de abril de 2024 - 15:25

Os analistas do JP Morgan calcularam um preço-alvo de R$ 31 para os papéis da Smart Fit (SMFT3), o que representa um potencial de alta da ordem de 30%

DESTAQUES DA BOLSA

Ozempic que se cuide! Empresa de biotecnologia faz parceria para distribuir caneta do emagrecimento no Brasil e ações disparam quase 40% 

17 de abril de 2024 - 14:03

Com o anúncio, a Biomm conquistou R$ 1,2 bilhão em valor de mercado na B3; a comercialização do similar do Ozempic deve ainda passar pelo crivo da Anvisa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Vale (VALE3) não é suficiente e Ibovespa fecha em queda na esteira de Nova York; dólar cai a R$ 5,24

17 de abril de 2024 - 6:49

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou interromper o ciclo de quedas com o forte avanço do minério de ferro e a prévia do PIB, mas o tom negativo de Nova York falou mais alto e arrastou o principal índice da bolsa brasileira. Com isso, o Ibovespa terminou o pregão em baixa de 0,17%, aos […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O fracasso das empresas “sem dono” na B3. Por que o modelo das corporations vai mal na bolsa brasileira

16 de abril de 2024 - 15:54

São vários exemplos e de inúmeros setores de companhias sem uma estrutura de controle que passaram por graves problemas ou simplesmente fracassaram

MAIS 11 ATIVOS PARA A CONTA

Fundo imobiliário BTLG11 fecha acordo de quase R$ 2 bilhões por portfólio de imóveis em SP

16 de abril de 2024 - 11:36

O FII deve adquirir 11 ativos, com cerca de 550 mil metros quadrados prontos e performados

SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

16 de abril de 2024 - 10:32

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai pela quinta vez seguida pressionado por juros nos EUA e questão fiscal; dólar fecha no maior nível em 13 meses, a R$ 5,26

16 de abril de 2024 - 6:33

RESUMO DO DIA: A perspectiva de juros elevados por mais tempo nos Estados Unidos ganhou força mais uma vez e, combinada com a preocupação com o cenário fiscal doméstico, gerou mais lenha para a bolsa brasileira aumentar as cinzas. Pela quinta vez consecutiva, o Ibovespa terminou o dia no vermelho, com queda de 0,75%, aos […]

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos e Wall Street no vermelho; dólar sobe a R$ 5,18

15 de abril de 2024 - 6:43

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta segunda-feira (15) no vermelho, pressionado pelo desempenho dos bancos, que recuaram em meio à crescente aversão ao risco no mercado hoje. O principal índice de ações da B3 fechou o pregão em baixa de 0,49%, aos 125.333 pontos. Já o dólar à vista avançou 1,25%, aos […]

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: Prévia do PIB no Brasil e balanços nos EUA são destaque junto com Livro Bege nos próximos dias

15 de abril de 2024 - 6:20

As reuniões do FMI ao longo da semana permanecem no radar, com discussões focadas na estabilidade financeira global e nas estratégias para enfrentar as incertezas econômicas

TOUROS E URSOS

O enigma da Petrobras (PETR4): entre dividendos e “risco Lula”, vale a pena ter ações da estatal?

14 de abril de 2024 - 7:45

Ruído da intervenção do governo impede a Petrobras de negociar no patamar de companhias como Chevron e Exxon, segundo analista

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar