🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Leticia Camargo
Leticia Camargo
Formada em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP). Já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
conteúdo empiricus

Nem Magazine Luiza (MGLU3), nem Weg (WEGE3): conheça a ação brasileira fora do radar que pode valorizar 10 vezes mais que o Ibovespa

O Magazine Luiza e a Weg fizeram história na bolsa após decolarem 91.300% e 24.000%, respectivamente – agora, outra ação pode ser a “bola da vez”, segundo analistas

Leticia Camargo
Leticia Camargo
8 de dezembro de 2023
14:00 - atualizado às 7:44
magazine luiza e weg small caps ações
Imagem: Reprodução/Montagem Letícia Camargo

O Magazine Luiza (MGLU3) e a Weg (WEGE3) fizeram história na bolsa brasileira. As empresas se tornaram “queridinhas” dos investidores por já terem tido valorizações capazes de mudar a vida financeira de muita gente.

A ação do Magalu, por exemplo, foi de meros R$ 0,03, em 2015, para R$ 27,42 durante o “boom” do e-commerce, em 2020. O mesmo que 91.300% de valorização em 5 anos.

Para você ter uma ideia do que isso significa, aqui um investimento de R$ 1.500 poderia ter se tornado mais de R$ 1 milhão. Um investimento relativamente baixo para poder se tornar milionário em 5 anos.

Em linha, algo semelhante aconteceu com a ação da Weg, que foi de R$ 0,10 quando estreou na bolsa, em 2000, para R$ 24,27, em 2020. O mesmo que 24.000% de valorização em 20 anos.

Nessa oportunidade, um investimento de R$ 5 mil poderia ter transformado alguém em milionário.

Embora sejam de nichos bastante distintos (o Magazine Luiza é do varejo e a Weg do setor de equipamentos eletroeletrônicos), há uma característica em comum que proporcionou que ambas as empresas tivessem valorizações tão expressivas na bolsa…

Elas eram small caps. Ou seja, eram empresas pequenas, com pouca liquidez e baixo volume de negociação na bolsa. Mas, em contrapartida, tinham modelos de negócio capazes de torná-las gigantes no mercado.

E foi justamente o que aconteceu. Hoje, as companhias são referência em seus setores e dificilmente seria possível capturar valorizações como as que elas tiveram novamente.

A boa notícia, porém, é que existem outras ações com potencial semelhante ao do Magazine Luiza e da Weg.

É claro que é impossível dizer que elas podem ter valorizações na mesma proporção que o Magalu e a Weg tiveram. Afinal, retornos passados não são garantia de retornos futuros, e cada empresa reage de uma maneira ao desenrolar da economia e de seu próprio negócio.

Mas o ponto é que, agora, uma ação pode estar no mesmo caminho que essas duas gigantes da bolsa. Ela ainda é pouco conhecida e tem um valor de mercado de R$ 1,8 bilhão, mas pode crescer muito nos próximos meses e anos.

Quem encontrou essa oportunidade foram os analistas da Empiricus Research. Nas contas deles, a ação tem potencial para valorizar 10 vezes o que rendeu o Ibovespa este ano (algo em torno de 15%).

A seguir, te explico melhor qual é essa ação e como você pode conhecê-la.

NEM MAGAZINE LUIZA, NEM WEG: CONHEÇA A AÇÃO QUE PODE VALORIZAR 10 VEZES O QUE RENDEU O IBOVESPA ESTE ANO

Essa ação já valorizou 3.183% na bolsa, mas ainda há espaço para mais…

Embora essa ainda seja uma ação fora do radar da maioria dos investidores, a verdade é que ela não é nenhuma “novata” na bolsa. Isso porque o seu IPO (oferta pública inicial de ações) aconteceu há mais de 40 anos, em 1980.

De lá para cá, quem investiu nela teve a oportunidade de embolsar um bom dinheiro. Afinal, estamos falando de uma ação que, desde a sua estreia, teve uma valorização de mais de 3.000%. Veja só:

Fonte: Google Finance

Mas, aos olhos dos analistas, ainda há espaço para mais. Acontece que essa empresa está em expansão e tem perspectiva de crescimento no seu número de lojas, além de um aumento de consumo dos produtos que comercializa.

“É um business de qualidade, com marca renomada na região Sul, em um setor com atratividade no momento, com ótima gestão, que vem melhorando sua governança corporativa e a comunicação com o mercado nos últimos tempos”, explicam.

Diante disso, eles acreditam que a ação pode ter mais uma “porrada” na bolsa, que poderia levá-la a valorizar até 10 vezes mais que o rendimento do Ibovespa em 2023.

No entanto, é provável que você nunca tenha ouvido falar dela, sabe por quê? Pois ela é uma small cap. Ou seja, uma empresa pequena e que ainda não atrai a atenção da maioria dos investidores.

Mas a verdade é que, se você quiser ter a chance de capturar valorizações como as que aconteceram nos últimos anos com o Magazine Luiza e a Weg, por exemplo, é para esse tipo de ação que você precisa começar a olhar.

O Magalu e a Weg também já foram “patinhos feios” antes de se tornarem “cisnes” na bolsa. Aos olhos dos investidores institucionais, essas ações sequer valiam a pena.

Isso porque elas eram empresas pequenas, ainda pouco rentáveis e que tinham até problemas operacionais, no caso do Magazine Luiza. Com isso, praticamente ninguém tinha olhos para elas.

Mas a verdade é filha do tempo e, aqueles que tiveram paciência e acreditaram no modelo de negócio das empresas, foram recompensados com uma multiplicação de patrimônio de até 90 vezes.

Agora, você pode ter a chance de pegar uma “virada de mão” assim logo no começo, enquanto pouquíssimas pessoas estão interessadas. E a melhor parte é que você nem vai ter de fazer isso sozinho.

Os analistas da Empiricus Research estão dispostos a ajudar os investidores a buscar lucros com esse tipo de ação. No dia 18 de dezembro, eles vão mostrar como investir nesta e em outras oportunidades com small caps na bolsa agora.

Para participar, tudo o que você precisa fazer é se cadastrar na lista de interessados, de forma totalmente gratuita, no link abaixo:

INSCRIÇÃO GRATUITA: QUERO CONHECER A AÇÃO QUE PODE VALORIZAR 10 VEZES O QUE RENDEU O IBOVESPA ESTE ANO

Essa ação faz parte de uma carteira que rendeu quase 4 vezes mais que o Ibovespa em 2023

A ação apresentada acima foi recomendada pelos analistas da Empiricus Research em uma carteira chamada “Microcap Alert”. Trata-se de uma carteira com 10 ações small caps com alto potencial de valorização.

Para você ter uma ideia, essa carteira de ações teve, neste ano, um rendimento de 57%, ao mesmo tempo em que o Ibovespa, o principal índice da bolsa brasileira, rendeu “apenas” 16% no mesmo período. Ou seja, quase 4 vezes mais que o Ibov.

Mas é claro que essa é apenas a média da rentabilidade da carteira pois, se olharmos nome a nome, veremos que alguns se destacam. Exemplo disso são os lucros obtidos com as indicações dos analistas ao longo do tempo.

Veja alguns dos casos de sucesso desta carteira:

Fonte: Empiricus Research

As ações recomendadas chegaram a ter até 813% de valorização em anos passados – um retorno que dificilmente seria alcançado nas ações grandes e conhecidas da bolsa brasileira.

Estes exemplos são de diferentes setores, mas todos têm um ponto em comum: são ações de empresas menores, que dificilmente estão nos holofotes, mas que carregavam um grande potencial de valorização.

Infelizmente, as oportunidades acima já passaram e elas já não fazem mais parte das indicações dos analistas. Além disso, retornos passados não garantem retornos futuros.

Agora, eles estão com novas ações no radar. Uma delas, como já foi dito, tem potencial para valorizar 10 vezes mais que o rendimento do Ibovespa em 2023.

E, agora, você pode ter a oportunidade de conhecer todas as indicações deles.

VEJA COMO TER ACESSO À CARTEIRA DE AÇÕES QUE RENDEU QUASE 4 VEZES MAIS QUE O IBOVESPA ESTE ANO

A ação que pode valorizar 10 vezes mais que o Ibovespa e outras 9 fora do radar para comprar agora

A equipe de analistas da Empiricus Research “garimpou” a bolsa brasileira e selecionou 9 ações small caps que podem valorizar até 68,7% em 2024

É claro que uma valorização como essa é bastante modesta se levarmos em conta que, algumas ações já valorizaram mais de 20.000%, como é o caso da Weg, por exemplo.

Mas vale destacar que essa é apenas a expectativa de valorização da lista de ações como um todo. Afinal, como você viu, há ações que oferecem perspectiva de valorização ainda maior.

No entanto, o objetivo da Empiricus Research não é tentar encontrar os pontos fora da curva. Isso seria muito arriscado e difícil de acertar. Como diz o ditado: “não coloque todos os ovos na mesma cesta”. 

A melhor estratégia para buscar lucros nesse novo ciclo de alta, para a casa de análise, é se posicionar em uma lista de ações com um potencial de valorização factível.

Com essas ações na carteira, os analistas acreditam que pessoas comuns podem mudar de vida financeira sem correr riscos desnecessários e com uma perspectiva de ganhos possíveis, ancorada em análises bem fundamentadas.

Portanto, se essa oportunidade faz sentido para você, convido-o a se inscrever em uma lista de interessados para conhecer as recomendações deles.

Pode ficar tranquilo, pois você não gasta nada para se inscrever e ter mais informações sobre essa oportunidade. Depois, você pode decidir se as indicações fazem sentido para o seu patrimônio ou não:

Compartilhe

Conteúdo Empiricus

“É inconcebível ter 0% de investimento no exterior”, diz analista da Empiricus Research; entenda o motivo

12 de junho de 2024 - 16:00

De acordo com Enzo Pacheco, não vale a pena focar no Brasil tendo em vista que o risco fiscal aqui é maior e há menos opções disponíveis na bolsa

Conteúdo Empiricus

‘Cavalo de pau’ na Selic? IPCA de maio pode fazer Copom ‘virar a mão’ e levar taxa básica de juros a 11%

12 de junho de 2024 - 12:00

Enquanto cenário atual pode assustar renda variável, analista recomenda 4 títulos de renda fixa “premium” para se proteger da inflação e buscar até 7,1% de ganho real sem Imposto de Renda

Conteúdo Empiricus

À espera de dividendos? Eletrobras (ELET6) vai lucrar R$ 4,7 bilhões com venda de ativos; veja quais são os planos da companhia

12 de junho de 2024 - 10:00

Na visão do analista da Empiricus, o lucro da Eletrobras (ELET6) com a venda das termelétricas pode ajudar nos dividendos, mas a elétrica tem outros projetos

Conteúdo Empiricus

Dividendos de até 9,4% nos próximos 12 meses: FII de tijolo é favorito de analista para buscar rendimentos mensais; veja qual

12 de junho de 2024 - 8:00

Analista recomenda um dos maiores FIIs de tijolos da indústria para investir no momento; veja ticker e outras quatro indicações

Conteúdo Empiricus

Tchau, Microsoft (MSFT34): veja por que o BDR saiu de carteira recomendada mensal – e qual big tech que ‘surfa’ a onda de IA entrou no lugar

11 de junho de 2024 - 16:00

Para Empiricus, BDR da Microsoft (MSFT34) ficou ‘caro’ demais; veja a seleção de ações internacionais para buscar lucros em dólar

Conteúdo Empiricus

Nem Even (EVEN3), nem MRV (MRVE3): essa outra construtora está barata e pode elevar pagamento de dividendos

11 de junho de 2024 - 15:00

Veja a empresa de construção civil que já mostrou resiliência frente a cenários difíceis e pode gerar bons dividendos, segundo analista

Conteúdo Empiricus

Com esses títulos, ‘é bem difícil perder dinheiro’, diz analista; confira 4 ativos para buscar retorno real de até 7% ao ano

11 de junho de 2024 - 14:00

Alta da curva de juros pode beneficiar categoria de títulos “premium”; veja as melhores oportunidades de junho, segundo a Empiricus Research

Conteúdo Empiricus

Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11) estão sendo ‘comidos vivos’ pelo Nubank (ROXO34), mas ações do roxinho estão ‘muito caras’, diz analista; veja em qual banco da bolsa investir

11 de junho de 2024 - 11:41

Apesar do ótimo momento operacional do Nubank, analista tem dificuldade para ‘enxergar upside nas ações’; veja outro banco em ponto de entrada melhor que o roxinho

conteúdo empiricus

Às vésperas da decisão do Fed e inflação no Brasil, analista recomenda: ‘essa é uma boa hora para não fazer nada’; entenda

10 de junho de 2024 - 14:00

Analista adota postura cautelosa em carteira com as 10 ações mais promissoras para o mês e abre as oportunidades que o investidor não pode ignorar

Conteúdo Empiricus

Dividendos de até 108% do CDI sem Imposto de Renda: este FII pode surfar Selic alta e fluxo de dinheiro dos ‘órfãos’ dos títulos isentos da renda fixa

10 de junho de 2024 - 12:26

Enquanto mercado está receoso com os ativos de risco, analista alerta para oportunidade em FIIs que se beneficiam dos juros altos, têm volatilidade controlada e estão baratos; veja

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar