🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Isabelle Santos
Isabelle Santos
Comunicóloga formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). É redatora do Money Times, Seu Dinheiro e Empiricus.
Conteúdo Empiricus

‘A Previdência Privada ganha de lavada do Tesouro RendA+’, aponta analista; veja 4 motivos para incluir este ativo na carteira

Pensando em uma renda alternativa para a sua aposentadoria? Segundo Alexandre Alvarenga, analista da Empiricus Research, a previdência privada é a melhor escolha

Isabelle Santos
Isabelle Santos
1 de dezembro de 2023
10:00 - atualizado às 9:49
btg previdencia privada ir
Imagem: Freepik

Investir em planos de previdência privada é uma das alternativas mais conhecidas pelos brasileiros para complementar a aposentadoria. Mas neste ano o ativo tem um concorrente, o RendA+

O novo título do Tesouro Direto foi criado com o objetivo de ajudar os brasileiros a prepararem uma reserva para a aposentadoria, bem como outros objetivos de longo prazo. 

Contudo, na visão de Alexandre Alvarenga, analista da Empiricus Research, o RendA+ está longe de ser um concorrente páreo para a previdência privada. 

Na opinião do analista, os planos de previdência privada oferecem mais vantagens que o título do Tesouro. Inclusive, apesar de ser para o longo prazo, o investidor pode aproveitar alguns desses benefícios já no ano que vem

RendA+ versus Previdência Privada: é uma disputa justa?

Não é nenhuma novidade para o trabalhador brasileiro que a aposentadoria pela Previdência Social não é o suficiente para ter uma vida tranquila.

Assim, o ideal é buscar alternativas para complementar ou até quem sabe substituir a previdência pública. 

Nesse sentido, tanto a previdência privada quanto o RendA+ possuem esse apelo. Isto é, são ativos voltados para aqueles investidores que desejam contar com uma renda extra lá no futuro. 

A principal semelhança entre esses dois investimentos é que ambos contam com um período de acumulação — isto é, em que o indivíduo junta patrimônio — e o período de usufruto que é o momento de receber os valores acumulados.  

Além disso, tanto no Tesouro RendA+ quanto na Previdência Privada o investidor pode planejar seus investimentos de acordo com a idade que deseja se aposentar, quanto tem para investir e o quanto deseja receber no futuro

Contudo, as semelhanças param por aí. Em entrevista ao Giro do Mercado, Alexandre Alvarenga citou 4 motivos pelos quais, na sua opinião, “a previdência privada ganha de lavada do RendA+”. 

1. Os incentivos tributários da previdência podem gerar um Pix da Receita Federal para você em 2024

Talvez uma das vantagens mais interessantes da previdência privada está justamente nos incentivos tributários. 

Enquanto no Tesouro RendA+ a menor alíquota de IR é de 15%, na previdência privada é possível reduzir essa taxa para 10%

O que é um período razoável se levarmos em consideração o planejamento de uma aposentadoria. 

Mas, esta não é a única vantagem tributária da previdência privada. Investindo neste ativo, você pode receber um PIX da Receita Federal já em 2024.

Acontece que quem investe em previdência privada no plano PGBL pode deduzir até 12% da sua renda tributável, na declaração de Imposto de Renda. 

Na prática, isso faz com que o indivíduo possa pagar menos imposto ao Leão ou ainda ter a chance de receber uma restituição turbinada

Veja o exemplo desta leitora. Se ela não tivesse usado essa estratégia, na declaração deste ano teria que pagar R$2.540 à Receita Federal.

(Fonte: Arquivo pessoal)

Contudo, ela aproveitou os incentivos tributários da previdência privada para turbinar a sua restituição de 2023 e ao invés de pagar imposto, recebeu um PIX de R$ 13.601,88.

(Fonte: Arquivo pessoal)

VEJA COMO ‘TURBINAR’ A SUA RESTITUIÇÃO EM 2024

2. Você pode personalizar o seu plano de previdência

Embora ambos ativos contem com fase de acumulação e usufruto, quando um indivíduo investe em previdência privada ele pode escolher investir por tempo indefinido. Já no RendA+, todos os títulos contam com um prazo de vencimento

Na prática esse não é um grande problema. Mas pode ser uma desvantagem se você mudar de planos e decidir que quer adiar a sua aposentadoria. 

No título do Tesouro isso não é possível, pois a partir de uma data específica o investidor obrigatoriamente passa da fase de acumulação para a de renda. 

Nessa segunda etapa, o indivíduo começa a receber os rendimentos mensais por um período padronizado de 20 anos. Não importa qual título você escolheu e nem por quanto tempo aportou, o tempo de usufruto do Tesouro RendA+ será sempre o mesmo, ou seja, 240 meses

Já na previdência privada, quando o investidor decide sair da fase de acumulação para a de renda, ele pode escolher como vai receber esses rendimentos. 

Além de receber uma renda mensal dentro de um período padronizado, também é possível optar pelo resgate total do patrimônio acumulado

Essa pode ser uma opção para quem tem outros planos, como por exemplo, comprar um imóvel, viajar ou ter o controle do dinheiro. 

Por fim, os planos de previdência privada podem se transformar em uma renda vitalícia. Ou seja, o investidor receberá rendimentos mensais até o fim da vida, podendo ainda estender esse benefício ao cônjuge ou beneficiário indicado

Isso nos leva a outra vantagem desse tipo de investimento: o planejamento sucessório

3. Não tem herança para os seus descendentes? A previdência privada pode ser um ‘colchão’ para eles

Outra vantagem de investir em previdência privada é que você pode pensar não apenas na sua aposentadoria como no futuro dos seus descendentes

Em caso de morte do beneficiário principal da previdência privada, a família e/ou herdeiros designados podem usufruir deste patrimônio, com uma vantagem muito importante: os planos de previdência não entram em inventário

Isso significa que vai direto para os herdeiros e em alguns casos essa transferência pode ser isenta de impostos. Da mesma forma, é possível incluir no plano de previdência mecanismos como seguro invalidez, pensão por morte, ou a renda vitalícia que citamos anteriormente. 

Já o RendA+ não oferece nenhuma destas vantagens. Além de entrar em inventário, os potenciais herdeiros seriam obrigados a pagar de 2% a 8% de imposto sobre o valor. 

4. Você pode diversificar a carteira da sua previdência

Se levarmos em conta que, tanto a previdência privada quanto o RendA+ são investimentos, então é importante também considerar o potencial de retorno que cada um desses ativos oferecem. 

No caso do RendA+ o título já é o investimento. Na prática este ativo é uma versão da NTN-B, ou seja, tem retorno de IPCA + taxa pré-fixada, não muda. Considerando que no Brasil temos um histórico de inflação alta, isso não é de todo ruim. 

Afinal, você terá um ativo cuja rentabilidade estará sempre acima da inflação. Por outro lado, pode estar abrindo mão de ativos com potencial de retorno maior e diversificação. 

Já na previdência privada, você pode escolher ativos que combinem com o seu perfil de risco. Por meio dela você pode investir em ações, fundos imobiliários e até mesmo renda fixa. 

Acontece que, no final das contas, a previdência privada é um fundo de investimentos com vantagens tributárias

Você tem até o dia 29/12 para aproveitar as vantagens tributárias da previdência e turbinar a sua restituição

Como expliquei no início, quem investe em previdência privada no plano PGBL pode deduzir parte de sua renda tributável na declaração, existe um prazo para isso. 

Acontece que você só pode abater na declaração do Imposto de Renda de 2024 os aportes realizados em previdência privada em 2023. Ou seja, se quiser receber uma restituição turbinada no ano que vem, você tem até 29/12 para escolher um plano de previdência.  

É claro que, assim como em qualquer outro tipo de investimento, você precisa conhecer melhor os detalhes do ativo, qual plano de previdência é mais interessante para você, a tabela de IR ideal e os melhores fundos dessa categoria

Pensando nisso, a equipe da Empiricus Research preparou um GUIA GRATUITO DA PREVIDÊNCIA PRIVADA.

Neste material você vai encontrar tudo o que precisa saber para investir nesse ativo com segurança. Entre os assuntos abordados você vai descobrir:

  • Vantagens de ter um plano de Previdência; 
  • Como escolher o melhor plano para você: PGBL ou VGBL; 
  • Regimes de tributação: progressivo ou regressivo
  • Como usar a Previdência para aumentar sua restituição do Imposto de Renda
  • Planilha financeira para calcular quanto você precisa investir.

BÔNUS: Os 4 melhores fundos para investir em previdência privada. 

O Guia da Previdência Privada é gratuito e, para acessá-lo, basta clicar neste link e seguir as instruções. 

Fique tranquilo, pois o acesso é gratuito mesmo e você não precisa pagar nada em momento algum. 

Compartilhe

conteúdo empiricus

Weg (WEGE3) surpreende mercado no 4T23 e anuncia dividendos de R$ 1,3 bi; ainda dá tempo de investir na ‘fábrica dos bilionários’?

21 de fevereiro de 2024 - 16:11

A ação da Weg (WEGE3) está operando em alta de mais de 6% após a divulgação dos resultados; veja se ainda dá tempo de surfar nessa onda e investir na companhia

Conteúdo Empiricus

‘É a cesta mais descontada entre os segmentos mais tradicionais do mercado imobiliário’: veja o FII de escritórios recomendado pela Empiricus

21 de fevereiro de 2024 - 14:00

Para o analista Caio Araujo, esse é o FII com maior capacidade de lucrar com a retomada da demanda por espaços em SP

Conteúdo Empiricus

Grupo Empiricus possibilita uma bonificação de R$ 30 mil a alunos de MBA em Análise de Ações e Finanças; saiba mais

21 de fevereiro de 2024 - 12:00

Já imaginou cursar uma das melhores pós-graduações do mercado financeiro e ainda ter a chance de embolsar R$ 30 mil ao final da formação aplicando tudo que aprendeu? Pois saiba que isso é possível e vou te explicar como. Recentemente, a maior casa de análise financeira independente do Brasil, a Empiricus Research, empresa do Grupo […]

Conteúdo Empiricus

23 anos de retorno em apenas 2? Estratégia que gerou 1.504% agora pode ser replicada automaticamente

21 de fevereiro de 2024 - 10:00

Resultados de Filipe Fradinho, responsável por transformar R$ 1 em R$ 16, poderão ser copiados por investidores comuns

Conteúdo Empirics

Não é MXRF11 e nem XP Malls: FII que disparou 40% diminui a taxa de vacância e pode aumentar pagamento de proventos aos cotistas

21 de fevereiro de 2024 - 9:16

Fundo adotou uma nova estratégia e já celebrou 20 novos contratos de locação; proventos podem decolar nos próximos meses

Conteúdo Empiricus

Sinal verde para a renda fixa ‘premium’? Títulos rendem até IPCA + 6,5% e investidores crescem em 28% em um ano 

21 de fevereiro de 2024 - 7:00

Estes títulos fora do radar estão chamando a atenção do mercado – veja por que você também deveria ser um dos investidores desse tipo de ativo

Conteúdo Empiricus

R$ 39 por dia: conheça o robô que pode colocar dinheiro na sua conta sem precisar acompanhar o mercado

20 de fevereiro de 2024 - 14:00

Ferramenta revolucionária replica as operações do trader Filipe Fradinho, que transformou R$ 1 em R$ 16 em menos de dois anos

Conteúdo Empiricus

Mercado de FIIs bate recorde histórico de investidores e de patrimônio líquido; veja 5 fundos imobiliários para comprar agora

20 de fevereiro de 2024 - 12:00

Total de investidores de FIIs no Brasil chegou a 2,584 milhões em janeiro, segundo a B3; conheça a melhor estratégia para entrar neste mercado

Conteúdo Empiricus

Investir em CDB de qual banco? Veja como escolher um título de renda fixa seguro e rentável

20 de fevereiro de 2024 - 10:00

Analista explica o que observar no emissor antes de contratar um CDB; veja 3 bancos recomendados

Conteúdo Empiricus

Estapar (ALPK3) subiu 117% em 9 meses, mas a ‘virada de chave’ ainda vai acontecer, diz analista; veja como investir nesta e em outras 9 ações com apenas R$ 1 mil 

20 de fevereiro de 2024 - 8:00

A Estapar (ALPK3) registrou receita recorde no 4T23 e analista acredita que é só questão de tempo para a ação entrar no radar dos investidores

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies