🔴 É HOJE! COMO COMPRAR CARROS COM ATÉ 50% DE DESCONTO NA TABELA FIPE – CONHEÇA A ESTRATÉGIA

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
START NOS INVESTIMENTOS

BDRs para investir em janeiro: Veja a lista do Santander de ativos gringos negociados na B3 para ficar de olho neste mês

A corretora Santander escolheu 16 BDRs de companhias do exterior para investir neste mês, incluindo empresas como Amazon (AMZO34) e Apple (AAPL34)

Camille Lima
Camille Lima
4 de janeiro de 2023
13:30
Tela de cotações da as ações da bolsa Ibovespa mercados
Tela de cotações - Imagem: Envato

Enquanto as festividades de fim de ano chegam ao fim, os brasileiros tradicionalmente preparam suas listas de metas e objetivos para 2023 — e os investimentos não ficam de fora do planejamento. Para os investidores que procuram opções de ativos gringos para lucrar, o Santander escolheu as melhores opções de BDRs para ficar de olho em janeiro na B3

A corretora elencou 16 BDRs — isto é, certificados de depósitos de ações das empresas estrangeiras negociados na bolsa de valores brasileira — de companhias do exterior para investir neste mês.

Apesar de as big techs não estarem vivenciando seus melhores dias nas bolsas globais, gigantes do mercado como Alphabet (GOGL34), Apple (AAPL34) e Amazon (AMZO34) figuram entre as escolhas favoritas dos analistas. 

Confira a lista dos BDRs preferidos do Santander para janeiro:

  • Alphabet (GOGL34)
  • Amazon (AMZO34)
  • Apple (AAPL34)
  • Berkshire Hathaway (BERK34)
  • Canadian Pacific Railway (CPRL34)
  • Charles Schwab (SCHW34)
  • Chevron (CHVX34)
  • Costco (COWC34)
  • Johnson & Johnson (JNJB34)
  • JPMorgan Chase (JPMC34)
  • Microsoft (MSFT34)
  • S&P Global (SPGI34)
  • Texas Instruments (TEXA34)
  • Thermo Fisher (TMOS34)
  • TransDigm (T1DG34)
  • Visa (VISA34)

BDRs da Alphabet, a dona do Google

Segundo o Santander, a Alphabet (GOGL34), holding que controla o Google, é dominante em “negócios-chave” relacionados à internet, como é o caso do Google, YouTube e até mesmo do sistema Android para smartphones.

Na visão dos analistas, com o desenvolvimento da indústria de publicidade digital, o negócio de venda de publicidade online da controladora segue impulsionando as receitas trimestrais da companhia.

“Conforme o comércio eletrônico [e-commerce] continue ganhando tração, os orçamentos publicitários de pequenos empreendedores tendem a expandir e serem capturados pelo ecossistema da companhia”, escreveu a corretora, em relatório.

Apesar de ser uma das principais escolhas do Santander de BDRs para investir em janeiro, os recibos de ações da Alphabet (GOGL34) acumularam desvalorização de 39,55% nos últimos 12 meses, cotados a R$ 39,90 na bolsa brasileira.

Leia também:

  1. O ano virou, mas 2022 continua: Salesforce avalia demitir 10% do quadro de funcionários
  2. Olha o peso real aí! Como funcionaria a moeda comum do Mercosul segundo o embaixador da Argentina no Brasil
  3. Microsoft investirá em startup de caminhões autônomos, diz Reuters

A Amazon (AMZO34) na bolsa brasileira

Uma das maiores empresas do varejo digital do mundo, os BDRs da Amazon operaram em queda livre na B3 nos últimos 12 meses, com desvalorização de 51,08% no período. No pregão de hoje, os ativos recuam 1,93%, cotados a R$ 22,92 na bolsa.

Apesar do desempenho negativo na bolsa de valores, os analistas do Santander consideram a Amazon (AMZO34) como a principal escolha em relação a suas concorrentes.

Isso porque, de acordo com a corretora, a empresa está bem posicionada após seu “super ciclo de investimentos em ativos logísticos” durante a pandemia para expandir a margem operacional da área de e-commerce, tanto no cenário doméstico quanto internacionalmente.

Os BDRs da Apple (AAPL34)

Mesmo com queda acumulada de 31,41% na bolsa brasileira nos últimos 12 meses, os BDRs da Apple (AAPL34) seguem compondo a lista de ativos gringos favoritos na B3 do Santander para janeiro.

Atualmente, os ativos da empresa da maçã são negociados a R$ 34,33 na bolsa de valores brasileira.

Na análise da corretora, a fabricante de iPhone conseguiu aumentar consistentemente os preços médios de vendas dos seus aparelhos eletrônicos.

Além disso, os analistas destacam o sucesso da big tech em tornar as linhas de receita menos cíclicas através do lucro com seu “imposto” sobre transações na App Store e de vendas de garantias estendidas.

A Berkshire Hathaway (BERK34) na B3

Apesar de a Berkshire Hathaway (BERK34) ter em seu portfólio de ativos ações de big techs como a Apple, a holding chefiada pelo megainvestidor Warren Buffett não teve um desempenho tão negativo na B3 quanto os demais BDRs da lista do Santander.

Os papéis BERK34 acumulam leve queda de 4,32% nos últimos 12 meses, atualmente negociados a R$ 85,19 na bolsa brasileira.

Segundo o Santander, a empresa utiliza a geração de caixa de suas operações para adquirir ativos nos mercados de capitais “de forma oportunística” — não é algo a se estranhar, uma vez que parte da estratégia de investimentos buffettiana consiste na busca por pechinchas.

A alocação de capital da empresa é composta pelo valor intrínseco de seus investimentos, na visão dos analistas, que incluem companhias de setores como alimentação, serviços financeiros, petróleo e tecnologia, como a Apple, o Bank of America (BofA) e a Chevron.

Os BDRs da Microsoft (MSFT34) na bolsa

Assim como outras empresas de tecnologia, a Microsoft teve um ano turbulento nos mercados financeiros. Os BDRs MSFT34 acumulam desvalorização de 31,34% em 12 meses, cotados a R$ 51,63 na B3.

Entretanto, para o Santander, a operação da empresa de Jeff Bezos é marcada por receitas recorrentes e retornos sobre o capital empregado elevados.

“Os seus softwares, incluindo o Windows, Office 365 e Microsoft Teams, estão presentes no cotidiano empresarial mundial, integrando um ecossistema próprio e garantindo à companhia uma capacidade irreplicável de vendas cruzadas de seus produtos e serviços”, dizem os analistas.

De acordo com a corretora, o maior ponto de crescimento da companhia é a divisão de computação em nuvem, a Azure.

Na visão dos analistas, a plataforma deve manter um “crescimento expressivo por anos a vir” uma vez que a digitalização empresarial ganha mais relevância no mercado.

Compartilhe

LOTERIAS FEDERAIS

Em meio a indecisão da Mega-Sena e Quina, Lotofácil faz milionário no mais recente sorteio; veja loterias federais hoje

19 de maio de 2024 - 10:08

Com a Sena não cravada, o prêmio do próximo concurso, a ser realizado no dia 21 de maio de 2024, sobe para R$ 37 milhões

ATENÇÃO, DEVEDOR

Desenrola Brasil: este é o último fim de semana para aderir à Faixa 1 do programa de renegociação de dívidas; veja como

18 de maio de 2024 - 15:38

Dados do Ministério da Fazenda apontam que, até a semana passada, 14,75 milhões de pessoas já haviam renegociado cerca de R$ 51,7 bilhões em dívidas

DURANTE ENCONTRO

Após 30 anos do Plano Real, ex-presidentes do Banco Central criticam condução da política fiscal

18 de maio de 2024 - 10:19

Ao mesmo tempo, Roberto Campos Neto evitou comentários sobre a condução da política fiscal atual, mas voltou a defender o projeto que concede autonomia financeira ao BC

Mudanças climáticas

Investimento verde é coisa de gringo, mas isso é bom para nós: saiba quais são as apostas ESG do investidor global no Brasil

17 de maio de 2024 - 6:33

Saiba para quais segmentos e tipos de negócios o investidor global olha no Brasil, segundo Marina Cançado, idealizadora de evento que aproximará tubarões internacionais com enfoque ESG do mercado brasileiro

LOTERIAS

Mega-Sena e Quina decepcionam de novo, mas Lotofácil faz 2 meio-milionários — e eles apostaram de um jeito diferente

17 de maio de 2024 - 5:42

Nenhum dos ganhadores da Lotofácil apostou em uma casa lotérica; na Mega-Sena e na Quina, os prêmios acumulados têm oito dígitos

E VEM MAIS POR AÍ

Uma ajuda extra da Receita: lote de restituição do Imposto de Renda para o Rio Grande do Sul supera R$ 1,1 bilhão

16 de maio de 2024 - 19:46

Além de incluir os gaúchos no primeiro lote de restituição, a Receita promoverá medidas para ajudar o contribuinte do estado castigado pelas enchentes

LOTERIAS

Lotofácil faz 2 meio-milionários, Quina acumula de novo e Mega-Sena oferece prêmio turbinado

16 de maio de 2024 - 5:58

Lotofácil sai para uma aposta comum e para um apostador “teimoso”; concurso de final 5 turbina prêmio da Mega-Sena

LOTERIAS

Bolão fatura Lotofácil e faz 4 milionários de uma vez só; Mega-Sena acumula e prêmio dispara

15 de maio de 2024 - 6:02

A Lotofácil estava acumulada ontem, o que engordou o prêmio da “máquina de milionários”; Quina acumulou de novo

MULTIMERCADOS

Ex-colega de Campos Neto no BC, gestor da Itaú Asset aposta em Copom mais rígido com os cortes na Selic daqui para frente

14 de maio de 2024 - 19:58

Ex-diretor de política monetária do BC entre 2019 e 2023 — sob o comando de RCN —, o economista Bruno Serra revelou o que espera para os juros no Brasil

LANCE REVISADO

Ata do Copom mostra divisão mais sutil entre Campos Neto e diretores escolhidos por Lula

14 de maio de 2024 - 10:18

Divergência entre os diretores do Banco Central se concentrou no cumprimento do forward guidance, mas houve concordância sobre piora no cenário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar