🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Autenticidade: qual o preço na carreira de ser você mesmo?

Há momentos, contextos e espaços que nos possibilitam ter mais ou menos autenticidade, e isso se aplica à carreira e ao mercado de trabalho

9 de julho de 2023
9:11 - atualizado às 11:58
Ícone de ideia na peça de quebra cabeça carreira autenticidade criatividade
Ícone de ideia na peça de quebra cabeça - Imagem: Freepik

Participei recentemente do podcast Papo Vai, do meu querido amigo Thiago Balieiro, em que falamos sobre autenticidade e fiquei inspirado a escrever sobre o tema também. Cá estou.

Quando recebi o convite para colaborar nesse episódio, o Balieiro foi enfático em dizer que meu nome havia sido o primeiro a vir à sua mente. Fiquei feliz e honrado.

Gosto de ser classificado como alguém autêntico. Mas, ao mesmo tempo, senti um pouco de farsa em mim mesmo. 

Como posso ser considerado autêntico, se às vezes sinto que me adapto a algumas realidades, me afastando de mim mesmo? Essa foi a minha reflexão imediata.

Dissecando um pouco mais o pensamento, cheguei à conclusão de que há uma gradação nisso. Há momentos, contextos e espaços que nos possibilitam ter mais ou menos autenticidade. Ou seja, isso está mais ligado a uma ideia de "estar autêntico" do que "ser autêntico".

VEJA TAMBÉM - POR QUE A ALTA DE 10% DO IBOVESPA PODE SER SÓ O COMEÇO E QUAIS SÃO AS 10 AÇÕES PARA COMPRAR AGORA

E o que seria essa tal autenticidade?

Para mim, autenticidade tem a ver com a ideia de abraçar o que está dentro de nós e revelar isso para fora. Quanto menor o delta disso, mais autêntica é a pessoa. Ao invés de se adaptar e inclinar-se aos padrões sociais e imperativos da vida, em seus vários formatos, o autêntico é verdadeiro, genuíno e fiel a si mesmo.

Uma das provocações no podcast foi sobre quebrar a ideia de que autenticidade é igual a ser exótico, louco, peculiar.

Se partimos da premissa de que autêntico é ser fiel a si mesmo, uma pessoa com perfil mais discreto, o famoso low profile, poderia, por exemplo, ser considerado autêntico também.

Se ela tem uma alma discreta e manifesta discrição para fora, temos um delta igual a zero. Portanto, autêntica à sua maneira.

Aqui tocamos em outro ponto: quem valida o que é uma pessoa autêntica? Usando da definição já citada, apenas o próprio indivíduo seria capaz de definir isso para ele.

Mas parece haver um transbordo dessa essência interna, que as pessoas capturam de alguma forma. Uma expressão sincera e íntegra é perceptível aos nossos olhos e sentidos. E daí viria o ímpeto de qualificar alguém como autêntico.

Vale a pena ser autêntico no trabalho?

Contextualização feita, volto à pergunta central deste texto: existe um ônus em ser autêntico no ambiente de trabalho? 

Como um bom representante das humanidades, a resposta é depende

Depende das nossas metas de carreira e o quanto estamos dispostos a flexibilizar o delta do que está dentro de nós menos o que é expressado e revelado aos outros.

Independentemente de qual seja a sua ambição no trabalho, o mais importante no caminho rumo à autenticidade é o processo exploratório de si mesmo. E este é o eixo que nunca deveríamos abandonar em nossas carreiras.

Porque não é somente catalisador da autenticidade, é quem nos prepara para as adversidades e mudanças de rota que precisaremos fazer, seja no trabalho ou em qualquer outra dimensão da vida.

Hoje, por exemplo, consigo perceber que o meu processo de autoconhecimento me ajudou a enxergar mais coisas internas e a ter compaixão por elas. Quanto mais as abraço e exteriorizo, mais autêntico me sinto.

E isso me faz confrontar continuamente o contexto externo do trabalho: posso ser aqui a versão mais fiel de mim mesmo? Ou estou pagando um custo alto nesse contexto, abdicando da minha autenticidade?

De olho nas culturas corporativas

Tendo trabalhado em seis empresas diferentes, minha sensação é que caminhei na gradação da autenticidade – sugerida aqui por mim. Em alguns momentos mais, em outros, menos autêntico. 

Um dos fatores que explica essa mudança tem a ver com as diferenças nas culturas corporativas. Valores diferentes em cada uma delas, cuja combinação com a minha essência resultou em distintas versões minhas. Ainda que fossem diferenças marginais, há uma certa adaptabilidade da nossa alma aos diferentes contextos.

Em outras palavras, podemos afirmar que a autenticidade tem um preço na carreira, mas cabe a cada um determinar seu valor.

Embora tenhamos que lidar com as demandas e expectativas do ambiente de trabalho, geralmente é necessário encontrar um equilíbrio entre ser fiel a nós mesmos e adaptar-se às diferentes culturas corporativas. 

O preço da autenticidade pode variar, mas investir em nossa verdadeira essência é um caminho que vale a pena trilhar em busca de realização.

Até a próxima,

Thiago Veras

Compartilhe

PRIMEIRO EMPREGO

Google, Cielo, Suzano e mais empresas têm vagas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsa-auxílio de até R$ 2,4 mil

15 de abril de 2024 - 13:10

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do segundo semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

DICA DE MESTRE

Este conselho de Caito Maia, fundador da Chilli Beans, é capaz de mudar o jogo de qualquer marca; veja aqui

12 de abril de 2024 - 17:01

O executivo esteve presente em um evento exclusivo do Clube de Multiplicação Patrimonial, da Empiricus Research

RESISTÊNCIA AO MODELO

Como a volta ao trabalho presencial está virando um problema tanto para as empresas como para os funcionários

9 de abril de 2024 - 17:15

Pesquisa da WeWork revela insatisfação das equipes sobre o retorno do presencial e RHs indicam que a volta aos escritórios dificulta retenção de talentos

PRIMEIRO EMPREGO

Feira de estágios em São Paulo, Google, Grupo Bradesco Seguros e outras empresas estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsa-auxílio de até R$ 2,4 mil

8 de abril de 2024 - 13:30

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do segundo semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

TRILHAS DE CARREIRA

O dilema do home office: você prefere trabalhar na Sincerolândia ou na Papinholândia?

7 de abril de 2024 - 7:10

Dell expôs que os funcionários que optarem pelo home office não poderão disputar promoções, enquanto outras empresas deixam essa posição velada. O que você prefere?

LUTO NA CULTURA

Criador do Menino Maluquinho, Ziraldo morre aos 91 anos

6 de abril de 2024 - 19:07

O cartunista e jornalista faleceu de causas naturais, segundo a família; ele será velado neste domingo (7) no Museu de Arte Moderna no Rio de Janeiro

OPORTUNIDADE DE EMPREGO

Com salário de até R$ 13,9 mil, concurso do Conselho Nacional de Justiça abre inscrições hoje; veja como participar

3 de abril de 2024 - 16:03

O concurso do Conselho Nacional de Justiça oferece 60 vagas para nível superior e as inscrições vão até 2 de maio

ALÉM DA FRONTEIRA

Quer começar um negócio fora do Brasil? Conheça opções de franquias para montar no exterior por até R$ 200 mil

3 de abril de 2024 - 8:40

Houve um crescimento de 16% das redes que atuam fora do país, mas levar uma franquia para o exterior envolve riscos; confira as dicas dos especialistas

PRIMEIRO EMPREGO

Mercedes-Benz, Tenda, Itaú e outras empresas estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsa-auxílio de até R$ 2,5 mil

1 de abril de 2024 - 11:43

Os aprovados nos programas de estágio devem começar a atuar a partir do segundo semestre de 2024; as inscrições ocorrem durante todo o ano

Onda no TikTok

As demissões transmitidas pelas redes sociais viralizaram na internet; entenda o fenômeno e saiba o que uma demissão responsável exige

31 de março de 2024 - 13:25

Trabalhadores que filmaram a própria demissão reclamam de falta de transparência e feedback por parte das lideranças

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar