🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
DESTAQUE DA BOLSA

Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) anunciam programa de passagens de até R$ 800; ações sobem na B3

As ações ganham impulso com o programa de voos mais baratos, além da fraqueza do dólar em relação ao real

Liliane de Lima
18 de dezembro de 2023
16:58 - atualizado às 17:16
viagem viajar passagens aéreas R$ 200 voa brasil
Imagem: Getty Images/Montagem: Julia Shikota

O período de férias que se aproxima junto com as festas de fim de ano costuma ser o mais movimentado nos aeroportos. Enquanto isso, as ações das empresas aéreas como Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) também aparecem em destaque na bolsa.

Além da fraqueza do dólar em relação ao real — o que já é atrativo, em parte, para os viajantes de fim de ano e também para os custos das aéreas —, os investidores reagem ao anúncio de que as passagens aéreas podem ficar mais baratas. 

Hoje, o Ministério de Portos e Aeroportos anunciou as primeiras medidas para redução dos preços dos voos — e o maior volume de promoções nas principais companhias aéreas. A notícia foi divulgada em conjunto com os representantes da Azul, Gol e Latam. 

Durante o anúncio, os papéis da Gol (GOLL4) e da Azul (AZUL4) chegaram a avançar mais de 1%. 

As ações arrefeceram os ganhos ao longo do dia, mas se mantiveram no campo positivo. Por volta das 16h20 (horário de Brasília), a Gol subia 0,68%, a R$ 8,87 e  Azul registrava ganhos de 1,51%, a R$ 16,14. Acompanhe o que movimenta os mercados hoje.

Passagens de até R$ 800

O anúncio de redução dos preços das passagens aéreas já era esperado desde o início de dezembro. Isso porque o governo havia informado que até o dia 20 seriam divulgadas novidades sobre o setor. 

As medidas foram anunciadas pelos representantes das companhias aéreas. O presidente da Azul, John Rodgerson, anunciou a oferta de 10 milhões de assentos por até R$ 799 no ano que vem.

Já o CEO da Gol, Celso Ferrer, informou a oferta de 15 milhões de assentos por até R$ 699. 

Para ter acesso a essas passagens, será necessário comprar com pelo menos 14 dias de antecedência.

Vale destacar que o teto estabelecido para as 25 milhões de passagens da Gol e Azul, de R$ 799, está acima do ticket médio de R$ 747,66, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Na Latam, o CEO Jerome Cadier não estabeleceu um lote de passagens com preço limitado, mas afirmou que haverá sempre uma promoção semanal com um destino abaixo de R$ 199, sem mais detalhes. 

  • Quer começar a investir em 2024, mas não sabe por onde começar? Veja o guia completo do Seu Dinheiro e descubra as recomendações dos analistas mais gabaritados do mercado. É só clicar aqui.

E tem mais… 

Além das iniciativas de passagens mais baratas, o governo deve anunciar o programa Voa Brasil até o fim do ano — que, apesar de divulgado em julho pelo então ministro Márcio França, ainda não foi lançado. 

O programa vai ofertar passagens por até R$ 199 para aposentados e beneficiários do Programa Universidade Para Todos (Prouni).

*Com informações do Estadão Conteúdo 

Compartilhe

AÇÕES NO SHAPE

Smart Fit (SMFT3) vai virar “monstro”? Banco recomenda compra das ações e vê espaço para rede de academias dobrar de tamanho

17 de abril de 2024 - 15:25

Os analistas do JP Morgan calcularam um preço-alvo de R$ 31 para os papéis da Smart Fit (SMFT3), o que representa um potencial de alta da ordem de 30%

DESTAQUES DA BOLSA

Ozempic que se cuide! Empresa de biotecnologia faz parceria para distribuir caneta do emagrecimento no Brasil e ações disparam quase 40% 

17 de abril de 2024 - 14:03

Com o anúncio, a Biomm conquistou R$ 1,2 bilhão em valor de mercado na B3; a comercialização do similar do Ozempic deve ainda passar pelo crivo da Anvisa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Vale (VALE3) não é suficiente e Ibovespa fecha em queda na esteira de Nova York; dólar cai a R$ 5,24

17 de abril de 2024 - 6:49

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou interromper o ciclo de quedas com o forte avanço do minério de ferro e a prévia do PIB, mas o tom negativo de Nova York falou mais alto e arrastou o principal índice da bolsa brasileira. Com isso, o Ibovespa terminou o pregão em baixa de 0,17%, aos […]

REPORTAGEM ESPECIAL

O fracasso das empresas “sem dono” na B3. Por que o modelo das corporations vai mal na bolsa brasileira

16 de abril de 2024 - 15:54

São vários exemplos e de inúmeros setores de companhias sem uma estrutura de controle que passaram por graves problemas ou simplesmente fracassaram

MAIS 11 ATIVOS PARA A CONTA

Fundo imobiliário BTLG11 fecha acordo de quase R$ 2 bilhões por portfólio de imóveis em SP

16 de abril de 2024 - 11:36

O FII deve adquirir 11 ativos, com cerca de 550 mil metros quadrados prontos e performados

SÉRIE A DA B3

Auren (AURE3) fica de fora da segunda prévia do Ibovespa, que agora conta com a entrada de apenas uma ação

16 de abril de 2024 - 10:32

Se a previsão se confirmar, a carteira do Ibovespa contará com 87 ações de 84 empresas a partir de maio

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai pela quinta vez seguida pressionado por juros nos EUA e questão fiscal; dólar fecha no maior nível em 13 meses, a R$ 5,26

16 de abril de 2024 - 6:33

RESUMO DO DIA: A perspectiva de juros elevados por mais tempo nos Estados Unidos ganhou força mais uma vez e, combinada com a preocupação com o cenário fiscal doméstico, gerou mais lenha para a bolsa brasileira aumentar as cinzas. Pela quinta vez consecutiva, o Ibovespa terminou o dia no vermelho, com queda de 0,75%, aos […]

MERCADOS HOJE

Bolsas hoje: Ibovespa recua com pressão de bancos e Wall Street no vermelho; dólar sobe a R$ 5,18

15 de abril de 2024 - 6:43

RESUMO DO DIA: O Ibovespa terminou a sessão desta segunda-feira (15) no vermelho, pressionado pelo desempenho dos bancos, que recuaram em meio à crescente aversão ao risco no mercado hoje. O principal índice de ações da B3 fechou o pregão em baixa de 0,49%, aos 125.333 pontos. Já o dólar à vista avançou 1,25%, aos […]

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: Prévia do PIB no Brasil e balanços nos EUA são destaque junto com Livro Bege nos próximos dias

15 de abril de 2024 - 6:20

As reuniões do FMI ao longo da semana permanecem no radar, com discussões focadas na estabilidade financeira global e nas estratégias para enfrentar as incertezas econômicas

TOUROS E URSOS

O enigma da Petrobras (PETR4): entre dividendos e “risco Lula”, vale a pena ter ações da estatal?

14 de abril de 2024 - 7:45

Ruído da intervenção do governo impede a Petrobras de negociar no patamar de companhias como Chevron e Exxon, segundo analista

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar