🔴 META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM 2 OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
ano gordo na bolsa

IPOs não param: Mosaico levanta R$ 1,2 bilhão e Mobly arrecada R$ 812 milhões

No final do ano passado, na fila para abertura de capital, havia quase 50 companhias com documentação entregue à CVM

Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
4 de fevereiro de 2021
10:27 - atualizado às 11:26
Ilustração relaciona IPO a casamento
IPO representa uma espécie de "casamento" das empresas com investidores na bolsa - Imagem: Pomb

O mercado de ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês) está quente neste começo de 2021, com mais duas empresas prontas para estrearem na B3: a Mosaico e a Mobly.

A Mosaico, dona dos serviços de comparativos de preços Zoom, Buscapé e Bondfaro, estabeleceu na quarta-feira (3) o preço dos papéis em R$ 19,80, movimentando um total de R$ 1,2 bilhão, segundo dados no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A operação constituiu na distribuição primária (em que os recursos vão para o caixa da companhia) de 29.220.780 ações, somando R$ 578,6 milhões, e de uma oferta secundária (quando os acionistas vendem participação) de 32.142.862 papéis, totalizando R$ 636,4 milhões.

A oferta foi coordenada por BTG Pactual em conjunto com Itaú BBA, J. P. Morgan, XP Investimentos e Goldman Sachs.

A Mosaico pretende usar 15% do valor da oferta para quitar o financiamento usado na compra do Buscapé e o restante em investimentos para ampliar a participação no mercado.

As ações estreiam na sexta-feira (5) na B3, com o código “MOSI3”. Elas estarão listadas no Novo Mercado, segmento mais elevado de governança da Bolsa.

Mobly

Já o IPO da loja online de móveis Mobly movimentou um total de R$ 812 milhões, depois que as ações foram precificadas em R$ 21,00, de acordo com as informações disponibilizadas no site da CVM.

O valor ficou na parte de cima da faixa indicativa de preço, que ia de R$ 17,00 a R$ 23,50. A oferta era basicamente primária, com a distribuição de de 37.037.038 ações.

Fundada em 2011, a Mobly possui cerca de 925 mil usuários ativos. No mundo físico possui duas megastores. Contando com elas, possui, no total, 11 lojas físicas.

Nos nove primeiros meses do ano, a receita líquida da empresa cresceu 50% e atingiu R$ 420,8 milhões. As pessoas em casa, muitas de home office, buscaram pequenas mudanças em suas casas. A empresa tenta evidenciar seu perfil "tech".

As ações também estreiam amanhã na B3, com o código "MBLY3". A operação foi coordenada por Morgan Stanley, Bradesco BBI, Itaú BBA e Goldman Sachs.

Começo de ano movimentando

Depois de um 2020 surpreendente, em que muitas companhias optaram por abrir capital mesmo diante das difíceis condições dos mercados, 2021 mantém essa toada. No final do ano passado, na fila para abertura de capital, havia quase 50 companhias já com documentação entregue à CVM.

Logo no começo de 2021, três companhias estrearam na B3 – HBR Realty (HBRE3), Vamos (VAMO3) e Espaçolaser (ESPA3).

E hoje está prevista a estreia da Intelbras (INTB3) no mercado. Uma das maiores fabricantes de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação do Brasil, a companhia levantou um total de R$ 1,3 bilhão com sua oferta, que foi concluída na noite de terça-feira (2).

Compartilhe

CORRIDA DAS BIG TECHS

Tchau, Microsoft (MSFT34): Depois de entrar para o “clube do trilhão”, Nvidia (NVDC34) se torna a empresa mais valiosa do mundo

18 de junho de 2024 - 18:04

A fabricante de chips alcançou US$ 3,34 trilhões em valor de mercado nesta terça-feira (18), superando também a Apple (AAPL34)

ÁGUA NO CHOPE

Após queda de 19% no ano, XP rebaixa recomendação para ações da Ambev (ABEV3)

18 de junho de 2024 - 13:00

Corretora cita “riscos baixistas” para a ação da Ambev, como insumos mais caros e potencial limitado de crescimento de lucro

A FARRA VAI ACABAR?

A Inteligência Artificial (IA) alçou Wall Street a novos recordes — mas os investidores estão preparados se a bolha estourar?

18 de junho de 2024 - 9:39

O surgimento de empresas de ponta no ramo de inteligência artificial conseguiu driblar — ainda que momentaneamente — o mau humor decorrente das altas taxas de juros por lá

MAIS UM CAPÍTULO DA NOVELA

Petrobras (PETR4): dividendos comprometidos… de novo? O pagamento de R$ 19,8 bilhões à Receita que pode cortar a remuneração extra aos acionistas

17 de junho de 2024 - 20:09

Cálculos da própria estatal mostram que o impacto após os efeitos tributários será de R$ 11,87 bilhões no lucro líquido do segundo trimestre de 2024

É TUDO CULPA DA IA

Nem Japão, nem Cingapura: o país asiático que está se tornando a nova potência em data centers e já atraiu bilhões de big techs como Google e Microsoft

17 de junho de 2024 - 20:00

Uma cidade com quase 800 mil habitantes se tornou um dos principais destinos dos investimentos bilionários de grandes empresas de tecnologia em centros de dados

ATENÇÃO, ACIONISTA!

Dividendos e JCP: Itaúsa anuncia provento bilionário e Cemig (CMIG4) marca data do pagamento; confira os detalhes

17 de junho de 2024 - 19:15

O valor total de Juros sobre Capital Próprio e dividendos a ser pago pelas duas empresas ultrapassa R$ 3 bilhões

TECH EM FOCO

A bateria do iPhone finalmente vai melhorar? Fornecedora da Apple desenvolve bateria revolucionária — e segura —, que promete armazenar mais energia

17 de junho de 2024 - 18:29

As chamadas solid-state battery são consideradas a nova fronteira da tecnologia, ao menos no ramo de capacitância

AS RAINHAS DOS PROVENTOS

Dinheiro no bolso: As 7 ações que prometem pagar os melhores dividendos na visão do Itaú BBA

17 de junho de 2024 - 17:00

O Índice Dividendos (IDIV) do banco, que superou o Ibovespa, tem empresas de serviços públicos essenciais e de construção entre os setores de destaque

BATALHA DAS CONSTRUTORAS

Meus dividendos, minha vida: Bank of America escolhe ação favorita entre Cury (CURY3) e Direcional (DIRR3) e prevê proventos robustos para a top pick

17 de junho de 2024 - 16:35

O banco atualizou seus números para incorporar o crescimento recente do programa habitacional e o otimismo dos analistas com as construtoras de baixa renda

PAPEL QUE RELUZ

Ouro nas alturas: Metal precioso já subiu 15% em 2024 e valorização abre oportunidade para se tornar sócio desta gigante da mineração

17 de junho de 2024 - 16:16

Segundo o BTG Pactual, este é o “tão esperado ponto ideal” para quem quer se tornar sócio desta mineradora canadense; descubra qual é o papel

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar